Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

Conecta Enade: UESPI realiza live de Lançamento do Programa

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI), através de uma live no canal do YouTube UespiOficial efetuou o lançamento do Programa Conecta Enade e do Portal do Enade para toda a Comunidade Acadêmica.

A proposta, de autoria da Administração Superior da Instituição, representadas pelo Prof. Dr. Evandro Alberto e o Prof. Dr. Jesus Abreu respectivamente, visa atender aos ciclos do Enade e ao Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), de modo permanente. O Enade 2022 será realizado no dia 27 de novembro, e os estudantes avaliados serão dos cursos de bacharelado de Direito, Administração, Ciências Contábeis, Jornalismo, Turismo e Psicologia.

O Programa Conecta ENADE surgiu da necessidade de tornar o programa mais visto pela comunidade acadêmica.

Ele é constituído de três componentes: equipe técnica (responsável pelas informações sobre o Enade e o SINAES); equipe de Língua Portuguesa (responsável pelas informações sobre a estrutura da prova do Enade – características do item, tipos de itens, gabaritos e distratores – e desenvolvimento de estratégias de leitura, interpretação e produção textual) e equipe pedagógica (responsável pelas informações dos conteúdos específicos de cada curso).

O Reitor da UESPI, Prof. Dr. Evandro Alberto, destaca que o Programa é uma novidade criada neste ano, com o objetivo de auxiliar concluintes de cursos de Bacharelado e Licenciatura selecionados a realizarem o Exame, em relação as questões do ENADE e a tudo o que circunda o Programa. “Para tal fim, a UESPI planejou diversas ações extensionistas com o intuito de formar o concluinte para a participação do ENADE e de melhor qualificá-lo. Tudo foi montado de forma bem específica para que se possa trabalhar todas as particularidades do certame”.

Momento de fala do Prof. Dr. Evandro Alberto

O Conecta ENADE terá ainda mais ações que se realizarão no formato de oficinas, workshops, seminários, palestras, debates, rodas de conversa e outras modalidades, nas quais serão enfocados temas como: UESPI e Enade, estrutura da prova, questões de cunho geral e específico, conteúdos específicos de cada curso, Plataforma UESPI, metodologias ativas, formação docente e currículo, além da ênfase nos Indicadores da Educação Superior (SINAES) na UESPI.

O Vice-Reitor da UESPI, Prof. Dr. Jesus Abreu, ressalva que o Exame é o fator que mais contribui com a nota da instituição, percebendo que dessa forma, existe uma necessidade de se dar mais importância a esse exame. “Foi constituída uma comissão, muito preparada para seguirmos em frente, com todos muito preparados e confiantes para essa peça que será fundamental e muito importante para a nossa Instituição”.

Fala do Prof. Dr. Jesus Abreu sobre o Programa

O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) avalia o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares dos cursos, o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias ao aprofundamento da formação geral e profissional, e o nível de atualização dos estudantes com relação à realidade brasileira e mundial.

Para falar sobre a questão da importância da avaliação da instituição, o Pró-Reitor de Ensino e Graduação, Prof. Paulo Henrique, falou sobre o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), programa nacional vinculado ao Ministério da Educação (MEC), que analisa as instituições, os cursos e o desempenho dos estudantes e onde o ENADE está inserido. Segundo ele, a ferramenta do Sistema é complexa e foi pensada a várias mãos, validada pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

“Esse é um Sistema de Avaliação que foi amplamente discutido, ouvindo várias instituições, de diversos setores montado a imagem dessa discussão, portanto sendo um sistema extremante eficaz e eficiente e que a Universidade deve utilizar essa ferramenta de avaliação para a análise de seus próprios cursos e da sua própria prática”.

Prof. Paulo Henrique, Pró-Reitor da PREG falando sobre o SINAES

EQUIPE:

TÉCNICA:

Paulo Henrique da Costa Pinheiro

Maria Rosario de Fatima Ferreira Batista

Tales Antão de Alencar Carvalho

Mônica Maria Feitosa Braga Gentil

Márcia Edlene Mauriz Lima

LÍNGUA PORTUGUESA:

Márcia Edlene Mauriz Lima

Shirlei Marly Alves

Tarcilane Fernandes da Silva

Francisco Renato Lima

Thiago de Sousa Amorim

EQUIPE PEDAGÓGICA:

Docentes dos cursos avaliados

Segundo Márcia Edilene, assessora especial da Vice-Reitoria e integrante da equipe técnica, o trabalho está sendo realizado juntamente aos coordenadores de cursos que realizarão o ENADE em novembro, além de conectar o concluinte dos cursos da UESPI ao ENADE, de forma que o graduando compreenda que o Exame se tornou obrigatório e que a sua não realização implica no impedimento da colação de grau. Além disso, ela aproveita para destacar a quantidade alunos e os campi que serão contemplados.

