UESPI

Brasao_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Governo-do-Piauí-2023_300X129

PROP: Edital de apoio à participação em eventos

A Universidade Estadual do Piauí, através da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação torna público, a todos os interessados, por via do presente edital, as normas e procedimentos para a submissão e solicitação de ajuda financeira para pagamento de taxa de inscrição, diárias e passagens para eventos científicos, de capacitação técnico-administrativa e de
representação institucional para o ano de 2024.

SEI_GOV-PI – 013035977 – Edital

ERRATA –  edital 17
O Pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, torna pública a divulgação da Errata referente ao EDITAL PROP/UESPI 016/2024 – Edital de Apoio à Realização de Eventos Extensionistas, Científicos e de Inovação Tecnológica da UESPI, com as seguintes alterações:

 

Item 6.3.10

Onde se lê: “6.3.10. Programação detalhada por data (mesmo que provisória) e demais informações sobre o referido evento”

Leia-se: “6.3.10. Programação detalhada por data (mesmo que provisória), orçamento descrevendo o tipo de despesa conforme o item 9 deste edital e o valor solicitado e demais informações pertinentes sobre o referido evento.

SEI_GOV-PI – 013115996 – Despacho

 

Planilha de Produção Científica

PROP___PLANILHA_DE_PRODUCAO_CIENTIFICA_2024

Anexo Formulário

FORMULARIOS_EDITAL_PROP_017_2024

 

No item 7.1 O lançamento do edital ocorrerá na página da UESPI ( uespi.br ) na Internet e será publicado no Diário Oficial do Estado do Piauí, em data constante no CRONOGRAMA:

Onde se lê: Segunda chamada de propostas para eventos realizados de 01/10/2024 a 31/12/2024. De 01/07/2024 a 30/09/2024 (submeter proposta com o mínimo de 45 dias antecedendo o evento);

Leia-se: Segunda chamada de propostas para eventos realizados de 01/10/2024 a 31/12/2024. De 01/08/2024 a 30/09/2024 (submeter proposta com o mínimo de 45 dias antecedendo o evento).

 

UESPI: Lançamento de dois editais de apoio para realização e participação de eventos

Apoio à realização de eventos extensionistas, científicos e de inovação tecnológica da UESPI e o de Apoio à participação em eventos. Esses são os dois Editais que serão lançados amanhã, a partir das 8h, no auditório Pirajá, no campus Torquato Neto.

O lançamento será feito pelo Reitor da UESPI, prof. Dr. Evandro Alberto de Sousa, o Vice-reitor, Prof. Dr. Jesus Antônio de Carvalho Abreu e também pelo Pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Prof. Dr. Rauirys Alencar de Oliveira.

O evento será híbrido e a comunidade acadêmica poderá acompanhar e participar pelo canal da UESPI Oficial no Youtube.

 

 

PROP: edital suplementar ao Edital PROP/NIT Uespi-Tech

A Universidade Estadual do Piauí – UESPI, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação – PROP e o Núcleo de Inovação Tecnológica, com base na Lei Estadual 7.511 de junho de 2021 que dispõe sobre medidas de incentivo à inovação e à pesquisa científica e tecnológica, tornam pública a presente Chamada Interna Suplementar ao Edital PROP/NIT/UESPI 15/2023 convidam os interessados a apresentarem propostas nos termos aqui estabelecidos.

EDITAL 15-2024

PROP: prorrogadas as inscrições do Pibic/Pibiti 2024-2025

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) informa que as inscrições para o Pibic/Pibiti 2024-2025 foram prorrogadas até o dia 24/05/2024 em virtude de problemas técnicos na plataforma do SigProp na primeira semana de inscrições.

UESPI-TECH: resultado preliminar

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação e o Núcleo de Inovação Tecnológica tornam públicos o resultado preliminar da análise e julgamento das propostas enviadas para chamada do EDITAL PROP/NIT/UESPI 012/2024 – SUPLEMENTAR AO EDITAL PROP/NIT/UESPI 015/2023- CHAMADA INTERNA DE INCENTIVO À INOVAÇÃO E À PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA (UESPI-TECH).

