inovação – Uespi

Inscrições abertas: UESPI divulga submissão de ideias do Programa Centelha do Piauí

Por Arnaldo Alves

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI) divulga que as inscrições para para submissão de ideias do Programa Centelha do Piauí encerram na próxima  quinta-feira (09), às 18h.

De acordo com o professor do curso de Administração e diretor do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), Tales Antão, a iniciativa é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (FINEPI), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP), e Fundação CERTI e, no Piauí, é executada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI).

“O Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no Piauí. O programa vai oferecer capacitações, recursos financeiros e suporte para transformar ideias em negócios de sucesso”, explica o docente.

O objetivo é fomentar o empreendedorismo inovador por meio de capacitações para o desenvolvimento de produtos (bens e/ou serviços) ou de processos inovadores e, apoiar por meio da concessão de recursos de subvenção econômica (recursos não reembolsáveis) e Bolsas de Fomento Tecnológico Extensão Inovadora, a geração de empresas de base tecnológicas a partir da transformação de ideias inovadoras em empreendimentos que incorporem novas tecnologias aos setores econômicos estratégicos do estado do Piauí.

Os interessados devem preencher o formulário de inscrição e conferir os detalhes do edital, disponível no site do Programa Centelha, até o dia 09 de junho.

Evento

Com o intuito de apresentar a oportunidade do edital Centelha, acontece nesta segunda-feira (06), a oficina “Mão na Massa”, no auditório do Centro de Ciências da Saúde – CCS, a partir das 16h.

O Encontro vai contar com a presença dos professores da UESPI, Bringel Filho e Vanessa Alencar, além do diretor de inovação da FAPEPI, Ciro Gonçalves de Sá.

Segundo a professora da UESPI e cientista empreendedora, Vanessa Alencar, a importância do edital é que pode se conseguir recursos econômicos para colocar uma ideia em prática em forma de um produto, serviço ou processo de uma patente.

“Nós vamos apresentar as tendências de mercado e estudo sobre os problemas que precisam ser resolvidos e que as ideias dos pesquisadores em conjunto com os projetos dos alunos podem desenvolver para área de saúde, além de mostrar o formulário de inscrição do Programa, bem como descrever a régua de avaliação dos projetos”, finaliza a palestrante.

Live Edital Ideiaz: saiba como transformar projetos em negócios

Por Liane Cardoso

Nesta quarta-feira (11) aconteceu a apresentação do Edital Ideiaz, no canal do Youtube da UESPI. O objetivo da transmissão era esclarecer sobre as principais abordagens do edital, bem como responder as principais dúvidas relacionadas aos projetos e ideias. O professor Rodrigo Baluz mediou a live, que contou com a presença da professora Vanessa Alencar, diretora do Núcleo de Inovação Tecnológica da Universidade Estadual do Piauí, e da gerente de projetos da ANPROTEC, Ana Roberta.

“O NIT tem também a função de promover e difundir o empreendedorismo e a inovação dentro da comunidade acadêmica, por isso apoiamos iniciativas como essa”, disse a prof.ª Vanessa na abertura da Live.

A live aconteceu na tarde desta quarta-feira (11)

Programa 

O Programa Ideiaz é realizado pela Anprotec, Sebrae e Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia (Sepec/ME), e visa atender com abrangência nacional, ideias e projetos de negócios inovadores em estágio inicial de todas as regiões do país.

A gerente de projetos da Anprotec explicou que o programa que acontecerá 100% online e atenderá todas as regiões do país. “Serão atendidas mais de 1000 ideias e projetos inovadores neste ano e durante 10 semanas estes empreendimentos receberão 25 horas de apoio”, destacou Ana Roberta.

Critérios e requisitos

Para participar do edital é necessário apresentar uma ideia inovadora ou um projeto de impacto socioambiental, que esteja na fase de criação ou ideação, ou seja, não pode ter sido executado ou comercializado. Também deve ter fins lucrativos.

Como se inscrever

A Equipe deve ter pelo menos 02 pessoas e no máximo 05 para a execução da proposta. Para realizar a inscrição, os candidatos devem acessar a plataforma, preencher o formulário e gravar um vídeo de 03 minutos explicando a proposta submetida.

Em caso de dúvidas, envie um e-mail para: ideiaz@anprotec.org.br

Assista a live completa:

 

LIVE: Edital Ideiaz é apresentado na quarta-feira (11) no canal do Youtube da UESPI

Por Liane Cardoso

Na próxima quarta-feira (11), a partir das 15h30, acontecerá a apresentação do Edital Ideiaz, no canal do Youtube UESPI Oficial. Essa iniciativa é uma oportunidade para professores e alunos da Universidade Estadual do Piauí transformarem seus projetos e ideias em negócios.

O Programa Ideiaz é realizado pela Anprotec, Sebrae e Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia (Sepec/ME), e visa atender com abrangência nacional, ideias e projetos de negócios inovadores em estágio inicial de todas as regiões do país.

De acordo com o Professor Rodrigo Baluz, o webinar sobre o edital é uma forma de incentivar os docentes e discentes da UESPI a mostrarem suas ideias e projetos. “O público-alvo dessa Live são os professores e alunos da UESPI, principalmente aqueles que têm projetos e ou tem a intenção de transformar ideias em negócio, porém não sabem como fazer para levá-los adiante”, destacou o professor.