“O Programa atenderá 819 alunos, distribuídos nos campi de Teresina, Parnaíba, Piripiri, Picos, Floriano, Bom Jesus e Corrente, e cada um deles receberá uma visita da equipe técnica e de Língua Portuguesa com o intuito de realizar as oficinas com os alunos concluintes que farão o Enade, igualmente com os professores e coordenadores e diretores”.

O Cronograma de visitas inicia no dia 04 de outubro e encerra no dia 15.

A Pró-Reitora Adjunta de Ensino e Graduação, Profa. Dra. Mônica Gentil, aproveita para fazer um complemento sobre a visita aos campi, onde serão apresentados exemplos para prepararem os alunos. “Serão mostradas questões de diferentes tipos, com materiais prontos para mostrar o direcionamento de como elas devem ser compreendidas”.

A Procuradora Institucional da Comissão Própria de Avaliação (CPA), Maria Rosário Batista, ressalva que o trabalho da comissão é feito por 4 integrantes, trabalhando sempre da melhor maneira possível visando atender, toda a comunidade acadêmica que os procuram. “Eu penso que a Equipe Pedagógica vai fazer um bom trabalho, em relação a isso, pois sempre foi pedido em relação aos coordenadores, e agora temos um ganho significante com a implantação desse programa”.

Da esquerda para a direita: Prof. Maria Rosário, Prof. Dra. Mônica Gentil e Prof. Marcia Edilene

O Prof. Tales Antão, membro da Comissão Técnica do ENADE e diretor do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), apresentou o Portal do Enade, uma ferramenta de comunicação e de integração, onde pode pode ser desenvolvida uma grande base de dados, para que os alunos se sintam acolhidos. “Integrar também, todos os participantes do Programa, juntamente as equipes pedagógicas, técnicas, como os demais professores e alunos que estarão participando dos ciclos”.

Prof. Tales Antão apresentando o Portal do ENADE

Confira todas as informações no novo Portal do Enade:

enade_uespi

 

PIBEU 2022: Tire suas dúvidas com relação ao lançamento do edital

Por Vitor Gaspar

Uma boa oportunidade para a comunidade acadêmica da Universidade Estadual do Piauí! Através da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários (PREX), a UESPI organiza uma live com a finalidade esclarecer dúvidas e destacar os principais pontos relacionados ao lançamento do edital do Programa Institucional de Bolsas em Extensão Universitária (PIBEU).

O edital lançado para a seleção de propostas de projeto de extensão, oferta 70 vagas com bolsas no valor de R$ 400,00 tendo duração de 12 meses.  A Extensão é uma das funções sociais da Universidade, realizada por meio de um conjunto de ações voltadas à sociedade, que devem estar vinculadas ao Ensino e à Pesquisa.

Para falar sobre isso, a Pró-Reitora da PREX, Prof. Dra. Ivoneide Alencar, destaca que a equipe se reuniu para ajudar professores e alunos que queiram esclarecer dúvidas estando de portas abertas para esclarecer esses questionamentos. “Nesse programa, professores e alunos estarão juntos, no sentido de dar a movimentação que a pesquisa é necessária”.

Prof. Dra. Ivoneide Alencar apresentando o programa e a sua importância para a comunidade acadêmica

De acordo com o diretor do Departamento de Programas e Projeto de Extensão, Lucídio Carvalho, esse edital conta com uma novidade que foi a retirada do relatório parcial. Segundo ele, essa mudança dará mais liberdade ao professor, na condução do PIBEU. “Com essa modificação, a gente espera que durante o relatório final podemos colher melhoras na construção desse relatório”, finaliza.

