UESPI

Brasao_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Governo-do-Piauí-2023_300X129

Bolsas de Estudo COIL do Governo do México para Estrangeiros 2024

Bolsas de Estudo COIL do Governo do México para Estrangeiros 2024

A Coordenação de Relações Internacionais da UESPI informa que estão abertas as inscrições para o programa de Bolsas de Estudo COIL (Colaboração Internacional Online) do Governo do México. Este programa oferece uma excelente oportunidade para estudantes e acadêmicos estrangeiros interessados em estadias de curta duração no México. O objetivo é promover a formação em competências interculturais e digitais, além de garantir acesso igualitário a uma educação de qualidade.

Objetivos do Programa

O programa visa:

  • Contribuir para a construção de pontes de diálogo permanentes e de longo prazo.
  • Enriquecer a academia mexicana através da presença de estudantes e acadêmicos estrangeiros.
  • Promover a internacionalização do currículo e o desenvolvimento de competências interculturais.

Quem Pode Participar

As bolsas de estudo são destinadas a:

  • Acadêmicos e estudantes com experiência em Projetos COIL fora do México.
  • Aqueles que realizaram ou estão realizando um Projeto COIL com uma Instituição de Ensino Superior no México.

Modalidade e Benefícios da Bolsa

  • Modalidade: Presencial, para estadias de 14 a 30 dias.
  • Benefícios:
    • Bolsa para despesas de subsistência, correspondendo a quatro vezes o valor mensal da Unidade de Medida e Atualização (UMA), cerca de R$ 3.960,00.
    • Isenção do custo de emissão do visto mexicano.
    • Transporte aéreo internacional no início e conclusão das atividades.
    • Cobertura de transporte terrestre ou aéreo dentro do México, dependendo da localização da instituição de ensino.

Calendário

  • Publicação da Chamada: 20 de junho de 2024
  • Registro de Candidaturas: 21 de junho a 30 de agosto de 2024
  • Revisão e Avaliação: 1 a 12 de setembro de 2024
  • Notificação dos Resultados: 13 a 20 de setembro de 2024
  • Início das Atividades: 1 de outubro a 1 de dezembro de 2024

Inscrições

As inscrições devem ser realizadas no Sistema de Gestão de Cooperação Acadêmica (SIGCA) até 30 de agosto de 2024. O portal SIGCA estará disponível para receber as aplicações entre 21 de junho e 30 de agosto de 2024.

Critérios de Seleção

Os candidatos serão selecionados com base nos seguintes critérios:

  • Entrega de todos os documentos solicitados.
  • Histórico de excelência acadêmica.
  • Experiência em projetos COIL.
  • Preferência para candidatos que nunca receberam bolsa AMEXCID.

Documentos Necessários

Os candidatos devem apresentar:

  • Cópia do passaporte.
  • Carta declaratória e histórico do grupo.
  • Carta de aceitação de uma Instituição de Ensino Superior no México.
  • Projeto COIL e carta de compromisso.
  • Certificado de seguro internacional ou declaração de responsabilidade pela saúde.

Considerações Finais

A decisão sobre a concessão da bolsa será comunicada por e-mail aos candidatos selecionados. Qualquer despesa não prevista na chamada não será coberta pela AMEXCID.

Para mais informações e inscrições, visite o SIGCA e o site da AMEXCID.

Inscrições para o exame DELE novembro de 2024

A Universidade Estadual do Piauí – UESPI, por meio da Coordenação de Relações Internacionais – CRI/UESPI, em parceria com o Centro de Ciências Humanas e Letras – CCHL, realiza as inscrições para o Exame de Proficiência Internacional: Diplomas de Español como Lengua Extranjera – DELE, para a Convocatória do mês de NOVEMBRO de 2024, que estão abertas para o segundo semestre de 2024 e serão realizadas até as 13h00 do dia 09 de outubro de 2024. A aplicação do Exame na UESPI Campus “Torquato Neto”, Pirajá – Teresina-PI, será no Sábado, 23 de novembro de 2024 (geral).

Os Diplomas espanhóis – DELE são qualificações oficiais que atestam o grau de competência e domínio da língua espanhola, concedidos pelo Instituto Cervantes em nome do Ministério da Educação, Cultura e Esportes da Espanha. O exame pode ser utilizado para admissão em cursos de pós-graduação no Brasil e no exterior, assim como para promoções trabalhistas nacionais e internacionais.

O procedimento das inscrições será realizado online, em duas etapas:

1º Etapa: O candidato enviará um e-mail para a Coordenação de Relações Internacionais (cri@uespi.br), com o assunto: Inscrição DELE NOVEMBRO de 2024, contendo os seguintes arquivos em anexo:

Caso tenha feito algum exame DELE antes, ou mesmo um cadastro na plataforma do Instituto Cervantes, por favor, informar nesta etapa o número de CLIENTE DELE.

Obs: Enviar documentos escaneados e legíveis em um único PDF.

2º Etapa: A Coordenação de Relações Internacionais – CRI/UESPI enviará um e-mail constando o procedimento para a efetivação da inscrição.

Os exames são dos níveis: inicial ao superior (Geral: A1, A2, B1, B2, C1, C2).

Mais informações nos links oficiais do Instituto Cervantes:

  1. https://recife.cervantes.es/br/diplomas_espanhol/precos_diplomas_espanhol.htm
  2. Exámenes – Instituto Cervantes | https://examenes.cervantes.es/es/dele/examenes/a1

Data do exame: O Exame será realizado no dia 23 de novembro (sábado), e o teste oral será agendado, podendo ocorrer na quinta (21) ou sexta (22), a depender do número de inscritos. Os candidatos deverão estar atentos a este ponto ao fazerem suas inscrições para a logística.

Para contato, poderão enviar um e-mail para a Coordenação de Relações Internacionais – CRI (cri@uespi.br), com o assunto: Dúvidas sobre o Exame DELE Novembro de 2024.