Resultado_Final_para_publicacao (1)

PROP lança edital para fomentar pesquisa científica e tecnológica

 Por: Danilo Kelvin

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) lança  o Edital PROP Nº 13/2024, com o objetivo de dar mais incentivo à pesquisa científica e tecnológica na instituição.
O edital visa promover a formação de recursos humanos qualificados por meio do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) e do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI).

Os critérios de elegibilidade para os candidatos são: Os orientadores devem possuir experiência compatível com a função, demonstrar produtividade científica nos últimos 5 anos, pertencer a grupos de pesquisa certificados pela UESPI e não apresentar pendências na Pró-Reitoria.
Já os discentes devem estar regularmente matriculados na UESPI, ter currículo cadastrado na Plataforma Lattes, não possuir vínculo empregatício e ter disponibilidade de até 20 horas semanais para dedicar-se ao programa.

Datas, processos e documentação:

As inscrições para o edital estarão abertas a partir de 19 de abril de 2024 e encerrarão em 17 de maio de 2024. O resultado final será divulgado até 15 de julho de 2024.

Documentos como dados cadastrais do orientador, currículo Lattes, planilha de produção acadêmica e projeto de pesquisa são necessários para a inscrição.

O processo de seleção dos candidatos envolve análise criteriosa da documentação apresentada, da planilha de produção acadêmica e do projeto de pesquisa, levando em consideração aspectos como relevância técnico-científica, viabilidade do projeto e clareza das atividades propostas.

Os benefícios concedidos aos selecionados incluem bolsas de diferentes tipos e valores, conforme especificado no edital. Os candidatos selecionados terão responsabilidades como a execução do projeto e a participação em eventos relacionados à pesquisa.

De acordo com a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual do Piauí (PROP),o edital envolve o desenvolvimento de novas tecnologias e auxilia  os estudantes para atuarem de forma criativa e empreendedora no cenário tecnológico. 

Edital para seleção de propostas ao PIBIC e PIBITI

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROP), tendo em vista o disposto na Resolução Normativa CEPEX Nº 027/2007, no Acordo de Cooperação Técnica FAPEPI/UESPI N° 06/2021 e na Resolução Normativa Nº 17/2006 do CNPq, convida os interessados a submeterem propostas ao presente Edital, no período de 19 de abril a 17 de maio de 2024.

EDITAL № PROP 13/2024

UESPI TECH Impulsiona Inovação: Projeto EDUPI Eleva Educação com Gamificação e Tecnologia

Por: Danilo Kelvin

Plataforma de Educação Piauí (EDUPI) faz parte dos 20 projetos selecionados no Edital UESPI-TECH que foi comtemplado com o  aporte financeiro de R$ 25 mil reais, que serão aplicados no espaço físico do laboratório e no desenvolvimento do grupo de pesquisa.

O Prof. Dr. Vinicius Oliveira, coordenador do projeto, utilizará a inteligência artificial e língua inglesa na aplicabilidade do estudo. A proposta do estudo é que essa tecnologia chegue aos dispositivos móveis mediante uma plataforma pedagógica, onde seja possível compartilhar materiais, textos, imagens, buscas e pesquisas correlacionadas através das API’s da inteligência artificial (ChatGPT).

“Estar criando uma plataforma pedagógica em que possamos compartilhar conteúdo, trabalhando com imagens, pequenos textos e de modo que possamos trabalhar com ‘gamificação’, a inteligência artificial entra para acelerar esse processo e dinamizá-lo. Assim, podemos trabalhar com mais e mais pessoas. Especificamente com essa solução tecnológica do EDUPI, a ideia é que possamos realizar provas, fazer testes, avaliações e que elas possam ser corrigidas num tempo muito mais rápido, dado que a inteligência artificial vai entrar nesse processo de correção e melhorar o fornecimento de feedbacks, de retornos a partir dessas avaliações que foram feitas”, comenta.

