Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

Alunos de Zootecnia irão apresentar trabalhos de pesquisa no Congresso Nordestino de Produção Animal

Por Clara Monte

Entre  quarta-feira (30) até sexta-feira (02), alunos de Zootecnia da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) irão apresentar seus trabalhos de pesquisa no Congresso Nordestino de Produção Animal (CNPA) em Fortaleza – CE.

O Congresso Nordestino de Produção Animal é um evento tradicional da grande área de conhecimento da Zootecnia e é realizado, anualmente, pela Sociedade Nordestina de Produção Animal. Desde a sua criação, em 1998, o CNPA reúne os principais representantes da área que atuam diferentemente no setor produtivo da pecuária do Estado.

Os discentes estão no sexto período do curso de Zootecnia da UESPI. Eles apontam como a participação em eventos contribuem nas suas carreiras acadêmicas. Marcos Vicente Vieira, um dos estudantes que irá apresentar o projeto, diz está muito feliz pela sua primeira oportunidade em um congresso tão importante. “Esse é o meu primeiro evento representando a instituição e fiquei muito feliz por ter sido aprovado”.

O evento contará com a presença de pesquisadores, professores, estudantes de graduação e pós-graduação, profissionais que atuam nos órgãos de gestão governamental e na indústria, além de empresários e produtores que buscam conhecimento e inovação tecnológica para melhorias na gestão.

Outro estudante, Jeremy Lorran da Silva, que tem como projeto o crescimento de fêmea da raça canela-preta associada a sua diversidade de plumagem, diz estar ansioso para o seu primeiro congresso. “ Irei apresentar um trabalho com um tema interessante para o Nordeste e isso tem uma importância muito grande, pois irei conhecer diversas pessoas da agrária, assistir palestras de temas que agrega para o meio e tudo isso vai contar muito para minha experiência e para o meu currículo acadêmico”.

Estudantes de Zootecnia Jeremy Lorran e Marcos Vicente

Aluno de Engenharia Elétrica desenvolve projeto de Impressora 3D

Por Vitor Gaspar

Alisson Mesquita, aluno do 8º período do curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), recebe certificado de trabalho de destaque apresentado no III Congresso Brasileiro de Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia.

O aparelho utiliza tecnologias de manufatura avançada, com algumas partes utilizando tecnologia eletrônica para o controle do processo de impressão.

O projeto intitulado, de “Desenvolvimento de Impressora 3D para Aplicações em Engenharia”, também será publicado na revista internacional “The Journal Engineering Exact Sciences”. Também participaram da construção do trabalho, Hizadora Silva Lima e o Prof. Juan de Aguiar Gonçalves.

O equipamento pode ser utilizado para a manufatura de peças de alta qualidade, mesmo tendo formas complexas, sendo essencial para aplicações em Engenharia. Segundo Alisson Mesquita, autor principal do projeto, essa impressora foi feita observando as características das já existentes no mercado, tentando colher características já estabelecidas para construir uma impressora única e que possua as qualidades fundamentais para suprir a demanda de um laboratório.

Para ele, a ideia de construir a impressora 3D surgiu quando se observou uma forte demanda dentro dos laboratórios do curso de Engenharia Elétrica para a confecção de peças voltadas para aplicações na área. Ele destaca que dessa forma, pesquisadores do curso buscavam fabricar peças sob medida e com características específicas, fator que inviabilizava as pesquisas, e logo depois que esse problema foi analisado, uma solução viável foi encontrada, assim dando a ideia do projeto.

“Me sinto grato pela oportunidade de apresentar o projeto no evento nacional III CoBICET, e mostrar a tecnologia desenvolvida dentro do curso de Engenharia Elétrica da nossa UESPI. E ser indicado para a publicação em uma revista internacional é uma oportunidade única de mostrar para a sociedade a importância do trabalho”, conclui.

Essa impressora é um modelo único, projetada e realizada pelos autores do projeto.