Aluna de Direito passa para intercâmbio na Flórida

Por Clara Monte 

Bruna Galiza, aluna do curso de Direito da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), campus Clóvis Moura, fará um mês de intercâmbio na Flórida Atlantic University.

De acordo com a aluna, a vontade de realizar um curso no exterior surgiu após o início do curso de Direito na UESPI. Para ela, essa é uma oportunidade de ter aulas de inglês em nível avançado e obter um certificado de proficiência no idioma, enriquecendo o seu currículo.

“Quando entrei na UESPI, fiquei encantada pelo curso, principalmente pelas disciplinas de Direito Público, por isso, comecei a pensar na possibilidade de realizar um curso no exterior que pudesse contribuir para o meu crescimento acadêmico. Acredito que um programa de intercâmbio também promove a autonomia e a troca de culturas. Vejo que, a cada dia mais, os empregadores procuram candidatos que agreguem à empresa não apenas conhecimentos técnicos, mas também habilidades pessoais.

Aluna de Direito, Bruna Galiza

Ainda de acordo com Bruna Galiza, ela encontrou um curso de seu interesse na IBS – International Business School, chamado Cenário Político Internacional e Decisões Empresariais. Ela enviou seu IRA da UESPI, que na época era 9.1, e conseguiu 60% de bolsa por ser aluna da Universidade Estadual do Piauí.

“Sou apaixonada pelo meu curso e sempre tive cuidado, dedicação e interesse em manter meu IRA alto justamente por saber que isso facilitaria o ingresso em programas acadêmicos, projetos de extensão e afins”.

O Diretor da Coordenação de Relações Internacionais (CRI), Orlando Berti, fala sobre a importância de manter um alto índice de rendimento acadêmico, principalmente para oportunidades de intercâmbio tanto na América do Norte quanto na Europa, onde eles consideram os coeficientes e as cartas de recomendação os mais relevantes.

“Ter um bom rendimento dentro da universidade é uma das portas de entrada. Inclusive, vários intercâmbios só aceitam alunos com alto índice de rendimento, o que eles chamam de alunos de destaque, justamente por conta da participação desses alunos em projetos de pesquisa e boas notas. E se você, aluno, está interessado nesse tipo de oportunidade, qualquer dúvida é só ir ao nosso setor ou enviar um e-mail para cri@uespi.br, que estamos à disposição para tirar as dúvidas do alunato.”

                                                                 INTERCÂMBIO UESPI 

De acordo com a Coordenação de Relações Internacionais (CRI), mais de 1000 alunos já participaram de intercâmbios ao longo da história da instituição. A UESPI possui acordos vigentes com diversas universidades, entre as quais estão:

Universidade Autónoma de Guerrero (UAGro) – México
Universidade de Bolonha (UNIBO) – Itália
Academia de Belas Artes de Firenze – Itália
Universidade de Lisboa (ULISBOA) – Portugal
Universidade Estadual de Nova York (SUNY – Campus Oswego) – Estados Unidos
Universidade do Porto (UPORTO) – Portugal
Universidade Mayor, Real y Pontifícia de San Francisco Xavier de Chuquisaca (USFX) – Bolívia
Instituto Politécnico de Bragança (IPB) – Portugal
Parceiras

Por meio de parcerias interinstitucionais, a UESPI oferece diversas oportunidades de intercâmbio e exames para avaliar o nível de conhecimento e habilidade na língua estrangeira.

CRI UESPI: divulgação de oportunidade de doutorado pleno nos EUA

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) lança edital de oferta de bolsas para doutorado nos Estados Unidos da América. O Edital selecionará até 10 bolsistas, exclusivamente, na modalidade Doutorado Pleno, no âmbito do Programa CAPES-Fulbright de Doutorado Pleno nos Estados Unidos da América para fomentar a qualificação técnica e especializada nas áreas do conhecimento (Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas, Linguística, Letras e Artes – 4 vagas / Engenharia, Ciências Exatas e da Terra – 6 vagas) por meio da concessão de bolsas no exterior, nos termos dos Aditivos XXIV do Acordo de Cooperação assinados entre Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e Comissão Fulbright.

Principais Informações para os interessados: Dossiê Informações – DOUTORADO PLENO FULBRIGHT CAPES (1)

Link Oficial: Doutorado pleno nos EUA Fulbright Brasil & Capes

CRI divulga processo seletivo para intercâmbio em universidade espanhola

Por Vitor Gaspar

A Coordenação de Relações Internacionais (CRI) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), divulga a abertura de inscrições até 17 de março para intercâmbio na Universidad de La Rioja, na Espanha. Ao todo, 06 vagas destinadas a estudantes brasileiros estão disponíveis em um curso trimestral que visa favorecer o aprendizado do idioma espanhol.

Universidad de La Rioja, Espanha.

As bolsas incluem um valor de 1.000 € (mil euros) para cobrir os gastos com a passagem aérea e os custos de manutenção durante a participação no curso, que serão recebidos na Espanha. Os candidatos selecionados deverão abrir uma conta corrente no escritório do Banco Santander, patrocinador do programa, na Universidade de La Rioja para receber a quantia. Além disso, a proposta garante o custeio total das taxas acadêmicas dos cursos, assim como o alojamento, manutenção e o seguro saúde.

Adriana Reis, que faz parte do Staff da Coordenação de Relações Internacionais da UESPI, afirma que essa é uma oportunidade cultural única de viver em outro país, aproveitando o aprendizado, adquirindo conhecimento e aprimorando habilidades em uma língua estrangeira.

“Além disso, estamos totalmente à disposição de toda a comunidade acadêmica. Possuímos um e-mail institucional, que é o cri.@uespi.br. Também estamos disponíveis de segunda a sexta-feira no prédio da Administração Superior, na UESPI do Pirajá. Todos são bem-vindos à coordenação das 7h30 às 13h30. Estamos prontos para receber e esclarecer qualquer dúvida sobre o programa”.