Laboratório EDUPI:

Para que tudo isso seja possível e as primeiras pesquisas piloto comecem, o Professor explica que parte desse investimento já foi aplicada em quatro computadores modernos, impressoras, uma mesa que contempla todo o grupo de pesquisa para as reuniões, além de uma televisão de 75 polegadas adaptada para ser usada com tecnologia Touch Screen. “Todo esse investimento só foi possível graças a esse edital interno de fomento à pesquisa, o UESPI-TECH, que contemplou esses 20 projetos selecionados, no caso o meu, e que busca ideias inovadoras que vão impactar diretamente a inovação e novas tecnologias. Graças ao edital está sendo possível”, afirma o pesquisador.

Material montado atráves dos investimentos UESPI-TECH. Arquivo Pessoal

Onde EDUPI pretende chegar e impactar:

A Plataforma de Educação Piauí (EDUPI) utilizará o espaço virtual como maneira de alcançar um público que necessita da Universidade Estadual do Piauí e que, por vezes, enfrenta dificuldades geográficas para chegar em localidades e públicos mais diversos.

“Nos precisamos chegar nas localidades mais afastadas do nosso Estado, nós precisamos chegar nas comunidades tradicionais que temos. Queremos fazer isso. Se a chegada presencial fica difícil, a tecnologia facilitará. O principal impacto é exatamente diminuir uma coisa que chamamos de iniquidade, que é apesar de termos tecnologias e estruturas para isso, mesmo assim não conseguimos chegar em muitas pessoas que necessitam da academia e da nossa universidade, um impacto extremamente positivo que é trabalhar com essas ferramentas de tecnologia e informação, isso faz quebrar barreiras geográficas e a gente pode alcançar pessoas que, em um passado,  jamais pensaríamos nisso”, finaliza.

Os frutos chegarão por meio de um aplicativo que começa a ser desenhado pelo grupo da EDUPI e que já tem como base alcançar um público jovem, tornando a língua inglesa algo mais dinâmico e intuitivo, onde essas características são a chave para o grupo. “São características que atraem a juventude, então é desenvolver um aplicativo que carregue isso, que é um desafio, mas, é um recorte inerente a essa nova dinâmica, que necessita ser um espaço sedutor onde atraia a juventude, através do uso da gamificação, linguagem acessível e criação de uma plataforma totalmente intuitiva”, finaliza o pesquisador.

PROP: Resultado preliminar do edital para a seleção do CIPIT

A Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PROP) divulga o Resultado preliminar do edital PROP 010/2024 – Chamada pública para a seleção de pesquisadores internos da Universidade Estadual do Piauí – UESPI, para o
preenchimento das vagas remanescentes destinadas à composição do Comitê
Institucional de Bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica.

Resultado-Parcial-CIPIT-_Edital_Remanescente10_2024

PROP: resultado preliminar do edital de Produtividade

A Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PROP) divulga o Resultado Preliminar da Análise da Produção, Técnica e Artística do edital PROP 008/2024 – Chamada pública para processo de Seleção de Projetos de Pesquisas para a concessão de quotas para bolsas de Produtividade em Pesquisa (PQ), de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico (DT) da UESPI –2024/2025.

Resultado_produção_cientifica_Ed_B_P

PROP: resultado preliminar da seleção de bolsas de Produtividade

Resultado Preliminar da Análise da documentação do edital PROP 008/2024 –
Chamada pública para processo de Seleção de Projetos de Pesquisas para a concessão de quotas para bolsas de Produtividade em Pesquisa (PQ), de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico (DT) da UESPI –2024/2025.