O Coordenador do Núcleo de Formação e Pesquisa em Energias Renováveis e Telecomunicações do Piauí (NUFPERPI), professor do Curso de Engenharia Elétrica, e membro do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa e Energias Renováveis de Tecnologias Sociais, Juan De Aguiar, enfatiza que a UESPI já trabalha de forma ampla, na área de Engenharia Elétrica, e também na parte de Mecatrônica e Robótica aplicada em Engenharia, e esse é um dos desdobramentos das segregações das próprias expertises, advindas do curso, destacando que esse trabalho abre as portas que possam ser feitas impressoras de maior dimensão.

“Impressoras aplicadas a outras áreas como a Construção Civil, a construção de próteses, e também impressoras que podemos projetar tudo aquilo que for necessário para a prototipagem de novas tecnologias. Esse tipo de expertise, quando consolidada, pode ser aplicada em diversos segmentos”, conclui.

O projeto também possui um viés social, visto que essa impressora pode ser a base para construção de peças na área da Engenharia em projetos do curso, além, da aplicação em outras áreas, tais como medicina, quando se trata da fabricação de EPIs para médicos, no combate ao COVID-19, ou na manufatura de próteses para pacientes. Além disso, a máquina tem papel fundamental para a proposição de outros projetos que utilizam a impressora 3D, tais como a fabricação de casas com o uso dessa tecnologia.

Professores e alunos de enfermagem da UESPI participam de Congresso em Fortaleza-CE

Por Vitor Gaspar

Na manhã do dia 12 de setembro, professores, coordenadores e alunos de Enfermagem da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) estiveram na 24º edição do Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem (CBCEFN), realizado no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza.

Professores e alunos representando a UESPI

O CBCEFN é o maior evento científico anual da área de Enfermagem na América Latina e, em 2022, trouxe como como tema a “Valorização e Reconhecimento da Enfermagem: política, inovação e autonomia”. O encontro reuniu mais de 300 pessoas participantes do minicurso de Tecnologia em lesões de pele.

Mais de 30 representantes da UESPI estiveram no Congresso, entre eles a Prof. Dra. Sandra Marina, do Centro de Ciência da Saúde (CSS/Facime). Ela é também membro da Associação Brasileira de Estomaterapia (SOBEST) e ministrou um mini curso para mais de 300 pessoas sobre tecnologias em lesões de pele, que ocorreu na manhã do dia 12 de setembro. “Foi uma alegria ver o auditório repleto de estudantes, enfermeiros e estomaterapeutas no curso e ressalto que a principal tecnologia é avaliação e limpeza e está acessível a todos. Os produtos e coberturas dependem de conhecimento e indicação correta”.

Profa. Sandra Marina ministrou um mini curso durante o evento para mais de 300 pessoas

Também estavam presentes no evento juntamente com seus discentes a Coordenadora do curso de Enfermagem de Floriano, Profa. Maria Luzinete Rodrigues, o professor Augusto Cunha, o Coordenador do curso de Enfermagem em Parnaíba, Prof. Joelson Almeida e Prof. Allamy Danilo, do Curso de Bacharelado em Enfermagem, Campus Doutora Josefina Demes.

“O CBCENF se configura como um dos maiores eventos da enfermagem brasileira e traz pautas, debates e reflexões importantes para a categoria profissional. Neste sentido, observa-se a importância de estar presente neste evento, a fim de buscar melhorar as condições da nossa categoria profissional, bem como para a atualização do cuidado em enfermagem com o intuito de qualificar a assistência prestada à população”, afirmou o prof. Augusto Cézar, de Floriano.

 

Prof. Allamy Danilo, de Floriano esteve no Congresso coordenando trabalhos

 

Os estudantes de Enfermagem da UESPI, de variados blocos, apresentaram diversos trabalhos voltados a temas relacionados a temática da disciplina. E para falar sobre isso, Yara Oliveira, discente do 9º período do Centro de Ciências da Saúde (CCS), da FACIME de Teresina destaca que foi muito gratificante poder estar participando deste grande Congresso. “Sou relatora de um trabalho e coautora de um segundo e na Universidade sempre encontramos apoio para realizarmos atividades científicas. Participar de um evento tão importante para a Enfermagem como aluna da UESPI me enche de orgulho!”, finaliza.