Para participar, o candidato precisa ter nacionalidade brasileira, ser estudante (bacharel, licenciatura, pós-graduação, especiação, mestrado, doutorado o pós-doutorado) matriculado no momento do registro no Edital de Bolsas.

O registro de candidaturas será apenas realizado online. Os candidatos que desejem participar do edital deverão registrar os seus dados nos dois formulários de solicitação:

  1. https://fundacion.unirioja.es/espanol_subsecciones/view/72
  2. https://app.santanderopenacademy.com/es/program/edital-de-bolsas-universidad-de-la-rioja

Obs: Após efetivar a sua inscrição nos dois formulários acima, o candidato deve preencher e enviar o formulário de Controle para a CRI/UESPI, com a cópia do histórico, e os dois comprovantes de candidatura pelo e-mail: cri@uespi.br

FORMULÁRIO DE CONTROLE BOLSAS LA RIOJA 2024

INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O PROGRAMA:

INFO GERAIS LA RIOJA 2024

Coordenação de Relações Internacionais da UESPI divulga oportunidade de estágio nos Estados Unidos

Por Vitor Gaspar

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI), através da Coordenação de Relações Internacionais (CRI), divulga uma oportunidade de estágio no programa Estudo do Instituto dos Estados Unidos para Líderes Estudantis sobre Mudanças Climáticas e Meio Ambiente em Nevada, nos Estados Unidos. As inscrições já estão disponíveis e seguem até o dia 13 de novembro de 2023.

O programa, organizado pelo Centro Internacional do Norte de Nevada em Reno, vai acontecer entre 22 de junho e 25 de julho de 2024 e visa instigar estudos na Filial dos EUA, destinado a líderes estudantis de Bangladesh, Brasil, Indonésia, Jordânia e Nigéria interessados em temas que envolvam mudanças climáticas e meio ambiente.

University of Nevada, Estados Unidos.

O Coordenador de Relações Internacionais, Prof. Dr. Orlando Berti, ressalta que a UESPI realizará um processo seletivo para selecionar um aluno da instituição a fim de competir na próxima fase, que reunirá indicados de instituições de ensino superior no Nordeste. O docente ressalta que essa é mais uma ação de internacionalização da instituição.

“Isso é mais um reconhecimento dessa parceria que a gente vem tendo com o consulado americano e com certeza é a primeira nesse caso de interlocução de muitas que virão. Esse estágio proporciona uma oportunidade única de intercâmbio acadêmico e social, com a grande vantagem de ser totalmente custeado, possibilitando a participação de estudantes tanto na capital quanto no interior”, afirma.

Para a seleção interna dos estudantes da UESPI, o CRI informa quais são os requisitos para a validação da candidatura:

– Estar cursando no mínimo o 5º bloco e apresentar o comprovante de matrícula devidamente assinado pela coordenação do Curso;

– Apresentar Histórico com o IRA de 8,5;

– Apresentar o RG e CPF (Documento de Identidade para comprovar que nasceu entre 1 de janeiro de 1998 e 31 de outubro de 2005. Ter entre 18 a 25 anos);

– Carta de Recomendação por um professor do Curso;

– Apresentar um comprovante de Curso de Língua Inglesa nível intermediário;

– Carta de Motivação;

A tabela de pontuação contém critérios que irão classificar o candidato, avaliando a participação em projeto de pesquisa, participação em programa ou projeto de extensão, participação em grupo de pesquisa ou liga acadêmica por ano, participação de atividade de voluntariado comprovado, comprovante de proficiência internacional em língua inglesa, índice de rendimento acadêmico e a carta de intenções. O edital contém os pesos das avaliações que cada critério vai exigir:

EDITAL Nº 003 – SELEÇÃO INTERNA

O interessado deve enviar os documentos para o e-mail cri@uespi.br em formato de PDF, com o título: Seleção Interna SUSI – EUA 2024.

ETAPAS

Depois da recomendação do aluno da UESPI, um comitê interno de seleção do consulado norte-americano no Nordeste conduzirá entrevistas e análises documentais com os indicados. Esses participantes concorrerão com os postulantes dos outros postos diplomáticos dos EUA no Brasil. Ao término do processo, seis concorrentes brasileiros serão escolhidos para competir como finalistas.

De acordo com o edital é esperado que os participantes sejam altamente motivados, desde o primeiro até o terceiro ano de graduação de faculdades, universidades e outras instituições de ensino superior, que demonstrem liderança por meio de trabalho acadêmico, envolvimento comunitário e atividades extracurriculares. Seus campos de estudo serão variados e podem incluir: Ciências, Ciências Sociais, Humanidades, Educação, Negócios e outras áreas profissionais.

O Programa oferece financiamento abrangente para cobrir todas as despesas dos participantes, incluindo administração, viagens internacionais, transporte, subsídios diversos e acomodação. Proficiência em inglês é essencial, com entrevistas e atividades acadêmicas conduzidas nesse idioma. O alojamento será em dormitórios compartilhados ou individuais, com refeições em grupo e acesso a uma cozinha.

Acomodações especiais serão providenciadas, se necessário, incluindo cuidados médicos e quarentena conforme as diretrizes de saúde. Benefícios de saúde são oferecidos durante o componente presencial nos EUA. Políticas estritas de viagem são aplicadas, com a proibição de chegadas antecipadas ou estadias prolongadas. Violações das regras do programa, da instituição anfitriã ou das leis locais podem resultar em demissão imediata. Esses detalhes devem ser clarificados aos candidatos antes da aplicação.