HOMOLOGACAO_INSCRICOES_EDITAL_008_2024_VF

PROP divulga arquivos do Edital Produtividade e Pesquisa

A Universidade Estadual do Piauí – UESPI, através da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação – PROP, com o objetivo de facilitar o processo de inscrição e participação no Edital PROP/UESPI Nº 003/2024, referentes ao Programa de Bolsas de Produtividade em Pesquisa (PPQ) da UESPI, divulga que os arquivos editáveis dos anexos II e III estão agora disponíveis para acesso e download.

Para obter os arquivos editáveis dos anexos II e III, clique no link a seguir.
Em caso de dúvidas ou necessidade de mais informações, entrar em contato com a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.

EDITAL_PRODUTIVIDADE_FICHA DE INSCRIÇÃO_ANEXO II

Cópia de planilha_Edital_PQ-DT(1)

PROP lança edital para bolsa produtividade em pesquisa da UESPI

A Universidade Estadual do Piauí – UESPI, por intermédio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação – PROP, em conformidade com a Resolução CEPEX Nº 035 de 27 de novembro de 2020 e o Termo de Cooperação Técnica entre FAPEPI e FUESPI, de 29 de setembro de 2023, cuja finalidade foi de estabelecer e regular o apoio financeiro aos pesquisadores da instituição por meio de bolsa de produtividade e financiamento de projeto de pesquisa, torna público o presente Edital relativo ao Processo de Seleção de Projetos de Pesquisas para a concessão de quotas para bolsas de produtividade em pesquisa (PQ), de produtividade em desenvolvimento tecnológico (DT) da UESPI –2024/2025.

Edital PQ-DT Sei.pdf

 

 

PROP divulga o resultado preliminar da seleção de pesquisadores para o CIPIT

A Pró-reitoria de Pesquisa é Pós-graduação (PROP) divulga resultado preliminar do edital PROP 003/2024 – Chamadas pública para seleção de pesquisadores externos e internos da Universidade Estadual Do Piauí – UESPI para composição do Comitê Institucional De Bolsas De Iniciação Científica E Tecnológica -CIPIT.

Resultado Parcial CIPIT 2024

UESPI e FAPEPI alinham estratégias para a I Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí

Por João Fernandes

Nesta quarta-feira (21), uma reunião entre a comissão organizadora I Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí e a Universidade Estadual do Piauí (UESPI), foram debatidos as próximas etapas até a realização da conferência territorial, prevista para acontecer em março deste ano.
A UESPI em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) e de outras instituições de ensino do Estado estão à frente da organização do evento. 

Para realização da I Conferência Estadual, em 26 de março,  serão necessárias uma série de reuniões e conferências preparatórias que irão acontecer nas cidades sedes, que são  Floriano, Picos, Bom Jesus, Parnaíba e Teresina. Estas conferências territoriais têm como propósito envolver as comunidades locais, ouvir suas demandas e contribuir para a construção de propostas que serão discutidas e deliberadas durante a Conferência Estadual. A UESPI estará presente em todos os eventos e terá o campus de Picos como sede do evento no dia 13 de março.

Cada instituição de ensino será responsável por coordenar ações em territórios específicos, garantindo uma representação abrangente e participativa. De acordo com João Batista Lopes, Coordenador Geral da Conferência do Piauí, essa etapa será importante para fomentar as transformações no cenário científico e tecnológico que estão sendo desenvolvidas em diferentes territórios do Estado.

“As conferências territoriais, a qual a UESPI e outras instituições fazem parte, tem como propósito envolver as comunidades, autoridades, especialistas e a comunidade acadêmica para a construção de propostas que serão discutidas e deliberadas na Conferência Estadual. Dentro desse contexto, esse encontros tendem a abranger os 12 territórios do Piauí, buscando nesses territórios as instituições e as entidades e os organismos que trabalham em ciência e tecnologia”, pontua.

A diversidade de perspectivas e experiências dos participantes promete enriquecer as discussões e contribuir para a elaboração de propostas concretas durante a Conferência Estadual.  Por isso, a distribuição de responsabilidades por territórios visa também garantir uma abordagem mais regionalizada e inclusiva, incorporando as peculiaridades de cada localidade.