A live contou com a participação de membros do departamento ligados ao programa

A Universidade lança o edital para submissão de projetos de extensão todos os anos, sendo que o mesmo deve ser submetido por um professor orientador. Para este ano as 70 vagas são destinadas a 7 Áreas do Conhecimento, sendo:

04 vagas para o curso de Ciências Agrárias

10 vagas para Ciências da Saúde

07 vagas para Ciências Exatas e da Terra

16 vagas para Ciências Humanas

19 vagas para Ciências Sociais Aplicadas,

04 vagas para Engenharias e Tecnologias

10 vagas para Linguística, Letras e Artes

Segundo o chefe da Divisão de Programas Socioculturais, Sr. José Ramalho, o programa proporciona ao aluno o contato na prática do que ele vivenciou em sala de aula, e dessa forma faz com que a Universidade trabalhe diretamente com a comunidade. Além disso, ele destaca a importância do incentivo financeiro aplicado ao bolsista.

“O incentivo para os bolsistas é importante, pois são eles que estão diretamente ligados ao programa e que vão fazer os relatórios que serão enviados para avaliação e quem vão participar do seminário relatando tudo o que aconteceu durante a extensão”, encerra.

Os principais critérios para a participação no PIBEU sendo apresentados via slide e explicados pelo chefe da Divisão de Programas Socioculturais

Alguns dos critérios necessários para o programa são: de atendimento a área temática e linha de extensão, natureza extensionista da proposta, relação com a proposta pedagógica de curso, relação com a sociedade, contexto e justificativa das propostas, clareza de objetivos e metas, dentre outros pontos prescritos no edital.

Os interessados ainda podem enviar suas dúvidas para o endereço de e-mail dpsc@prex.uespi.br, ou entrando em contato com Ramalho Leite através do número (86) 99932-5072.

Confira o edital completo: SEI_GOV-PI-5337485-Edital

#ContaPraGente: estudante fala sobre ações de voluntariado na UNICEF

Por Liane Cardoso

O estudante Carmo dos Santos, discente do curso de Jornalismo na Universidade Estadual do Piauí, campus de Picos, e vencedor do concurso internacional de vídeos da Organização das Nações Unidas (ONU), estará na próxima edição do #ContaPraGente, no canal do Youtube: UESPIOficial. A Live acontecerá nesta quarta-feira (25), a partir das 13h.

Além da premiação no concurso da ONU, o acadêmico de jornalismo também foi selecionado para integrar o programa de voluntariado do Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF) no Brasil. Atualmente Carmo Silva é produtor audiovisual em um projeto social voluntário que busca democratizar o acesso a oportunidades acadêmicas e extracurriculares para jovens brasileiros; e também participa de um projeto que ajuda estudantes brasileiros de baixa renda que querem se graduar nos EUA.

Mesmo ainda sendo estudante do segundo período de Jornalismo, o aluno revela que sempre foi fascinado pela comunicação. “A oportunidade de se comunicar, contar histórias e compartilhar conhecimento por meio da informação é algo extraordinário”, enfatizou Carmo.Na live, ele contará mais detalhes sobre suas experiências enquanto acadêmico de Jornalismo e também sobre as ações comunitárias que desempenha.

Confira também: Aluno de jornalismo do campus de Picos vence concurso internacional de vídeo da ONU

#ContaPraGente: alunos destacam a importância da pesquisa sobre o Cerrado Piauiense

Por Liane Cardoso

A edição do #ContaPraGente desta quarta-feira (18) abordou sobre as  experiências do grupo de Pesquisa Desenvolvimento sustentável do Cerrado Piauiense, do campus de Uruçuí. O aluno Isaltino Pereira, do curso de Agronomia foi o representante do grupo na live.

O acadêmico de agronomia destacou que o grupo contribui significativamente para a formação profissional dos discentes. “Hoje, as empresas não procuram só pessoas que saibam trabalhar no campo, mas profissionais que saibam também desenvolver pesquisas na área”, disse.

O #ContaPraGente acontece toda quarta-feira no canal do Youtube da UESPI

Com o grupo de estudos, novas possibilidades podem ser encontradas. “Esse grupo nos possibilita ter mais conhecimento e vivência nas propriedades rurais, além de aliar teoria e prática com o intuito de haver um equilíbrio entre esses dois conhecimentos”, ressaltou o aluno durante a Live.

A aluna Thalita Alves também teve uma breve interação na transmissão sobre o trabalho que desenvolve no campus de Uruçuí.

Assista a Live completa no canal do Youtube UESPI Oficial.