Oportunidade de estudos no Chile: CRI da UESPI divulga programa de bolsas de cooperação de mestrados

Por Vitor Gaspar

A Coordenação de Relações Internacionais (CRI) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) informa que a Agência Chilena de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AGCID) está lançando seu Programa de Bolsas de Cooperação Sul-Sul, edição 2024. Este programa oferece uma chance incrível para profissionais da América Latina e do Caribe aprimorarem suas habilidades por meio de mestrados em instituições chilenas de ensino superior.

Aprueba Convocatoria 2024 Becas República de Chile – revisada PLC-10-07-2023

Casa Central da Universidad de Chile, a mais antiga do país. (foto: Joshua Stone/Wikimedia Commons)

Segundo o Coordenador de Relações Internacionais da UESPI, Prof. Dr. Orlando Berti, essa é uma oportunidade ímpar para os egressos e egressas, além do quadro de servidores técnicos e administrativos da universidade, pois trata-se de uma chance de ingressar em instituições de qualidade no Chile, aproveitando também para destacar a oportunidade de internacionalização do conhecimento.

“Até o momento essa é a oportunidade mais interessante para esses dois públicos, sendo também uma forma de instigar a internacionalização não somente da UESPI, mas como também do nosso Estado, trazendo mais perspectivas de visões de mundo, culturais e políticas que trazem e reverberam uma série de perspectivas positivas da universidade como propagadora do saber”, afirma.

Benefícios Generosos

– Pagamento de custos de tarifas, matrículas e taxas de licenciatura;
– Subsídio mensal de manutenção;
– Benefícios de vida, saúde e acidentes durante a estadia no Chile;
– Subsídio único para textos e materiais de estudo;
– Subsídio adicional para apoio de despesas de preparação de tese;

Quem Pode Participar?

Profissionais de países como Argentina, Bolívia, Brasil, Cuba, Equador, Paraguai, Uruguai e outros, incluindo membros da CARICOM. Prioridade é dada a funcionários públicos e acadêmicos de universidades reconhecidas em seus países.

Prazos Importantes

Os estudos podem iniciar entre 1 de março e 30 de setembro de 2024, de acordo com os programas e calendários das instituições chilenas. A data-limite para envio das candidaturas é 31 de outubro de 2023.

GUIA CRI_MESTRADO NO CHILE

Como se Inscrever?

a) enviar ao correio eletrônico da DCE (dce@itamaraty.gov.br), até 31/10/2023, cópias da documentação completa em formato digital;

b) enviar ainda a documentação somente em formato digital, até 31/10/2023, ao correio eletrônico da Embaixada do Chile no Brasil ().

Acesse o link oficial para mais informações

 Não perca esta chance única de avançar em sua carreira acadêmica e profissional no Chile!

CRI divulga edital de seleção de bolsas de estudo do governo malaio para estudos de pós-graduação

Coordenação de Relações Internacionais (CRI) da UESPI divulga a abertura de bolsas de estudo do Governo malaio para estudos de pós-graduação  do “Programa de Cooperação Técnica da Malásia” (MTCP). Os interessados deverão submeter suas candidaturas  de forma online  até 30 de junho de 2023.             

A Bolsa de Estudo Internacional da Malásia (MIS) é uma iniciativa do Governo da Malásia destinada a atrair pesquisadores de todo o mundo para prosseguirem estudos de pós-graduação na Malásia. Esta bolsa de estudo é paralela à aspiração da Malásia de emergir como um dos centros globais de excelência académica, atraindo, motivando e retendo capital humano talentoso do estrangeiro.

O público alvo são graduados que buscam pós-graduação em tempo integral (Mestrado ou doutorado),  no sistema público de ensino superior ou sistema privado de ensino superior (Instituições selecionadas) da Malásia, com no mínimo 2 (dois) períodos antes do fim do período de estudos.

Requisitos
– Idade máxima de 40 para mestrandos e 45 para doutorandos.
– Aplicantes para mestrado: CGPA 3.0 ou 2nd Class Upper
– Aplicantes de doutorado: CGPA 3.0 ou excelentes resultados no
mestrado relacionado ao programa
– Pontuação 6.0 ou maior no IELTS/550 ou maior no TOEFL
(PBT)/Certificado da universidade comprovando o inglês como utilizado
nas instruções.
– Envio de uma proposta de no mínimo 1000 palavras.
Apenas para mestrado em pesquisas e aplicantes doutores;
– Diploma de mestrado
– Certificado de doutorado em filosofia

Benefícios:
-Ajuda de custo que serão pagas diretamente à universidade
-Subsídio de 1.500,00 RM (R$ 1.600)

Áreas de estudo:
-Educação
-Artes e humanidades
-Ciências sociais, jornalismo e informação
-Negócios, administração e direito
-Ciências naturais, matemática e estatísticas
-Informação e tecnologias da comunicação
-Engenharia, Manufatura e construção
-Agricultura, engenharia florestal, engenharia de pesca e veterinária
-Saúde e bem-estar (exceto medicina, enfermagem e farmácia)

Diplomata dá uma palestra promovida pela Coordenação de Relações Internacionais da UESPI

Por Clara Monte

A palestra “Convite à carreira Diplomática” foi ministrada pela Diplomata Dandara Miranda Teixeira de Lima, Terceira-Secretária no Instituto Rio Branco. O momento realizou-se no Auditório do Campus Clóvis Moura em Teresina, ontem, 01 de Junho.

A oportunidade integra uma campanha do Ministério das Relações Exteriores para estimular o conhecimento sobre a carreira nas universidades brasileiras. O intuito foi oferecer aos estudantes informações valiosas sobre a carreira, suas possibilidades e oportunidades. O Instituto Rio Branco, uma autarquia vinculada ao Ministério das Relações Exteriores, é responsável pela formação dos diplomatas brasileiros e é reconhecido mundialmente como uma das melhores academias diplomáticas do mundo. Ele é também a instituição mais antiga de formação governamental do país e a terceira mais antiga do mundo em formação desse tipo.