Para o Pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Rauirys Alencar, a expectativa é congregar pesquisadores que se interessam pelo tema para que ajudem a pensar uma política nacional, mas que também fique como embrião para futuras ações a nível estadual.

“Essa ação é importante para desenvolver as propostas voltadas à ciência, tecnologia e inovação a serem apresentadas em âmbito nacional. Queremos apresentar propostas e alinhar com as demandas do Brasil e, especificamente, com as demandas do Estado do Piauí, o que pretende desenvolver em termos de ciência e de inovação para os próximos anos”, ressalta o pró-reitor.

O vice reitor da UESPI, prof. Dr. Jesus Abreu, presidiu o encontro na reitoria  e enfatizou o comprometimento da UESPI em promover a reflexão e o desenvolvimento científico do Estado. “A Conferência de Ciência é uma forma das Instituições de Ensino Superior do Piauí desenvolverem e incentivarem as pesquisas científicas, a inovação como caminhos a serem trilhados para o desenvolvimento do Estado do Piauí”, ressalta o pró- reitor.

 

PROEF: credenciamento de Docentes para atuar no Programa em 2024

A Coordenação do Programa de Mestrado Profissional em Educação Física em Rede Nacional (PROEF) e a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação – PROP da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), no uso de suas atribuições Institucionais, torna pública a disponibilidade de vagas para credenciamento de Docentes Permanentes e Colaborador(a) para atuar no Programa a partir de 2024.

Edital_PROEF

UESPI lança processo seletivos para Programas de Residência

Por João Fernandes

Nesta terça -feira (28), a Administração Superior da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), lançou três novos editais para seleção de residentes nas áreas de Residência Multiprofissional em saúde da família, Residência Multiprofissional em Atenção à Terapia Intensiva, além do novo edital para Residência Médica em 12 especialidades diferentes.

Este ano houve uma ampliação no número de vagas especializadas, no total, as vagas disponibilizadas saíram de 31 para 59 vagas. As inscrições serão feitas, exclusivamente, de forma online entre os dias 15 a 28 de dezembro, através do endereço eletrônico, nucepe.uespi.br/residencias_uespi2024.php.
Já as provas serão realizadas em janeiro de 2024, por isso,  é importante os candidatos estarem atentos às datas nos cronogramas de cada edital. 

Segundo o Prof. Dr. Rauyres Alencar, Pró-reitor da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PROP),  os novos editais para Residências Médicas e Multiprofissionais são uma grande oportunidade para os egressos que querem ampliar seus conhecimentos, se especializarem, ao tempo em que é uma prestação de serviço para a comunidade,  ampliando a assistência médica de saúde no estado de Piauí. 

“Este ano, conseguimos captar recursos para ampliar as residências multiprofissionais, com isso, a UESPI continua como uma referência no treinamento dos profissionais da área da saúde, especificamente, na área médica. Desta forma, estamos contribuindo com o estado do Piauí, dando assistência a saúde estadual e beneficiando as assistências da nossa população”, destaca o Pró-reitor.

O reitor da UESPI, Prof. Dr. Evandro Alberto, lembra que as áreas contempladas nos editais são essenciais para contribuir no aperfeiçoamento dos profissionais da áreas da saúde e ainda melhorar os serviços prestados à população.  “Além de capacitar nossos profissionais, as residências ampliam a assistência junto ao povo piauiense”, destaca o reitor.

Quanto aos editais

O edital Residência Multiprofissional em Atenção à Terapia Intensiva contempla 27 vagas distribuídas da seguinte forma: 09 vagas para fisioterapeuta, 09 vagas para enfermeiro e 09 para psicólogo.  

Durante este processo, o candidato deve ler o Edital, efetuar o cadastro, preencher o requerimento de inscrição e enviá-lo via internet. Em seguida, imprimir o boleto bancário referente à taxa de inscrição e efetuar sua quitação até o último dia.