 

#ContaPraGente: conheça pesquisas e ações desenvolvidas na agricultura do Cerrado Piauiense

Por Liane Cardoso

O grupo de pesquisa Desenvolvimento sustentável no Cerrado Piauiense, do curso de Agronomia da Universidade Estadual do Piauí, campus Uruçuí, promove ações que visam melhorar a agricultura local e estadual. Para entender melhor como funciona o projeto e como seus estudos auxiliam a comunidade, convidamos dois discentes que participam do grupo, Isaltino Pereira e Jaildo Júnior, para a Live do #ContaPraGente, que acontece nesta quarta-feira (18), a partir das 13h, no canal do Youtube: UESPI Oficial.

O objetivo do grupo é pesquisar sobre as culturas cultivadas na região, verificando aspectos como o solo, irrigação, produção, dentre outros. Para tornar pública as ações e os resultados, os integrantes criaram um canal no Youtube para divulgarem as pesquisas realizadas: coordenação agronomia.

O aluno Isaltino Pereira, estudante do 6º bloco de agronomia, explica que o grupo trabalha em parceria com fazendas da região para realizar as ações. “Nós (alunos) juntamente com os professores, desenvolvemos um trabalho de pesquisa tanto na área de Nutrição como na área de avaliação de produtividade”, pontuou.

Veja também: Pesquisadores estudam sobre o desenvolvimento agrícola no Cerrado Piauiense

Live Edital Ideiaz: saiba como transformar projetos em negócios

Por Liane Cardoso

Nesta quarta-feira (11) aconteceu a apresentação do Edital Ideiaz, no canal do Youtube da UESPI. O objetivo da transmissão era esclarecer sobre as principais abordagens do edital, bem como responder as principais dúvidas relacionadas aos projetos e ideias. O professor Rodrigo Baluz mediou a live, que contou com a presença da professora Vanessa Alencar, diretora do Núcleo de Inovação Tecnológica da Universidade Estadual do Piauí, e da gerente de projetos da ANPROTEC, Ana Roberta.

“O NIT tem também a função de promover e difundir o empreendedorismo e a inovação dentro da comunidade acadêmica, por isso apoiamos iniciativas como essa”, disse a prof.ª Vanessa na abertura da Live.

A live aconteceu na tarde desta quarta-feira (11)

Programa 

O Programa Ideiaz é realizado pela Anprotec, Sebrae e Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia (Sepec/ME), e visa atender com abrangência nacional, ideias e projetos de negócios inovadores em estágio inicial de todas as regiões do país.

A gerente de projetos da Anprotec explicou que o programa que acontecerá 100% online e atenderá todas as regiões do país. “Serão atendidas mais de 1000 ideias e projetos inovadores neste ano e durante 10 semanas estes empreendimentos receberão 25 horas de apoio”, destacou Ana Roberta.

Critérios e requisitos

Para participar do edital é necessário apresentar uma ideia inovadora ou um projeto de impacto socioambiental, que esteja na fase de criação ou ideação, ou seja, não pode ter sido executado ou comercializado. Também deve ter fins lucrativos.

Como se inscrever

A Equipe deve ter pelo menos 02 pessoas e no máximo 05 para a execução da proposta. Para realizar a inscrição, os candidatos devem acessar a plataforma, preencher o formulário e gravar um vídeo de 03 minutos explicando a proposta submetida.

Em caso de dúvidas, envie um e-mail para: ideiaz@anprotec.org.br

Assista a live completa:

 

#ContaPraGente: aluno explica como realiza cálculos matemáticos para simular anomalias nas estruturas vasculares

Por Liane Cardoso

Nesta quarta-feira (11), aconteceu mais uma live do quadro #ContaPraGente no canal do Youtube da UESPI. O aluno Vinícius Marques do curso de Ciências da Computação explicou como funciona a pesquisa sobre o Desenvolvimento de cálculos matemáticos para simular anomalias nas estruturas vasculares.

O objetivo da pesquisa é estudar e simular fenômenos nas estruturas vasculares, a partir do ponto de vista matemático, médico e computacional, sem a necessidade de processos invasivos (internos) nos pacientes.