Palestra “Convite à carreira Diplomática”

A Diplomata Dandara Miranda Teixeira de Lima conta que  buscou, primeiramente, falar sobre sua trajetória de carreira e profissão. A Diplomata ainda destacou que seu principal intuito foi aproximar os alunos da ideia que é algo possível e pode acontecer com eles também, mas reforçou que a carreira exisge dedicação nos estudos.

“Eu lembro que quando eu era a estudante, sentia uma falta muito grande de estar próxima e ver um diplomata maranhense ou nordestino que me ajudasse a me visualizar naquela profissão. Assim, acho de extrema importância a questão da representatividade dentro de um ambiente acadêmico, podendo  incentivar os alunos a seguirem na carreira”, finaliza.

 

Visita na Reitoria da UESPI

Antes da palestra, a Diplomata Dandara Miranda Teixeira de Lima visitou a Reitoria da UESPI, no campus Poeta Torquato Neto. O momento serviu para ela receber as boas vindas pelo Vice-reitor da Universidade, prof. Dr. Jesus Abreu, além de outros membros da Administração e da Coordenação de Relações Internacionais (CRI).

Na conversa, discutiram sobre a importância do debate da diplomacia e o entendimento de políticas dentro das universidades.

Reunião na Reitoria da UESPI

O Vice-reitor, Dr. Jesus Abreu, destacou a importância da representatividade da Dandara, mulher nordestina e maranhense, ocupando um lugar de prestigio. Isso desmistifica a ideia de que a carreira diplomática é acessível apenas aos estudantes provenientes de instituições particulares e famílias privilegiadas.

“De origem do nosso Estado vizinho, identificamos na história dela um exemplo de esforço e conquista, estimulando nossa comunidade acadêmica e o jovem piauiense que procura  desenvolver esse lado de relações internacionais, esse que é essencial para o crescimento do Estado, do país, e da sociedade como um todo”.

Reunião na Reitoria da UESPI

O Coordenador de Relações Internacionais, Prof. Dr. Orlando Berti, destacou que já existe, a médio prazo, uma interlocução boa com Itamaraty. Um exemplo foi a recente bolsa que contemplou um aluno da UESPI para o Japão durante quase um ano, assim como outras envolvendo intercâmbios com as embaixadas e consulados.

“É importante para nós que essa área de internacionalização traga uma Diplomata a nossa Universidade. É mais um forma de incentivo para nosso alunato, para mais uma oportunidade de carreia. Essa que, por sua vez, é de extrema relevância em um mundo tão globalizado, onde existe a necessidade de interações políticas para questões locais, regionais e globais”, finaliza o professor

 

Coordenação de Relações Internacionais da UESPI promove palestra sobre carreira diplomática

Por Vitor Gaspar

A Coordenação de Relações Internacionais (CRI) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) convida toda a comunidade acadêmica para a palestra “Convite à carreira Diplomática”, que será ministrada pela Diplomata Dandara Miranda Teixeira de Lima, Terceira-Secretária no Instituto Rio Branco. A palestra será realizada no dia 01/06/2023, às 16h00, no Auditório do Campus Clóvis Moura em Teresina.

Este evento faz parte de uma campanha do Ministério das Relações Exteriores para fomentar o conhecimento sobre a carreira em questão nas universidades do Brasil. O objetivo é oferecer aos estudantes informações valiosas sobre a carreira, suas possibilidades e oportunidades. O Instituto Rio Branco, uma autarquia vinculada ao Ministério das Relações Exteriores, é responsável pela formação dos diplomatas brasileiros e é reconhecido mundialmente como uma das melhores academias diplomáticas do mundo. Ele é também a instituição mais antiga de formação governamental do país e a terceira mais antiga do mundo em formação desse tipo.

Durante a palestra, a Diplomata Dandara Miranda Teixeira de Lima vai oferecer aos estudantes conhecimento e incentivo, especialmente por ser nordestina, do interior do Maranhão. A fim de promover a igualdade de oportunidades, a palestra tem como objetivo desmistificar a ideia de que a carreira diplomática é acessível apenas aos estudantes provenientes de instituições particulares e famílias privilegiadas.

Ela enfatiza que o propósito da ação é promover a conscientização sobre a carreira diplomática em todas as regiões do Brasil e encorajar um maior número de pessoas a participarem do concurso, especialmente aqueles pertencentes aos grupos étnicos minoritários, mulheres, pessoas com deficiência, indígenas e outros perfis sub-representados. “O objetivo é conferir maior diversidade ao Ministério de Relações Exteriores, para que ele seja cada vez mais a cara do Brasil. Eu, como sou nordestina, vou ter o privilégio de realizar essa palestra na UESPI, uma das principais universidades do Piauí! Será um grande prazer, estou muito empolgada!”, afirma a diplomata.

O Coordenador de Relações Internacionais, Prof. Dr. Orlando Berti, destaca que já existe, a médio prazo, uma interlocução boa com Itamaraty. Um exemplo foi a recente bolsa que contemplou um aluno da UESPI, que vai para o Japão durante quase um ano, assim como outras envolvendo intercâmbios com as embaixadas e consulados. Sobre o evento, ele afirma que será uma grande oportunidade para os alunos entenderem melhor as interfaces relacionadas a diplomacia:

“Eles podem esperar aprender muito sobre as oportunidades que a diplomacia oferece hoje em dia. A diplomacia evita guerras, instiga a paz e oferece um leque de oportunidades de carreira para muitos alunos que se formam e não têm perspectivas de um concurso”, encerra o professor.

A participação na palestra é gratuita e aberta a todos os interessados, e a Coordenação de Relações Internacionais solicita a confirmação de presença através do e-mail cri@uespi.br com entrega de certificado de participação.