O Edital para para residentes da IX Turma de Residência Multiprofissional em Saúde da Família contempla diferentes áreas, tais como: Assistente Social, Profissional de Educação Física, Enfermeiro, Fisioterapeuta, Cirurgião Dentista, Nutricionista e Psicólogo.

O curso terá duração de 24 meses, distribuídas em 60 horas semanais. Será concedido, a título de bolsa, o valor mensal bruto de R$ 4.106,09 (quatro mil, cento e seis reais e nove centavos) por um período de 24 (vinte e quatro) meses a contar da data de assinatura do contrato. 

A Residência Multiprofissional em Saúde da Família constitui modalidade de Ensino de Pós-Graduação Lato Sensu. A qualificação objetiva capacitar profissionais de diversas categorias para atuarem com os preceitos organizativos e funcionais do Sistema Único de Saúde – SUS, tendo como princípio básico a prática multiprofissional e interdisciplinar em Saúde da Família para que estes obtenham competências sociais, políticas, técnicas e humanas para aplicá-las na perspectiva da promoção da saúde.

Nos programas de residência médica estão: cirurgia geral, clínica médica, otorrinolaringologia, ginecologia e obstetrícia, medicina intensiva, cirurgia pediátrica, cirurgia vascular, coloproctologia, cirurgia do aparelho digestivo, ortopedia e traumatologia, nefrologia e urologia – 2023/2024

Os selecionados terão dedicação em tempo integral em caráter de dedicação exclusiva, com atividades teóricas e teórico–práticas (20%) e atividades práticas de formação em serviço-comunidade (80%). Confira os Editais.

 

Resultado final do seletivo para Mestrado Nacional em Física – MNPEF/2024

A Universidade Estadual do Piauí -UESPI, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação – PROP, comunica o RESULTADO FINAL da Primeira Etapa – Prova Escrita Nacional (Grupo 1) e da Prova de Análise de Currículos (Grupo 2) – do Processo Seletivo do MNPEF/2024 – MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA – MNPEF Polo 66 em Piripiri-PI.

MNPEF_Polo_66_Resultado_Final_PS2024_V2.docx_assinado

Confira depoimentos dos alunos pesquisadores nos eventos SPC, SIC E SIT em Parnaíba

  1. Por Clara Monte 

“Esse projeto busca encorajar os novos membros do curso, proporcionando-lhes uma rede de apoio que os motiva a persistir e não desistir da jornada acadêmica. No âmbito do projeto, os membros do grupo  dos petianos, assumem a responsabilidade de adotar um calouro por um período de três semestres. Durante esse período, eles oferecem auxílio nas atividades acadêmicas, além de orientações sobre o conteúdo do curso. Fico muito feliz pela oportunidade de poder compartilhar essa iniciativa para mais alunos e professores, além de ser uma chance de aprimorar meus conhecimentos”.

Esse foi o depoimento do discente Eudes dos Santos Pinheiro, do curso de Física sediado em Teresina. Ele compartilha seu envolvimento no projeto intitulado “Petiano, adote seu Calouro”. O objetivo dessa iniciativa é oferecer suporte, monitoramento e orientação aos novos calores que ingressam no curso de Física.

Eudes e muitos outros estudantes da UESPI e de outras universidades estão participando dos eventos organizados Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROP) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI): XXIII Simpósio de Produção Científica (SPC)XXII Seminário de Iniciação Científica (SIC) e o II Seminário de Inovação Tecnológica (SIT). Nesta terça-feira(17), acontece o segundo dia da ação.

Os eventos têm como objetivo divulgar os resultados das pesquisas e inovações desenvolvidas pelos docentes, discentes e técnicos da UESPI vinculados ao Programa de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) e Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI), além de projetos que envolvam demais pesquisadores, estudantes de pós-graduações e até mesmo pesquisas de outras instituições.