“Através dos bancos de imagens médicas disponíveis na internet, nós conseguimos criar malhas para tentar identificar questões como  a circulação sanguínea, simulando por exemplo o fluxo sanguíneo através dos cálculos matemáticos”, explicou o discente Vinícius durante a transmissão.

aluno explica como é realizado o procedimento com as imagens

O estudante também representou com imagens o trabalho que está desenvolvendo. Ele selecionou imagens médicas e comparou com as imagens formuladas pelo projeto para realizar as simulações.

Assista a Live completa no canal do Youtube:

 

Veja também: Pesquisadores desenvolvem trabalho que ajuda identificar anomalias sanguíneas através de cálculos matemáticos

#ContaPraGente: aluno explica como é possível simular estruturas vasculares através de cálculos matemáticos

Por Liane Cardoso

Na próxima quarta-feira (11) acontece mais uma live do quadro #ContaPraGente. O aluno Vinicius Marques, estudante do 8º período do curso de Ciências da Computação, da Universidade Estadual do Piauí, contará sua experiência com o trabalho que desenvolve: identificação de anomalias sanguíneas através de cálculos matemáticos.

O projeto começou a ser desenvolvido nesse ano e conta com a orientação do professor Pitágoras Pinheiro e com a colaboração do acadêmico Marcos Vinicius de Oliveira. O trabalho do grupo consiste em simular fenômenos sanguíneos do ponto de vista matemático, médico e computacional, sem a necessidade de intervir diretamente nos pacientes.

A partir de imagens médicas obtidas por meio de softwares, são construídas malhas matemáticas que permitem visualizar a simulação de fluidos. “Com isso também conseguimos simular diversas situações presentes no meio médico, além de possibilitar diversos cálculos para prever, por meio da malha gerada, alguns tipos de problemas de saúde”, relatou Vinicius.

Na live, o estudante detalhará como o projeto é desenvolvido, quais são os recursos utilizados e em que se baseiam seus estudos. A transmissão acontecerá no canal do Youtube da UESPI Oficial a partir das 13h.

#ContaPraGente: estudantes analisam séries da Netflix a partir da crítica literária

Por Liane Cardoso

Nesta quarta-feira (04), aconteceu mais uma live do quadro #ContaPraGente no canal do Youtube UESPI Oficial.

Estudantes do curso de Inglês da Universidade Estadual do Piauí, campus Parnaíba, participaram da transmissão e explicaram sobre as pesquisas científicas que desenvolveram a partir de séries da Netflix.

Vitor Hugo Sousa Oliveira, Hellen Pereira Silva e Lays Christine Santos, são os três discentes que estiveram na Live. No início, os acadêmicos apresentaram seus trabalhos e mostraram imagens das séries analisadas, destacando também as principais teorias que nortearam seus estudos.

A transmissão teve início às 13h no Youtube

Os alunos também incentivaram o desenvolvimento de pesquisas nessa área, pois é um campo vasto para a crítica literária. “Quando assistirem a uma série ou filme, olhem para além das cenas e dos textos, e vejam a problemática que existe ali”, pontuou Vitor Hugo no final da Live.

Assista a Live completa no canal do Youtube da UESPI Oficial.

LIVE: Edital Ideiaz é apresentado na quarta-feira (11) no canal do Youtube da UESPI

Por Liane Cardoso

Na próxima quarta-feira (11), a partir das 15h30, acontecerá a apresentação do Edital Ideiaz, no canal do Youtube UESPI Oficial. Essa iniciativa é uma oportunidade para professores e alunos da Universidade Estadual do Piauí transformarem seus projetos e ideias em negócios.

O Programa Ideiaz é realizado pela Anprotec, Sebrae e Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia (Sepec/ME), e visa atender com abrangência nacional, ideias e projetos de negócios inovadores em estágio inicial de todas as regiões do país.

De acordo com o Professor Rodrigo Baluz, o webinar sobre o edital é uma forma de incentivar os docentes e discentes da UESPI a mostrarem suas ideias e projetos. “O público-alvo dessa Live são os professores e alunos da UESPI, principalmente aqueles que têm projetos e ou tem a intenção de transformar ideias em negócio, porém não sabem como fazer para levá-los adiante”, destacou o professor.

Mais de 400 projetos de negócios em fase de ideação serão selecionados e ganharão atendimento gratuito pelas incubadoras e aceleradoras de todo o país, credenciadas no Programa Ideiaz. As inscrições para o edital seguem abertas até o dia 23 de agosto.