Yara Oliveira, apresentou um trabalho sobre descarte de resíduos sólidos e outro sobre assistência de Enfermagem

 

Os alunos de Enfermagem do campus Prof. Alexandre Alves de Oliveira em Parnaíba também marcaram presença no evento.

O Coordenador do curso, em Parnaiba, Prof. Joelson Almeida, estava com os alunos do 5, 7 e 9 períodos do curso de Enfermagem de Parnaiba vieram apresentar seus resultados oriundos de pesquisas e extensão voltados ao campo da Enfermagem.

Entre eles, Letícia Silva, vice-presidente do Centro Acadêmico Solange Feitosa. Para ela, a participação na edição deste ano foi uma experiência enriquecedora para o seu crescimento profissional. “Me proporcionou aprendizados inovadores e surpreendentes. Senti enorme satisfação e alegria, que venha o 25° CBCEFN!”.

Letícia Silva, vice-presidente do Centro Acadêmico Solange Feitosa, em Parnaíba

 

De acordo com as discentes de Enfermagem de Parnaíba a presença no 24° CBCENF para apresentação de trabalhos na categoria de Comunicação Coordenada confere às acadêmicas  não somente a experiência de participação em um congresso nesse período pós pandêmico, mas também o enriquecimento de suas bagagens acadêmicas através do contato com profissionais e acadêmicos do Brasil e do mundo, assim como as palestras, minicursos, mesas redondas, simulações e cursos sediados pelo evento.

A ação contou com mesas redondas, palestras, lançamentos de livros, apresentação de trabalhos, contando com encontros de gestão de Conselhos de Enfermagem, dentre outras atrações. Além disso, foram premiados trabalhos em três temas: Inovação das Práticas de Cuidado, Dimensão Ético Política nas Práticas Profissionais e Tecnologias e Comunicação na Formação de Enfermagem.

 

Os projetos apresentados por discentes da UESPI:

Trabalho: Importância dos Conhecimentos de Enfermagem durante a pandemia de COVID- 19:

Período: 7º Bloco

Campus: Centro de Ciências da Saúde (CCS) – FACIME em Teresina

Autores:  Vyrna Rebeca; Ícaro Soares; Lísia Probo; Lívia Maria; Mayara Natália.

Trabalho apresentado por Vyrna Rebeca

 

Trabalho: A atuação do Profissional Enfermeiro na Atenção a pessoa Transexual:

Período: 7º Bloco

Campus: Centro de Ciências da Saúde (CCS) – FACIME em Teresina

Autor: Ícaro Soares

Ícaro Soares, durante apresentação da pesquisa

Trabalho: Avaliação da dor oncológica em pacientes durante a pandemia por Covid-19: estratégia de cuidados paliativos

Período: 4º Bloco

Campus: Centro de Ciências da Saúde (CCS) – FACIME em Teresina

Autora: Maria Inês Martins de Araújo

Maria Araújo, durante apresentação do projeto

Trabalho: MANEJO NO CONTROLE DE INFECÇÕES HOSPITALARES MULTIRESISTENRES ASSOCIADAS A PACIENTES PORTADORES DE COVID -19

Período: 4º Bloco

Campus: Centro de Ciências da Saúde (CCS) – FACIME em Teresina

Autora: Maria Inês Martins de Araújo

Mais uma pesquisa apresentada pela discente Maria Araújo

Trabalho: Intervenção Educativa em saúde sobre alimentação infantil equilibrada

Período: 5º Bloco

Campus: Centro de Ciências da Saúde (CCS) – FACIME em Teresina

Autores: Maria Victória Pereira Veloso/ Fabiana Batista; Michele Cabral; Maria Eduarda; Domicio Lima; Adriana Sousa

Maria Veloso apresentando seu projeto

Trabalho: O Manejo da tecnologias não-invasivas na desmedicalização do parto

Período:

Campus: Josefina Demes, em Floriano

Autora: Maria Eduarda Constâncio da Silva

Colaboradores: Alessandra Beltrami, Ana Oliveira, João de Sousa e Maria Rodrigues

