Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

Abertas as inscrições para a 1° Turma do Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física em Piripiri-PI

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI), por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROP), comunica a abertura de Processo Seletivo do MNPEF/2023 para o preenchimento de 09 (nove) vagas para ingresso na 1a Turma do Curso de MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA – MNPEF, Polo 66 em Piripiri-PI, com inscrições no período de 05/09/2022 a 30/09/2022.

O MNPEF é um programa nacional de pós-graduação de caráter profissional, voltado para professores de Ensino Médio e Fundamental com ênfase principal na Área de Física. É uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Física (SBF) com o objetivo de coordenar diferentes capacidades apresentadas por diversas Instituições de Ensino Superior (IES) distribuídas em todas as regiões do País. Tem o objetivo de capacitar em nível de mestrado professores da Educação Básica quanto ao domínio de conteúdos de Física e de técnicas atuais de Ensino para aplicação em sala de aula como, por exemplo, estratégias que utilizam recursos de mídia eletrônica, tecnológicos e/ou computacionais para motivação, informação, experimentação e demonstrações de diferentes fenômenos relativos à Física.

A UESPI em 2022 submeteu proposta à Quarta Chamada de Credenciamento de novos Polos do Programa Nacional de Mestrado Profissional em Ensino de Física (MNPEF). Para esta chamada houve o credenciamento de quatro novos Polos, a saber: Polo 64: UFAM_Itacoatiara (ICET)/Coari (ISB) – Universidade Federal do Amazonas; Polo 65: IFPI – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí – Picos; Polo 66: UESPI – Universidade Estadual do Piauí – Piripiri; Polo 67: UNIFAP- Universidade Federal do Amapá. O Estado do Piauí agora dispõe de três Polos do MNPEF: UFPI (Teresina), UESPI (Piripiri) e IFPI(Picos).

O Polo 66 MNPEF-UESPI (Piripiri-PI), localizado no Campus Prof. Antonio Geovanne de Sousa, em Piripiri-PI, foi uma construção histórica da Física da UESPI. Inicialmente o corpo docente do programa é composto por 19 professores das áreas de Física, Filosofia, Pedagogia, Química, Computação, Letras Português e Letras Inglês, dos campi de Teresina, Piripiri e Parnaíba; e ainda colaboradores externos da UEMA-Caxias-MA e UFC-Sobral-CE.

O coordenador do Polo 66 MNPEF-UESPI, Prof. Dr. Agmael Mendonça Silva, pontua que “Este Mestrado virá a abrir um leque de colaboração regional com as Escolas do Ensino Básico, com as I.E.S, órgãos da administração pública, professores e especialistas, e a comunidade em geral, contribuindo com a qualificação profissional no Ensino de Física e integração com outras áreas do conhecimento. A médio e/ou longo prazo teremos produções científicas que naturalmente irão impulsionar o surgimento de novos programas de Mestrado e/ou Doutorado para a região”, conclui.

Profbio e Profhistória são avaliados com nota 5 pela CAPES

Por Anny Santos

O Mestrado Profissional em Ensino de Biologia (Profbio) e o Mestrado Profissional em Ensino de História (Profhistória), da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), foram aprovados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), obtendo nota 5 atribuída a programas de mestrado.

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROP), é responsável por tratar dos cursos de pós-graduação da UESPI, como os de especialização e mestrado. Além disso, também cuida dos assuntos referentes à pesquisa na instituição, coordenando grupos e projetos, e gerenciando editais como o do PIBIC.

Segundo o Coordenador da PROP, Prof. Dr. Rauirys Alencar, além do PPGL houve esse avanço na melhora da avaliação dos programas de mestrado profissional em Biologia e em História (ambos obtendo nota 5). “Destaco que é um avanço para a Pós-graduação da UESPI, bem como para a pesquisa, inovação e transferência de tecnologia, uma vez que esses programas têm dentro de seus objetivos o desenvolvimento de produtos. É o reconhecimento da qualidade do empenho e dedicação de todos que fazem esses programas de mestrado”.

De acordo com a professora Franciele Martins, Coordenadora do Profbio UESPI, essa foi a primeira avaliação quadrienal e logo de início conseguimos atingir o conceito máximo atribuído pela CAPES para os cursos de Pós-graduação que oferecem Mestrado e isso mostra que o curso avança no caminho certo.

É importante ressaltar que o resultado só foi possível graças ao envolvimento de todos que fazem parte da rede: coordenadores, secretários, mestres, mestrandos e docentes do PROFBIO e o empenho contínuo no desenvolvimento da qualificação profissional, produção intelectual e consequente revitalização do ensino de Biologia na escola pública”, finaliza.

Já para o Coordenador do Profhistória, o professor Danilo Bezerra, o fato denota a envergadura do núcleo bem como uma demanda reprimida, ao observar a relação candidato/vaga, das maiores do Brasil, do exame de seleção, de docentes que não tinham possibilidade de se deslocar até as capitais para dar continuidade em sua formação.