 

Eudes dos Santos Pinheiro, aluno de Física do campus de Teresina.

Francisco Hiago, estudante de Física, também de Teresina, compartilha sua paixão pelos conceitos complexos de  seu curso. Seu projeto se concentra em levar uma abordagem simplificada às escolas públicas integrada à residência pedagógica. A principal meta é tornar os conteúdos de física mais acessíveis, utilizando experimentos para demonstrar de maneira envolvente como a física pode ser divertida e aprendida de maneira lúdica e criativa.

“É a minha primeira vez na UESPI de Parnaíba e estou contente com a estrutura. Meu projeto visa tornar a educação mais acessível, proporcionando uma abordagem mais cativante para a física. Meu objetivo é fazer com que as crianças vejam a física como algo interessante, menos intimidante e tedioso. Embora os cálculos sejam inevitáveis, buscamos apresentar uma maneira mais criativa e envolvente de educar. Durante este momento de troca de conhecimento, percebo uma dinâmica em que aprendo com meus colegas, ao mesmo tempo em que compartilho meu aprendizado com eles”.

Francisco Hiago, estudante de Física do campus de Teresina.

André Luís de Nunes, estudante do curso de Licenciatura em Química, em Teresina, explica que seu trabalho é sobre Propriedades fotoeletroquímicas de filmes de CuWO4 dopados com Lítio ou Magnésio, pesquisa essa que tem como  intuito gerar uma fonte de energia limpa e renovável. Para ele, a oportunidade de apresentar seu trabalho em um simpósio é uma experiência incrível. Ele destaca o valor dessa ocasião, onde pode compartilhar sua pesquisa com um grande número de pessoas, ampliando a divulgação dos resultados de seu estudo.

“É gratificante estar aqui usufruindo desta excelente estrutura que nos permite apresentar nossas pesquisas. Sinto que este momento é altamente qualificador, proporcionando-me a oportunidade de me expressar e demonstrar todo o desenvolvimento da minha pesquisa, desde a concepção até os resultados alcançados”.

André Luís de Nunes, estudante do curso de Licenciatura em Química, campus de Teresina.

Jessica Rodrigues, estudante de Agronomia do Campus de Parnaíba, compartilha sua pesquisa centrada nos desafios enfrentados no manejo psícola durante a pandemia da Covid-19 na cidade de Parnaíba-PI. Ela ressalta a relevância de seu trabalho, especialmente no contexto da visibilidade econômica da tilápia e do tambaqui, dada a localização litorânea da cidade e a grande demanda no mercado.

“Meu trabalho teve como foco a análise da dinâmica do mercado durante os anos da pandemia, examinando seu funcionamento e os principais desafios enfrentados nessa área. Sinto uma grande gratidão por participar desse momento, pois ele integra os diversos cursos e proporciona valiosas oportunidades para nós, alunos. Além disso, contribui significativamente para nossa bagagem de conhecimento e enriquece nosso currículo”.

Jessica Rodrigues, estudante de Agronomia do Campus de Parnaíba.

Ana Clara Lira, estudante do curso de Odontologia no campus de Parnaíba, compartilha seu projeto que consiste na avaliação do nível de conhecimento dos cirurgiões-dentistas sobre a violência contra a mulher. Ela destaca a crescente incidência de lesões na região bucal e no pescoço, tornando os dentistas profissionais fundamentais na identificação e tratamento das vítimas desse tipo de violência.
“Dada a gravidade das lesões e o aumento de casos observados, torna-se fundamental avaliar o conhecimento dos profissionais sobre esse tema. Além disso, é crucial ter esse espaço para apresentar nossos resultados e destacar essa questão de outra perspectiva. As palestras ministradas aqui também são de grande importância, pois impulsiona novas curiosidades e ajuda na integração entre cursos e temas, proporcionando trocas de experiências”.

Ana Clara Lira, estudante do curso de Odontologia no campus de Parnaíba.