Aluno da UESPI é selecionado para estágio no Japão

Por João Fernandes

O aluno Edilson Morais Brito, discente do 5° período do Curso de Ciência da Computação, da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), campus de Parnaíba, foi selecionado para estágio internacional na cidade de Keihanna, no Japão, encaminhado pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil (Itamaraty). 

aluno Edilson Morais Brito, discente do 5° período do Curso de Ciências da Computação

O aluno foi contemplado com a vaga ofertada pelo setor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Embaixada do Brasil, em Tóquio, juntamente com a “Advanced Telecommunications Research Institute International (ATR)”. A oportunidade permitirá que ele trabalhe em projetos de ponta, aprimore suas habilidades em ciência da computação e tenha uma experiência cultural única.

Edilson Morais destaca que o estágio é a oportunidade única de incrementar o seu currículo acadêmico e enriquecer sua bagagem cultural. Ele passou por um processo rigoroso que envolve entrevista e análise curricular e se destacou por sua dedicação aos estudos e pelo seu interesse em aprender sobre tecnologias inovadoras. 

“O período de seleção para o estágio foi bastante exigente, com duas etapas. Foram avaliados meus conhecimentos em programação, especialmente, em Python, PHP e Javascript, além de experiências em programação web, estatística e machine learning. Na segunda etapa, participei de uma entrevista online em inglês via Zoom com o Dr. Akira Utsumi, supervisor do estágio, onde pude mostrar minhas habilidades e esclarecer dúvidas. Estou muito feliz por ter sido aprovado e animado para começar o estágio no Japão”, destaca o aluno.

Durante o estágio, Edilson Morais terá a oportunidade de trabalhar em um projeto de desenvolvimento de uma plataforma de software para conectar operadores humanos e avatares cibernéticos. Um avatar cibernético é um robô ou entidade virtual controlada por um operador humano. Ele é projetado para imitar as ações e movimentos do operador e interagir com o ambiente real ou virtual em seu lugar. Para ele, essa é uma oportunidade incrível para aprimorar suas habilidades em programação, já que vai trabalhar em um projeto inovador na área de computação.

“Meu foco durante o estágio será o desenvolvimento de um sistema de assistência para melhorar a experiência do usuário(operador) e reduzir sua carga de trabalho, usando dados de monitoramento de atividade de longo prazo de humanos e robôs. Acredito que esta será uma oportunidade incrível para aprender mais sobre o campo da robótica e aprimorar minhas habilidades em programação e machine learning”, acrescenta o aluno.

Edilson acredita que sua jornada acadêmica na UESPI foi fundamental para a construção de uma base sólida de conhecimentos em Ciência da Computação e também para ser selecionado para o estágio. 

As disciplinas como programação, estrutura de dados e engenharia de software me proporcionaram uma base teórica rica para desenvolver minhas habilidades práticas, e agradeço aos meus professores por isso. Além disso, as atividades extracurriculares e grupos de estudos organizados por alunos também me ajudaram a expandir meus horizontes e me preparar para os desafios da indústria de tecnologia”, pontua o aluno.

Seis em cada dez alunos brasileiros desejam estudar fora do Brasil segundo pesquisa da Business Marketing International (BMI) do ano passado.  É uma oportunidades como esta que agrega muito para o currículo acadêmico e para a bagagem cultural do aluno.

De acordo com o Prof. Dr. Orlando Berti, Coordenador de Relações Internacionais da UESPI, esta é uma oportunidade de suma importância para os discentes. Para ele, isso mostra o quanto o que é estudado, pesquisado e vivido na UESPI pode impactar socialmente o nosso Piauí.

“A ida do aluno ao Japão para um dos estágios mais concorridos do Mundo, permite, de maneira ampla, não só para ele, para o seu curso, para a UESPI, mas para todo o Piauí, um compartilhamento de conhecimentos, conhecimentos estes nas mais renomadas instituições do Japão, que são emblemáticas para todo o Mundo”, comenta o professor.

Outras oportunidades

A UESPI, por meio da Coordenação de Relações Internacionais (CRI), têm promovido oportunidades de intercâmbio e estágios internacionais para seus alunos, com o objetivo de ampliar seus horizontes e prepará-los para o mercado de trabalho globalizado.

Em abril, a CRI lançou o edital de seleção interna para a XIV Edición – Programa para el Fortalecimiento de la función pública en América Latina da Fundação Botín da Espanha. A Fundação Botín selecionará estudantes universitários que, entre outros requisitos, tenham um bom histórico acadêmico e demonstrem compromisso com a transformação dos assuntos públicos de seus países, capazes de trabalhar em rede para o bem-estar da região.

A Coordenação já está articulando vagas para a Hungria e ainda, nas próximas semanas, será montado na UESPI o escritório do Education USA, que é o escritório de representação educacional dos Estados Unidos. Será o único do Piauí.

Resultado da seleção para o programa de Fortalecimento Botín

A Coodenação de Relações Internacionais (CRI) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) torna público o RESULTADO das inscrições para a seleção interna da XV Edição do Programa para o Fotalecimento da Função Pública na América Latina da Fundação botín – Espanha, 2023.

SEI_GOV-PI – 7368733 – Memorando

Oportunidade de intercâmbio para os discentes da UESPI

Por Anny Santos

Está chegando quase ao fim do período de seleção interna para a XIV Edición – Programa para el Fortalecimiento de la función pública en América Latina da Fundação Botin da Espanha. O prazo encerra agora dia 20 de abril.

De acordo com a Coordenação de Relações Internacionais (CRI) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) as inscrições serão recebidas por formulário de candidatura, através do envio dos documentos necessários, dispostos em requisitos, para o e-mail da CRI (cri@uespi.br), em formato de PDF, com o título: Seleção Interna – Fundação Botín 2023.

A Fundação Botín selecionará estudantes universitários que, entre outros requisitos, tenham um bom histórico acadêmico e demonstrem compromisso com a transformação dos assuntos públicos de seus países, capazes de trabalhar em rede para o bem-estar da região.