“Nós recebemos com grande contentamento a notícia de que nosso programa atingiu a nota 5. Essa nota revela um ótimo desempenho de docentes e discentes cujas pesquisas, no Ensino de História, têm ganhado volume e qualidade nos últimos anos. O programa tem se revelado um ativo substantivo para a pesquisa no Brasil. Professores e professoras que atuam na rede básica de ensino, e que desejam ampliar seus horizontes de conhecimento; fortalecer sua formação crítica; atualizar suas práticas de ensino em sala de aula; têm encontrado no PROFHISTÓRIA um caminho frutífero”.

O Mestrado Profissional em Matemática também desempenha um importante papel em nossa instituição. De acordo com o Coordenador do Profmat, o professor Arnaldo Silva, a UESPI oferta nove (9) cursos de mestrado, estando o Profmat compondo esse quadro desde 2016, fortalecendo a formação de mestres em nossa universidade. Segundo ele, o curso já titulou 41 alunos que atualmente atuam na Educação Básica, em Institutos Federais ou estão como doutores e doutorandos.

“A contribuição que a UESPI traz com o curso é fundamental para melhorar a qualidade educacional do nosso Estado. E esse é o principal objetivo do curso, qualificar o docente da Educação Básica, em especial da Rede Pública, para que ele possa retribuir para a sociedade esse conhecimento adquirindo, fortalecendo o ensino no Piauí”, destaca.

Sobre os programas

Profbio: O Mestrado Profissional em Ensino de Biologia em Rede Nacional é um curso de pós-graduação stricto sensu que tem como objetivo a qualificação profissional de professores das redes públicas de ensino em efetivo exercício da docência de Biologia.

Profhistória: O Mestrado Profissional em Ensino de História em Rede Nacional é um programa de pós-graduação stricto sensu reconhecido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e tem como objetivo proporcionar formação continuada aos docentes de História da Educação Básica, com o objetivo de dar qualificação certificada para o exercício da profissão.

Profmat: O Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional é um programa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), que oferece bolsas de estudo para mestrado a professores de matemática das redes públicas.

PROP: EDITAL de seleção para o Programa de Pós Graduação em Letras

O Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual do Piauí lançou hoje o edital de seleção de candidatos para formação da décima terceira turma do curso de Mestrado em Letras da Universidade Estadual do Piauí (UESPI). Ao todo estão sendo disponibilizadas 43 vagas para ingresso no primeiro período letivo de 2023.
O período de inscrições é de 01 a 28/09/2022, no site do Núcleo de Concursos e Formação de Eventos (NUCEPE/UESPI). No site do Nucepe você também acompanha todas as cinco etapas do processo seletivo: inscrição, análise documental, análise do pré-projeto de pesquisa, arguição e prova de títulos.
Confira as linhas de pesquisa:
1) Literatura e outros Sistemas Semióticos: estudos teóricos e críticos de produções literárias e culturais, suas relações com outros sistemas estéticos, midiáticos e culturais;
2) Literatura, Historiografia e Memória Cultural: estudo da produção e recepção literária, ficção e história, das relações de gênero e de etnia, com ênfase no contexto regional;
3) Estudos da Linguagem: descrição e ensino: estudos teóricos e empíricos de fenômenos da linguagem a partir de toda a sua complexidade como fenômeno de natureza sociocultural e histórica e sob diversas perspectivas teórico-metodológicas e diferentes aspectos (fonético-fonológico, morfológicos, sintáticos, semânticos, lexicais, pragmáticos e discursivos), além de suas relações com o ensino de línguas.
Confira o edital completo.

 

SEI_GOV-PI – 5255037 – Edital

PÓS-GRADUAÇÃO: Inscrições para o Mestrado em Sociedade e Cultura

A Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação – PROP e a Coordenação do Programa de Pós-
Graduação Interdisciplinar em Sociedade e Cultura – PPGSC, Área Sociais e Humanidades, da Universidade Estadual do Piauí – UESPI, no uso de suas atribuições, tornam pública a abertura do processo de inscrições para a seleção de candidatos para a segunda turma do Curso de Mestrado Interdisciplinar em Sociedade e Cultura (Resolução CEPEX 057/2019), a iniciar-se no primeiro período letivo de 2023.1, para o preenchimento de 20 (vinte) vagas, sendo até 06 (seis) vagas destinadas a cotas: estudantes autodeclarados negros/as, indígenas e quilombolas; até 02 (duas) vagas para pessoas com deficiência; e até 02 (duas) vagas para servidores efetivos da Universidade Estadual do Piauí, conforme Resolução CEPEX no 020/2016.

