Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

#ContaPraGente: estudantes analisam séries da Netflix a partir da crítica literária

Por Liane Cardoso

Nesta quarta-feira (04), aconteceu mais uma live do quadro #ContaPraGente no canal do Youtube UESPI Oficial.

Estudantes do curso de Inglês da Universidade Estadual do Piauí, campus Parnaíba, participaram da transmissão e explicaram sobre as pesquisas científicas que desenvolveram a partir de séries da Netflix.

Vitor Hugo Sousa Oliveira, Hellen Pereira Silva e Lays Christine Santos, são os três discentes que estiveram na Live. No início, os acadêmicos apresentaram seus trabalhos e mostraram imagens das séries analisadas, destacando também as principais teorias que nortearam seus estudos.

A transmissão teve início às 13h no Youtube

Os alunos também incentivaram o desenvolvimento de pesquisas nessa área, pois é um campo vasto para a crítica literária. “Quando assistirem a uma série ou filme, olhem para além das cenas e dos textos, e vejam a problemática que existe ali”, pontuou Vitor Hugo no final da Live.

Assista a Live completa no canal do Youtube da UESPI Oficial.

#ContaPraGente: estudantes desenvolvem pesquisas científicas sobre séries da Netflix

Por Liane Cardoso

Na próxima quarta-feira (04), a partir das 13h no canal do Youtube UESPI Oficial, tem Live do quadro #ContaPraGente. O bate-papo será com estudantes do curso de Inglês da Universidade Estadual do Piauí, campus Parnaíba, que desenvolvem pesquisas científicas sobre séries da Netflix.

Vitor Hugo Sousa Oliveira, Hellen Pereira Silva e Lays Christine Santos, são os três discentes que participarão da live. Apesar de abordarem sobre diferentes séries em seus trabalhos, o que essas pesquisas têm em comum são os fundamentados nos pressupostos teóricos da Crítica Literária enquanto área de conhecimento.

Pesquisas

“Por ordem dos Peaky Blinders”: as relações de poder na série à luz da corrente marxista é o título do trabalho de Vitor Hugo. Segundo o estudante do 3º período de Letras Inglês, o trabalho busca construir diálogos entre a corrente literária marxista e a série de televisão britânica Peaky Blinders (2013), especialmente no que diz respeito ao conceito de relações de poder.

“Dialogar com a corrente marxista é essencial porque essa vertente da crítica literária tem a proposta de fazer com que os indivíduos tenham ciência da situação de exploração em que se encontram e, em alguma instância, busquem saídas dessas situações de opressão”, destacou o aluno sobre a importância de sua pesquisa.

A aluna Lays, que analisou sobre “Black Lives Matter: da vida real para a série When They See Us (2019) à luz da corrente afro-americana”, abordando as manifestações de racismo estrutural que ocorrem nas cenas, reconhece que a ciência tem o poder de transformar a sociedade. “As leituras e análises me ajudaram a perceber que precisamos mudar ações e nos educar quanto ao racismo estrutural. Então vejo que entender o poder da ciência é fundamental para todos os profissionais, principalmente para quem leciona, pois estaremos modificando a sociedade nas nossas aulas”, reforçou a estudante.

Helen Pereira também é amante da pesquisa e das contribuições sociais que esta traz. Ela estudou sobre Freud (2020), a série da Netflix: conceitos freudianos à luz da corrente psicanalítica. “Esse é o segundo projeto de pesquisa que participo, e é mais um passo para o meu desenvolvimento acadêmico e também como pesquisadora”, disse ela.

Na quarta-feira (04), a transmissão começará às 13h.

Veja também: Estudantes do curso de Inglês realizam trabalhos a partir de livros e séries da Netflix