De acordo com o Prof. Dr. Orlando Berti, Coordenador de Relações Internacionais, esse é um dos editais mais aguardados do ano, por oferecer estadia de 1 mês em vários países, com despesas pagas, proporcionando experiências impares para os alunos contemplados. “Quem for contemplado fará intercambio em Bogotá, capital da Colômbia; em Madrid, capital da Espanha; nas cidades de Santander, Santiago de Compostela e Salamanca também na Espanha. Além disso, no Rio de Janeiro, aqui no Brasil”.

Requisitos

Alunos que até 30 de setembro de 2023 tenham cursado mais da metade de seu curso, (não podem estar no último período do curso. Todas as áreas são contempladas);
Apresentar Histórico com o IRA de 8,5;
Apresentar um comprovante de participação em Projetos e/ou Programas de Extensão, Pesquisa, PIBIB/PIBIC/PIBEU;
Apresentar um comprovante de Curso de Línguas, Inglês ou Espanhol (Para a UESPI precisa apresentar o comprovante de uma língua, no entanto para o intercâmbio é importante que tenham domínio das duas línguas, não sendo um documento obrigatório);
E apresentar Documento de Identidade para comprovar que nasceu entre 1 de janeiro de 1999 e 31 de dezembro de 2003 (ter entre 20 a 24 anos).

O Programa de Fortalecimento da Função Pública na América Latina surgiu em 2010 como uma iniciativa da Fundação Botín para garantir que os melhores estudantes universitários da América Latina decidam se comprometer com suas sociedades a partir do serviço público.

Saiba mais sobre o Programa:

Fundacion Botin

CRI divulga edital de seleção de Professores Visitante para Instituto Politécnico de Bragança, em Portugal

A Coordenação de Relações Internacionais (CRI) da UESPI divulga a abertura de mais uma edição do Programa de Recepção de Professores Visitantes para 2023/2024 do Instituto Politécnico de Bragança (IPB), em Portugal. Os  interessados deverão submeter a candidatura de forma online até o dia 15 de maio.

O IPB é uma instituição pública de ensino superior que tem por missão a criação, transmissão e difusão do conhecimento técnico-científico e do saber de natureza profissional, através da articulação do estudo, do ensino, da investigação orientada e do desenvolvimento experimental.

A atividade do professor/pesquisador visitante compreende a realização de um plano de investigação alinhado com as áreas prioritárias definidas no edital e a concretizar numa das unidades de I&D do IPB:
– Centro de Investigação de Montanha;
– Centro de Investigação em Digitalização e Robótica Inteligente;
– Centro de Investigação em Educação Básica;
– Laboratório de Artes da Montanha;
– Unidade de Investigação Aplicada em Gestão.

Requisitos

O pesquisador deverá possuir doutoramento e um currículo científico de impacto internacional numa das áreas prioritárias indicadas. No campo das artes o visitante deverá possuir um currículo artístico de impacto internacional.

A candidatura deve ser feita através de um único ficheiro PDF (tamanho máximo de 2048 Kb) que inclua uma carta de motivação (descrevendo a área de atuação e o plano de trabalhos da
sua preferência), seguida do curriculum vitae.

Apoios concedidos

O IPB assegurará o alojamento do professor visitante na Residência Internacional de Professores do IPB.

Confira o edital completo:

Seleção de Professor Visitante

CRI divulga oportunidade de bolsas de doutorado na Coreia do Sul

Por Anny Santos

A Coordenação de Relações Internacionais (CRI) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) divulga a abertura das inscrições para o programa de Bolsas de Doutorado “President Fellowship Program” da Seoul National University (SPF/SNU). As inscrições devem ser feitas no período de 02 a 08 de março, de forma online.

O SPF é um dos programas de bolsas de estudo de maior prestígio da SNU lançado para oferecer oportunidades aos membros do corpo docente das principais universidades dos países em desenvolvimento para obter doutorado.

Cronograma e documentação

São oferecidos a isenção de pagamento de mensalidade por seis semestres, bolsa mensal entre USD 1.160 e USD 1.500 (R$ 5.800 a 7.800) por um período de 3 a 4 anos, passagem aérea de ida e volta em classe econômica, curso de coreano, seguro-saúde e auxílio-creche.

Confira o link oficial do Programa

A SNU é uma das mais novas entre as melhores universidades do mundo. Ela foi fundada em 1946 e foi a primeira universidade de ensino e pesquisa da Coreia depois que o país se tornou independente.

Confira também:

Anexo 2 

Anexo 3 

CRI: Edital para o Programa de Recepção de Professores Visitantes em Portugal

Por Anny Santos

A Coordenação de Relações Internacionais (CRI) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) divulga a abertura de mais uma edição do Programa de Recepção de Professores Visitantes para 2024 do Instituto Politécnico de Bragança (IPB/PORTUGAL). As inscrições acontecem até o dia 28 de fevereiro.

Os professores interessados deverão submeter a candidatura de forma online. O IPB é uma instituição pública de ensino superior que tem por missão a criação, transmissão e difusão do conhecimento técnico-científico e do saber de natureza profissional, através da articulação do estudo, do ensino, da investigação orientada e do desenvolvimento experimental.

O professor visitante deverá permanecer no IPB durante o período de 11 de setembro de 2023 a 11 de fevereiro de 2024, com as seguintes atividades:

A lecionação de uma disciplina de um ciclo de estudos do IPB (tipicamente de 6 créditos ECTS, 4 horas letivas/semana);

A realização de um plano de pesquisa, a concretizar em cooperação com pelo menos um professor do IPB e preferencialmente integrado nas unidades de I&D do IPB;

O professor visitante poderá igualmente participar em projetos de inovação pedagógica em curso no IPB, nomeadamente, o projeto Demola, outros módulos e mestrados inovadores, o programa Mentoring Academy e iniciativas de voluntariado.