Edital_PPGSC_007_2022

PROFHISTÓRIA: Convocação de candidato

A Coordenação Acadêmica Local do Mestrado Profissional em Ensino de História (PROFHISTÓRIA) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), conforme prevê o item 11.1 do Edital do PROFHISTÓRIA – Exame Nacional de Acesso 2022, tendo em vista o desligamento a pedido de discente do curso, torna pública a CONVOCAÇÃO do vigésimo colocado da Listagem de Classificação da UESPI no referido certame, conforme abaixo:

LUIZ FELIPE FREITAS NASCIMENTO – Inscrição 21028004710-1

O referido convocado deverá formalizar seu interesse em assumir a mencionada vaga até o dia 16 de agosto de 2022, encaminhando um e-mail à Coordenação do PROFHISTÓRIA- UESPI: profistoria@phb.uespi.br

Mediante esta formalização de interesse pela vaga ociosa, serão informadas ao convocado a data de realização da matrícula e a relação de documentos obrigatórios para sua realização.

Caso o convocado não se manifeste dentro do prazo es pulado, a próxima pessoa classificada no certame será convocada”.

 

PROFMAT divulga convocação de candidatos classificados no ENA 2022

A Coordenação Institucional do Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional – PROFMAT da Universidade Estadual do Piauí – UESPI torna público a convocação dos seguintes candidatos classificados no Exame Nacional de Acesso do PROFMAT/UESPI 2022, conforme EDITAL 12 – ENA – PROFMAT e conforme chamada de Reclassificação para ingresso nas vagas remanescentes do Profmat turma 2022, publicado em 24 de janeiro de 2022 no site do PROFMAT.

Confira:

PROFMAT- convocação

O candidato listado deve enviar a documentação para o e-mail Institucional da Coordenação (profmat@uespi.br), digitalizada, em formato PDF, até o dia 03/02/2022, para solicitação de matrícula neste Programa.

Documentos necessários para a solicitação de matrícula institucional no PROFMAT/UESPI:I. Diploma e histórico de curso graduação devidamente registrado no Ministério da Educação;
II. Declaração do Diretor da escola, com data anterior máxima de 30 dias, que o candidato se encontra atuando na docência de Matemática na Educação Básico;
III. Carteira de Identidade;
IV. Cadastro de Pessoas Físicas – CPF;
V. Título de Eleitor;
VI. Prova de estar em dia com as obrigações eleitorais: Certidão de Quitação Eleitoral, fornecida pelos órgãos da Justiça Eleitoral ou obtida pela página www.tse.gov.br, ou comprovantes de votação em todos os turnos da última eleição;
VII. Prova de estar em dia com as obrigações relativas ao serviço militar, para os candidatos do sexo masculino;
VII. Currículo da Plataforma de Educação Básica.
Todos os documentos originais deverão ser apresentados posteriormente na Coordenação para conferência.

 

UESPI inicia aulas da primeira turma do Mestrado Interdisciplinar em Sociedade e Cultura

Por Priscila Fernandes

O programa de Pós-graduação em Interdisciplinar em Sociedade e Cultura (PPGSC) realizou uma aula inaugural hoje (2) para receber a turma de 2022.1. O encontro aconteceu no palácio Pirajá, no campus Poeta Torquato Neto.

Abertura do encontro contou com a presença da Administração Superior

 

Essa é a primeira turma do programa. A seleção dos alunos contou com mais de 500 inscritos, sendo desses, 20 selecionados. A coordenadora do PPGSC, Cristiana Rocha, afirma que as expectativas para o início das aulas são as melhores.

“Daremos prosseguimento às nossas aulas de forma remota. Essa turma é muito diversificada, temos alunos dos cursos de Direito, Letras/Português, História, Geografia, dentre outros. Aqui teremos uma troca muito importante entre pesquisadores. Nesse primeiro momento, estamos organizando os grupos de pesquisa, as áreas e na execução de muito trabalho. A expectativa é que o programa se consolide e fomente a pesquisa interdisciplinar no estado do Piauí e no Brasil”, aponta.

A Giana Duarte Ferreira é egressa do curso de História da UESPI, campus Poeta Torquato Neto, e anima-se em estar de volta. Para ela, é mais uma forma de contribuir com a extensão e a pesquisa dentro e fora da universidade. “Dentro da minha graduação tive muitas oportunidades. Participei do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica , o PIBIC, e sempre tive essa relação próxima com a pesquisa. O momento é de muita felicidade e a consolidação de um sonho que cultivei lá na graduação! Hoje retorno para a universidade para uma pós-graduação”, ressalta.

Professores e alunos tiveram a oportunidade de acompanhar a palestra do professor Euripedes Funes

 

Para contribuir com suas experiências na Universidade Federal do Ceará (UFC), o professor Eurípedes Funes fez uma palestra na aula. A sua apresentação teve como tema “Interdisciplinaridade, História Oral e Ética”.

“Estive acompanhando os processos de elaboração do plano da pós-graduação. Hoje, estar na aula inaugural é muito gratificante. Desejo que esse programa seja amplo e fomente a área de pesquisa Interdisciplinar, que é muito importante, porque hoje um pesquisador caminha por todas as áreas ao mesmo tempo que concilia com a sua”, conta.

Além da palestra, os alunos contaram com a apresentação cultural do artista Wagner Ribeiro.

Em sua apresentação com música e poesia, o artista falou sobre o sertão do Piauí