Maria Eduarda da Silva apresentando o projeto

Trabalho: Educação em saúde para crianças: estratégia de combate à dengue

Período: 5º Bloco

Campus: Centro de Ciências da Saúde (CCS) – FACIME em Teresina

Autora: Fabiana Ribeiro, com participação de Maria Victoria, Michele Cabral, Maria Eduarda, Domicio Lima e Adriana Sousa

Fabiana Ribeiro com seu projeto apresentado

Trabalho: Relevância da extensão universitária em segurança do paciente para a formação Universitária: relato de experiência

Período: 5º Bloco

Campus: Centro de Ciências da Saúde (CCS) – FACIME em Teresina

Autoras: Maria Eduarda Frota, Fabiana Ribeiro e Adriana Carvalho

Maria Eduarda Frota apresentando sua pesquisa

Trabalho: Ações de uma Liga Acadêmica de Semiologia e Semiotécnica

Período: 10º Bloco

Campus: Josefina Demes em Floriano

Autora: Sandy Soares de Sousa

A autora da pesquisa Sandy Soares falando sobre seu projeto

 

Trabalho: A Enfermagem na Atenção à Saúde da Mulher Vítima de Violência Doméstica: Revisão Integrativa

Campus: Alexandre Alves de Oliveira, de Parnaíba

Autores: Joana Nágila Ribeiro Figueira / Antonia Vitória Elayne Carneiro Araujo /Aline Miranda de Abreu/
Isaac Gonçalves da Silva / Taynara Lais Silva / Thalis Kennedy Azevedo de Araujo /Thatiana Araújo Maranhão

 

Trabalho: Educação Sexual como Promoção de Saúde na Pré-Adolescência: Relato de Experiência

Campus: Alexandre Alves de Oliveira, de Parnaíba

Autora: Aline Miranda de Abreu / Antonia Vitória Elayne Carneiro Araujo / Joana Nágila Ribeiro Figueira
Poliana Veras de Brito / Maylana Rodrigues Linhares / Joelson dos Santos Almeida

 

Trabalho: Enfermagem na Promoção e Incentivo da Vacinação: Relato de Experiência

Campus: Alexandre Alves de Oliveira

Autora: Maylana Rodrigues linhares / Aline Miranda de Abreu / Ananda Moraes Manda / Antonia Vitória Elayne Carneiro Araujo / Joana Nágila Ribeiro Figueira / Poliana Veras de Brito / Joelson dos Santos Almeida

Título: Percepção do enfermeiro sobre o cuidado humanizado à pacientes

Campus: Centro de Ciências da Saúde (CCS) – FACIME em Teresina

Bloco: 7º período

Autores: Lísia Andrade, Maísa Almeida e Nathalia Maria

Lísia Andrade

Título: Caracterização de internações e óbitos por diabetes melitus no nordeste brasileiro entre 2010 e 2019

Bloco: 7º período

Campus: Josefina Demes, de Floriano

Autor: Luan Marques

Luan Marques

Título: Enfermagem na Prevenção e Enfrentamento do Bullying no Ambiente Escolar: Relato de Experiência

Campus: Alexandre Alves de Oliveira, de Parnaíba

Autores: Maylana Rodrigues Linhares / Aline Miranda de Abreu / Antonia Vitória Elayne Carneiro Araujo
Joana Nágila Ribeiro Figueira / Poliana Veras de Brito / Joelson dos Santos Almeida

 

Título: Saúde Sexual e Reprodutiva como Estratégia de Promoção de Saúde no Ambiente Escolar: Relato de Experiência

Campus: Alexandre Alves de Oliveira de Parnaíba

Autores: Aline Miranda de Abreu / Antonia Vitória Elayne Carneiro Araujo / Joana Nágila Ribeiro Figueira
Joelson dos Santos Almeida

 

Título: Higiene Pessoal como Educação em Saúde na Infância: Relato de Experiência

Campus: Alexandre Alves de Oliveira, de Parnaíba

Autores: Joana Nágila Ribeiro Figueira / Aline Miranda de Abreu / Antonia Vitória Elayne Araujo
Maylana Rodrigues Linhares / Poliana Veras de Brito / Joelson dos Santos Almeida

 

UESPI é representada em Congresso Internacional sediado nos EUA

O Prof.Dr. Jesus Abreu esteve na última semana no estado da Flórida, na cidade de Orlando nos Estados Unidos da América representando a Universidade Estadual do Piauí (UESPI) no “2022 Conference & MarketPlace” da Society For Vascular Ultrasound”.