Na Transmissão da próxima semana, estará presente a gerente de projetos da Anprotec, Ana Roberta, que esclarecerá mais detalhadamente sobre o programa e os benefícios ofertados.

#ContaPraGente: estudantes desenvolvem pesquisas científicas sobre séries da Netflix

Por Liane Cardoso

Na próxima quarta-feira (04), a partir das 13h no canal do Youtube UESPI Oficial, tem Live do quadro #ContaPraGente. O bate-papo será com estudantes do curso de Inglês da Universidade Estadual do Piauí, campus Parnaíba, que desenvolvem pesquisas científicas sobre séries da Netflix.

Vitor Hugo Sousa Oliveira, Hellen Pereira Silva e Lays Christine Santos, são os três discentes que participarão da live. Apesar de abordarem sobre diferentes séries em seus trabalhos, o que essas pesquisas têm em comum são os fundamentados nos pressupostos teóricos da Crítica Literária enquanto área de conhecimento.

Pesquisas

“Por ordem dos Peaky Blinders”: as relações de poder na série à luz da corrente marxista é o título do trabalho de Vitor Hugo. Segundo o estudante do 3º período de Letras Inglês, o trabalho busca construir diálogos entre a corrente literária marxista e a série de televisão britânica Peaky Blinders (2013), especialmente no que diz respeito ao conceito de relações de poder.

“Dialogar com a corrente marxista é essencial porque essa vertente da crítica literária tem a proposta de fazer com que os indivíduos tenham ciência da situação de exploração em que se encontram e, em alguma instância, busquem saídas dessas situações de opressão”, destacou o aluno sobre a importância de sua pesquisa.

A aluna Lays, que analisou sobre “Black Lives Matter: da vida real para a série When They See Us (2019) à luz da corrente afro-americana”, abordando as manifestações de racismo estrutural que ocorrem nas cenas, reconhece que a ciência tem o poder de transformar a sociedade. “As leituras e análises me ajudaram a perceber que precisamos mudar ações e nos educar quanto ao racismo estrutural. Então vejo que entender o poder da ciência é fundamental para todos os profissionais, principalmente para quem leciona, pois estaremos modificando a sociedade nas nossas aulas”, reforçou a estudante.

Helen Pereira também é amante da pesquisa e das contribuições sociais que esta traz. Ela estudou sobre Freud (2020), a série da Netflix: conceitos freudianos à luz da corrente psicanalítica. “Esse é o segundo projeto de pesquisa que participo, e é mais um passo para o meu desenvolvimento acadêmico e também como pesquisadora”, disse ela.

Na quarta-feira (04), a transmissão começará às 13h.

Veja também: Estudantes do curso de Inglês realizam trabalhos a partir de livros e séries da Netflix

#ContaPraGente: Memes despertam o interesse de estudantes em pesquisas científicas

Por Liane Cardoso

No início da tarde desta quarta-feira (21) aconteceu mais uma Live do #ContaPraGente. Conversamos com Alana do Santos, egressa do Curso de Letras da Universidade Estadual do Piauí, e com Francisca Silveline, acadêmica do mesmo curso, sobre suas pesquisas relacionadas aos memes da internet. A transmissão aconteceu  no canal do Youtube UESPI Oficial.

Na Live, abordamos desde o conceito de memes até o resultado das pesquisas. Ainda durante a transmissão elas aproveitaram para frisar que os memes sempre têm uma finalidade e por isso se faz necessário estudá-los.

A live está disponível no canal da UESPI no Youtube

O público participou ativamente da Live através dos comentários no chat ao vivo. Os espectadores se identificaram com a temática de estudo das estudantes. Cleovan Sousa, discente do II período de Pedagogia no campus de Picos, comentou: “Desde o bloco I (do curso de Pedagogia) tenho o desejo de trabalhar com memes. Vendo a pesquisa das meninas e principalmente o sorriso da Alana, fiquei mais motivado”.

Assista a Live completa no canal do Youtube da UESPI Oficial.

 

#ContaPraGente: Alunas abordam projeto sobre uso dos memes em livros didáticos e discursos midiáticos

Por Liane Cardoso

Nesta quarta-feira (21) tem live do #ContaPraGente no canal do Youtube UESPI Oficial. Dessa vez, vamos conversar sobre o Uso dos memes em livros didáticos e discursos midiáticos.