Mais de 400 projetos de negócios em fase de ideação serão selecionados e ganharão atendimento gratuito pelas incubadoras e aceleradoras de todo o país, credenciadas no Programa Ideiaz. As inscrições para o edital seguem abertas até o dia 23 de agosto.

Na Transmissão da próxima semana, estará presente a gerente de projetos da Anprotec, Ana Roberta, que esclarecerá mais detalhadamente sobre o programa e os benefícios ofertados.

Inscrições abertas: palestra sobre Como Trabalhar Inovação e Valores Humanos no Mundo Digital acontece no dia 04 de agosto

Por Arnaldo Alves

No dia 04 de agosto, às 19h, será realizada uma palestra online do Exploratórium: ideias que surpreendem pessoas que inspiram, com o tema “Como Trabalhar Inovação e Valores Humanos no Mundo Digital”, com Tonia Casarin.

O evento é promovido pela Centro Sebrae de Referência em Educação Empreendedora em parceria com a Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Universidade Aberta do Piauí (UAPI) e União dos Dirigentes Municipais de Educação.

O objetivo do Exploratórium no Piauí é trazer um arejamento de ideias e experiências inovadoras, propondo aos participantes descobrir novas maneiras de pensar e agir com base em atitudes empreendedoras em suas ações na Educação.

Inscrições

De forma online e gratuita, as inscrições estão abertas.

Os interessados devem acessar o site do evento e preencher as informações necessárias.

Estudante de Engenharia Elétrica desenvolve tecnologia para automação residencial

Por Liane Cardoso

Já pensou em acender ou desligar uma lâmpada com um simples comando no celular? Pensando nisso, o aluno Glenerson Vieira, do curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estadual do Piauí, idealizou e executou uma proposta de Automação residencial por meio da tecnologia de comunicação móvel. A iniciativa foi desenvolvida através do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI).

A ideia se baseia na tecnologia de comunicação móvel, a mesma utilizada para realizar ligações e chamadas, dessa forma, o projeto utiliza sinais de frequência para executar comandos. “Conseguimos construir uma placa eletrônica capaz de receber ligações de qualquer telefone e a qualquer distância, desde que tenha sinal telefônico. Essa placa consegue executar comandos de acionamento de dispositivos previamente programados para captar a informação advinda do usuário”, explicou o discente que desenvolve a proposta.

Assista a seguir o vídeo demonstração do protótipo desenvolvido pelo projeto

O professor Juan de Aguiar é docente colaborador nesse projeto. Ele afirma que o primeiro passo para consolidar essa expertise no segmento tecnológico é explorar a tecnologia utilizada para a realização de automação e interação entre máquinas. ” É isso que temos feito e a academia deve continuar promovendo a formação de profissionais nessa área para o mercado de trabalho”, disse o docente.

Glenerson ressalta que através desse sistema é possível realizar a programação de qualquer dispositivo elétrico sem ter um contato direto com ele. “No caso da automação residencial, é possível acionar uma lâmpada ou ventilador pelo celular, dentro de casa ou até mesmo fora, possibilitando comodidade, conforto e até mesmo segurança, pois não existe um contato direto com esse equipamento”, pontuou o estudante do 5º período do curso de Engenharia Elétrica.

Material utilizado para a experiência

Essa tecnologia permite o controle total dos dispositivos eletroeletrônicos de uma casa ou até mesmo industrial, por meio de uma simples chamada telefônica a qualquer distancia, horário e sem a necessidade de internet. O aluno e o professor estudam agora a viabilidade desse sistema aplicado em novos dispositivos, tais como aparelhos de mídia e ar-condicionado.

Inovação tecnológica é um dos temas do Workshop na UESPI

Colaboração: Carollyna Meireles / Orientação: Profa. Sammara Jericó

Amanhã dia 06 de julho, terça feira, acontecerá o Workshop das Chamadas do CNPq de Bolsa de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológica e Extensão Inovadora – DT (N° 003/2021) e da Bolsa de Produtividade em Pesquisa – PQ (N° 004/2021) realizado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação (PROP) da Universidade Estadual do  Piauí (UESPI) no canal do YouTube da Uespioficial.

O workshop prevê o incentivo de produções científicas, culturais e de inovação tecnológica e contará com palestras sobre Critérios de Elegibilidade e Execução do Projeto – Bolsa de Produtividade  (PQ/DT), Submissão da Proposta na Plataforma Integrada Carlos Chagas – PQ/DT e Potencial do Projeto para a Produção Tecnológica e a Inovação – DT.
A respeito da inovação tecnológica, ficou responsável pela Professora Vanessa Alencar, Diretora do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) da Uespi.
Ela irá tratar sobre as oportunidades relacionadas a projetos de pesquisa dos professores da Universidade  que possuem um potencial para inovação. Essas oportunidades envolvem o registro e transferência de tecnologia do meio acadêmico para o mercado.
Outros tópicos que serão abordados são: a Hélice tripla da inovação – mercado, universidade e governo, e As tendências de mercado e os objetivos de desenvolvimento do milênio.
Lembrando que o Núcleo de Inovação Tecnológica  é um órgão vinculado a Reitoria, formado por uma instância colegiada –  denominada Comitê Gestor –  e  uma instância executiva, composta  por um diretor e dois assessores técnicos e adota as competências do artigo 16 da Lei da Inovação.
O NIT é responsável pela política de inovação da Uespi e tem como objetivo promover o empreendedorismo e a inovação, além de preservar a propriedade intelectual, protegendo as marcas patentes, entre outras inovações geradas na Universidade.