Prof. Dr. Jesus Abreu (à direita) ao lado do Dr. Salles-Cunha e Dr.Polak. Divulgação: Instagram do Prof. Jesus

Segundo a divulgação do evento, a Conferência Anual do 45º Aniversário da SVU 2022, realizada em Orlando, se concentrou na jornada do paciente. Os participantes trocam experiências com profissionais vasculares de todo o mundo.

O Congresso reuniu profissionais da medicina entre médicos e paramédicos de todo o mundo, com mais de 1000 participantes, sendo o professor Jesus Abreu o único representante brasileiro. Durante o encontro foi apresentado o projeto de doutorado, publicado em uma revista internacional com o tratamento utilizando uma técnica inovadora para pacientes com esquemia através da Termografia Fotográfica.

A tese de doutorado intitulada de “Correlação entre índice-tornozelo braço e medidas de termografia em pacientes com doença arterial periférica” correlaciona o índice tornozelo braço (ITB) e a termografia fotográfica em pacientes com doença arterial periférica.

Segundo o professor Jesus Abreu, existem mais de 100 projetos semelhantes a este. Na sua pesquisa, desenvolvida junto com uma equipe de pesquisadores, entre eles o Prof.Dr. Rauirys Alencar da UESPI, ele conseguiu trazer novidades e um novo padrão de precisão.

Credencial de Congressista Palestrante

O professor ressalta o apoio fundamental da UESPI, tanto na questão da liberação para a participação no Congresso, como também no entusiasmo dos professores, dos alunos, dos funcionários com essa representatividade obtida no exterior.

“A marca da nossa Universidade fica cada vez mais forte e abre caminhos para ter convênios com instituições de fora do país, tornando a instituição conhecida. O fato de termos sido os únicos representantes brasileiros presentes no maior congresso internacional desse segmento coloca a UESPI na frente de todas as instituições do país com um trabalho que tem vigor científico e que foi muito aplaudido pela comunidade internacional”, finaliza.

Alunos de Educação Física estreiam produção artística dentro do II Congresso: FORMA

Por Vitor Manoel

A turma de Metodologia do Ensino da Dança do curso de Licenciatura em Educação Física da UESPI, campus Josefina Demes em Floriano estreia com a produção artística em dança “Caretas Brincantes”, com apresentação marcada para hoje(22) a partir de 12h, dentro do II Congresso Forma com transmissão no canal UespiOficial no Youtube. 

Caracterização artística dos reisados piauienses

O objetivo da realização do Congresso FORMA, projeto de extensão coordenado pelos professores Kácio Santos e Ireno Júnior é celebrar a dança no Estado do Piauí e refletir sobre sua reverberação com outros locais e em diferentes contextos. A intenção da proposta é afirmar a produção formativa, performativa e ativista da dança no Piauí.

Pensando nisso, a apresentação do grupo Caretas Brincantes, segundo o professor da disciplina consiste em uma vídeo-dança marcada pelas múltiplas possibilidades coreográficas que podem ser trabalhadas no âmbito escolar. Deste modo, Caretas Brincantes se propõe a ser um vídeo de dança com elementos cênicos do corpo com seus entrelaçamentos regionais.

Grupo reunido ensaiando para a apresentação

“Este trabalho enuncia experiências vivenciadas pelos intérpretes criadores discentes no componente curricular, Metodologia do Ensino da Dança, do curso, enfatizando, no corpo, as manifestações de uma cultura regional e popular, bem como pela produção de máscaras que simbolizam os caretas do Reisado piauiense como potência criativa e educativa para a escola”, encerra.

Para a aluna Maria Laiele Nunes, aluna do 5° Bloco do curso e participante do evento, participar da construção dessa produção artística “Caretas Brincantes”, foi como descobrir um novo conceito de dança da nossa cultura popular regional. Segundo ela, vivenciar uma cultura que não tinha conhecimento e também outros movimentos que expressavam essa cultura foi bem marcante durante todo o processo.