Para isso, convidamos a aluna Silveline Pereira, que pesquisa sobre a presença de memes em Livros didáticos, e a egressa Alana dos Santos, que concluiu sua monografia sobre os efeitos de sentidos nos memes do Suricate Seboso.

Na live, as participantes irão expor o resultado dos seus trabalhos e relatar como foi possível analisar algo tão peculiar do ambiente virtual, os memes. A transmissão começará às 13h e o público poderá interagir, comentado ou enviando perguntas, através do chat ao vivo.

“Esperamos que a reflexão sobre a intertextualidades do memes passe a ser discutida no ensino de língua portuguesa”, pontuou Silveline sobre a finalidade de seu projeto de pesquisa.

Alana dos Santos também destaca a importância da análise desse gênero. “Na produção da minha monografia focamos nos efeitos de sentidos a partir de 3 memes do Suricate. E no último capítulo realizamos as conclusões ressaltando os discursos encontrados nesses materiais, tais como assuntos envolvendo religiões, orgulho regional, cultura, dentre outros”, explicou.

#ContaPraGente: alunos falam sobre saúde bucal e reforçam o hábito da higiene

Por Liane Cardoso

Nesta quarta-feira (14) aconteceu mais uma Live do #ContaPraGente no canal do Youtube da Nossa UESPI. Os três convidados eram alunos do curso de Odontologia no campus de Parnaíba. Eles falaram sobre o impacto que a alimentação tem na saúde bucal e reforçaram a importância da higiene adequada.

No início da Live, cada participante apresentou brevemente seu trabalho e comentou sobre o resultado de sua pesquisa. Em seguida, foram discutidas algumas temáticas como: as principais causas de problemas relacionados a saúde bucal, alimentos que prejudicam os dentes e impactos da pandemia no consultório odontológico.

Durante a transmissão, os discentes destacaram alguns alimentos maléficos (se consumidos em excesso), tais como sucos industrializados, iorgutes, achocolatados, dentre outros. Contudo, Andressa Santos aproveitou para ressaltar que as pessoas não precisam excluir esses produtos da alimentação. “Vocês podem consumir esses alimentos, mas com cautela. E caso queira exagerar um pouco, não esqueça da escovação, pois ela tem uma grande influência na saúde bucal”, informou a discente do 10º período.

Os estudantes compartilharam seus conhecimentos e alertaram sobre saúde bucal

No final da transmissão, os alunos contaram como foi a experiência de executar uma pesquisa através do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC). Os acadêmicos relataram ainda que desde o início da graduação são estimulados pelos professores para o desenvolvimento de pesquisas.

Assista a Live completa no canal do Youtube UESPI Oficial.

LAPEN realiza Live sobre Crimes Virtuais no dia 09 de julho

Por Liane Cardoso

A Liga Acadêmica de Direito Penal – LAPEN -, do curso de Direito da Universidade Estadual do Piauí, realizará no dia 09 de julho, a partir das 17h, uma Live sobre Crimes Virtuais na página do Instagram @lapenuespi.

Na transmissão estará presente o professor Neto Cunha, doutor em Engenharia Biomédica e mestre em segurança de redes, CEO da empresa The Forense, responsável por auxiliar os cidadãos com segurança digital. “A live contará com a apresentação do professor sobre a sua vivência trabalhando com crimes virtuais e as particularidades deste ramo do direito”, destacou Giovanna Luiza, integrante da LAPEN.

Segunda a professora Sheila Andrade, orientadora do grupo, no Brasil são poucas as leis que protegem a segurança do usuário brasileiro. As mais conhecidas são a Lei Carolina Dieckmann, o Marco Civil da Internet e a Lei Geral de Proteção de dados. O foco mais recente tem sido as “fake news”, mas a carência de uma definição precisa e de uma punição prevista dificultam o avanço do combate.

“Em tempos de uso contínuo de plataformas digitais, tais como as redes sociais, aplicativos, agendas virtuais, a acessibilidade tornou-se uma facilitadora das atividades cotidianas. Todavia, ao mesmo tempo, também podem trazer consequências danosas aos seus usuários, pois fica cada vez mais claro o impacto que as ferramentas digitais têm no mundo real. Usar essa ferramenta de maneira inadequada também acarreta no cometimento de crimes virtuais”, explicou a docente.

Acesse o Instagram da Liga e saiba mais sobre esse tema e também sobre outros assuntos sociais relevantes.