Programa de Receção de Professores Visitantes 
O Instituto compartilha a visão de diferenciação através da promoção da internacionalização, da inovação formativa e da investigação aplicada. Reforçando o seu histórico de internacionalização, promovendo a abertura do Edital 23/24-S1 para a recepção de professores visitantes.

O IPB assegurará o alojamento do professor visitante na Residência Internacional de Professores do IPB e uma viagem para o seu país de residência.

Confira o Edital

CRI: Bolsas para intercâmbio na Itália

 
A Universidade Estadual do Piauí, por meio da Coordenação de Relações Internacionais a pedido do Ministério das Relações Exteriores, divulga que a Organização Internacional Ítalo-Latino Americana (IILA), com o financiamento da Direção Geral para a Cooperação ao Desenvolvimento do Ministério das Relações Exteriores e da Cooperação Internacional italiano (DGCS/MAE), concede bolsas de estudo a cidadãos dos países membros da IILA que desejem realizar estágios pós-universitários de especialização e/ou de atualização dos conhecimentos nas seguintes áreas:
 
AGROALIMENTOS E TECNOLOGIAS ALIMENTARES,
SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL E ENERGIAS RENOVÁVEIS,
CIÊNCIAS DA VIDA E BIOTECNOLOGIA,
CIÊNCIAS DA TERRA E USO DAS TECNOLOGIAS ESPACIAIS PARA A OBSERVAÇÃO DA TERRA,
CONSERVAÇÃO, TUTELA, RESTAURAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL,
 
 
 
BENEFÍCIOS: A bolsa de estudo, que terá duração mínima de 3 meses e máxima de 6 meses, inclui:
 a) um orçamento mensal de € 1.200 para as despesas de alimentação e alojamento;
 b) seguro contra doenças, infortúnios e responsabilidade civil.
O custo de ida e volta do país de origem para a Itália ficarão totalmente a cargo do bolsista, ou da Instituição a qual faz parte (se houver recursos), bem eventuais despesas para a obtenção da documentação necessária para a estadia na Itália.
 
PROCEDIMENTO DE CANDIDATURA: 
1 –  O candidato escolherá, com base no próprio projeto a ser realizado, uma instituição, italiana ou internacional com sede na Itália, pública ou privada, e entrará em contato diretamente com a mesma sem a intervenção da IILA.
 2 – Em caso de aceitação por parte desta instituição, é necessário pedir uma carta de aceitação (em papel timbrado e com detalhes do projeto/curso a ser realizado) assinado em original por um representante/autoridade. Nesta etapa, enviar a cópia da carta de aceite para a Coordenação de Relações Internacionais da UESPI: (EMAIL: cri@uespi.br), para o devido controle de interesse de candidaturas.
3 – A inscrição pode ser feita somente preenchendo o formulário on-line disponível no site web IILA: www.iila.org / FB @SegreteriaTecnicoScientifica (FORMULÁRIO DE REGISTRO: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd4y0dJvXDKWkbPl0PDt2c8iqm1lmaT hmcpC_2JGtAohXVl7A/viewform?usp=sf_link)
As candidaturas devem ser apresentadas em uma qualquer das línguas oficiais da IILA (espanhol, italiano, português ou francês).
As candidaturas apresentadas em outras línguas não serão consideradas.
 
Prazo: Todas as informações solicitadas deverão ser inseridas na plataforma, o mais tardar até o dia 30 de setembro de 2022 (h24.00 GMT + 2), data de encerramento da chamada
 
O Edital segue em anexo, contém os requisitos e os detalhes sobre a aceitação da candidatura no Programa, que dará direito à bolsa.
Para quaisquer outras informações que não estejam claramente indicadas no edital, é possível escrever ao seguinte endereço de e-mail: borse@iila.org
Na UESPI, poderão enviar um email (cri@uespi.br ) para a Coordenação de Relações Internacionais para dúvidas que não foram sanadas pelo Edital, e sobre o processo de passaporte e visto caso não tenham a documentação, estudos na Itália e outros assuntos relacionados ao processo de candidatura.
 

CAPES seleciona até 30 projetos conjuntos com a Alemanha

Divulgação: A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é um órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC).
(Brasília – Redação CCS/CAPES)

A CAPES divulgou o Edital nº 21/2022, com as orientações para a apresentação de propostas ao Programa CAPES/DAAD – Probral. A parceria com o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) vai selecionar até 30 projetos de pesquisa conjuntos entre o Brasil e a Alemanha, em todas as áreas do conhecimento. O documento foi publicado no Diário oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 18.

Com a iniciativa, a parceria pretende intensificar a cooperação entre programas de pós-graduação de instituições de ensino superior (IES) brasileiras e alemãs para desenvolver e publicar pesquisas de alto impacto acadêmico, criando redes de pesquisa e de colaboração internacional. Além disso, incentiva o intercâmbio científico entre grupos de pesquisa dos dois países e apoia a mobilidade de professores e pesquisadores em nível de pós-doutorado e alunos em nível de doutorado.

O valor investido será de até R$ 42.406.106,40 ao longo de quatro anos – tempo máximo de duração dos projetos. Durante esse período, estes receberão até 12 bolsas no exterior, além de recursos para auxílio de custeio e missões de trabalho.

Cronograma
As propostas devem ser apresentadas simultaneamente à CAPES e ao DAAD, até o dia 31 de maio. A solicitação de cadastramento de IES do Brasil e do exterior no Sistema de Inscrições da CAPES (Sicapes) só poderá ser feita até o dia 24 do mesmo mês. O resultado será divulgado até o início de dezembro de 2022 e as atividades começam em janeiro de 2023. As bolsas serão implementadas em março e setembro de cada ano.

CRI/UESPI

Em caso de dúvidas, esta Coordenação de Relações Internacionais CRI/UESPI está à disposição para prestar assessoria aos interessados.