“Desde o início, na produção das máscaras, no aprender de cada passo da coreografia, que em alguns momentos foram espontâneos e ao mesmo tempo a gente buscava não fugir do objetivo que era retratar o que queríamos abordar, até o fim. Quando vimos o resultado de todo esforço em grupo e do professor Ireno Junior, que nos deu todo o suporte necessário pra ter sucesso na nossa apresentação”.

A discente Priscyla Rodrigues, do 5º Bloco, destaca que o uso da máscara, serve justamente para destacar cultura regional e popular do Reisado. “Tivemos a ideia, justamente porque muitos dos alunos não tiveram essa vivência e o contato com essas características, por isso queremos dar ênfase na nossa cultura popular”, finaliza.

X Congresso Internacional de Línguas e Literatura prorroga prazo para submissão de trabalhos

Por Liane Cardoso

As submissões de trabalhos para os Anais do X Congresso Internacional de Línguas e Literatura foram prorrogadas até o dia 02 de agosto. O evento está sendo promovido pelo Núcleo de Estudos hispânicos da Universidade Estadual do Piauí e acontecerá de forma remota nos dias 25, 26 e 27 de agosto de 2021.

O objetivo central dessa ação é promover a discussão sobre as mais recentes inovações, tendências e preocupações no campo da literatura e linguística.

Os candidatos têm duas opções de modalidades de submissão: a modalidade “Pôster” e a modalidade Comunicação Oral. Nesse primeiro formato serão aceitos resumos expandidos com no mínimo 04 páginas e no máximo 06. Na segunda modalidade serão duas fases: na primeira o autor deverá submeter um resumo simples, contendo entre 250 e 500 palavras para ser avaliado e, após aprovação, o autor enviará o artigo completo até 20 de agosto de 2021.

conheça o site do evento e saiba mais detalhes

O congressista precisará encontrar o simpósio temático ideal para seu trabalho, entre os eixos disponibilizados, tais como temáticas que englobam a autobiografia, autoficção, literatura de testemunho, abordagem dos letramentos, literatura e história, variação linguística, além de um simpósio exclusivo em espanhol para trazer reflexões sobre as práticas docentes nas áreas de literatura, cultura e educação básica no Brasil e na América Latina de uma maneira geral.

As normas completas para submissão estão disponíveis no endereço eletrônico: www.congressolinguas.com.br. Para mais informações sobre o evento, acesse o site ou envie um e-mail para contato@congressolinguas.com.br.

X Congresso Internacional de Línguas e Literatura acontecerá nos dias 25,26 e 27 de agosto

Por Liane Cardoso

O Núcleo de Estudos hispânicos da Universidade Estadual do Piauí está promovendo o X Congresso Internacional de Línguas e Literatura, que abrange também o VI Colóquio do Núcleo de Estudos Hispânicos do CCHL – UESPI e o V Seminário de Prática Docente – Chão da Escola. O evento acontecerá de forma online nos dias 25, 26 e 27 de agosto.

O tema central deste ano é “Literatura & Linguística: Tendências em Pesquisa e Inovações no século XXI”. Essa abordagem tem como intuito reunir os principais cientistas acadêmicos, pesquisadores e estudantes, visando à troca de experiências e publicações de pesquisas em todos os aspectos da Literatura e Linguística.

Conheça o site do evento e saiba mais detalhes

Na solenidade de abertura o evento contará com a presença do Professor Dr. Alfredo Adolfo Cordiviola, da Universidade Federal de Pernambuco, e na conferência de encerramento estará presente a Profa. Dra. Carmen Elena Bastida Briceño, da Universidad Miguel Cervantes – Chile. Também acontecerão conferências, palestras, mesas-redondas, minicursos e apresentações de trabalhos científicos em simpósios temáticos.

As inscrições estão abertas e ficarão disponíveis até o dia 22 de agosto de 2021, através do endereço eletrônico: www.congressolinguas.com.br. As submissões de artigos científicos para Anais do congresso podem ser feitas até o dia 12 de julho de 2021 e as submissões para e-book podem ser enviadas até o dia 30 de julho de 2021.