Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

PRIL: Segunda convocação do Edital 009/2022

A Universidade Estadual do Piauí – UESPI, por intermédio da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação – PREG  torna público a SEGUNDA CONVOCATÓRIA – MATEMÁTICA LISTA DE ESPERA 2022.2 NO PROCESSO SELETIVO DO EDITAL 009/2022, DE 14 DE MARÇO DE 2022.

As datas das matrículas:

Matrícula institucional – 19, 20 e 21/09
Recurso – 22/09
Matrícula curricular – 23 e 24/09

Confira o documento abaixo:

PRIL: homologação das inscrições no Curso de Matemática

Coordenação Geral divulga HOMOLOGAÇÃO das inscrições para o Processo Seletivo Simplificado para ingresso no CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA – CAMPUS DE PARNAÍBA E PICOS E POLO DE SANTA CRUZ DO PIAUÍ (CADASTRO DE RESERVA), pelo Programa Institucional de Fomento e Indução da Inovação da Formação Inicial Continuada de Professores e Diretores Escolares – PRIL – EDITAL MEC No 66/2021.

Homologação das inscrições (vagas remanescentes PRIL)

PRIL: seleção para vagas remanescentes do Edital 024/22

A Pró-Reitoria de Ensino de Graduação – PREG  torna público as normas de seleção de professores para atuação no Curso de Licenciatura Plena em Matemática (Campi de Parnaíba e de Picos e Polos de Barras e Santa Cruz do Piauí) na modalidade presencial, da Universidade Estadual do Piauí, Programa Institucional de Fomento e Indução da Inovação da Formação Inicial Continuada de Professores e Diretores Escolares ‒ PRIL – Edital MEC nº 66/2021.

As vagas disponibilizadas neste edital são remanescentes do edital PREG Nº 024/2022.

edital_professores_PRIL_vagas_remanescentes

 

PRIL: novas datas para a matrícula no curso de Matemática

A UESPI TORNA PÚBLICA A ALTERAÇÃO NAS DATAS DE MATRÍCULAS INSTITUCIONAIS E CURRICULARES DOS ALUNOS DO CURSO DE MATEMÁTICA DO PROGRAMA PRIL. A SELEÇÃO FOI FEITA ATRAVÉS DO EDITAL PREG Nº 009/2022 REFERENTE AO PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA, NA MODALIDADE PRESENCIAL, PELO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE FORMENTO E INDUÇÃO DA INOVAÇÃO DA FORMAÇÃO INICIAL CONTINUADA DE PROFESSORES E DIRETORES ESCOLARES – PRIL – EDITAL MEC N° 66/2021.

novas datas de matrícula

 

PRIL: resultado final para a Licenciatura em Matemática

A UESPI TORNA PÚBLICO O RESULTADO FINAL DO EDITAL PREG Nº 009/2022 REFERENTE AO PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA, NA MODALIDADE PRESENCIAL, PELO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE FORMENTO E INDUÇÃO DA INOVAÇÃO DA FORMAÇÃO INICIAL CONTINUADA DE PROFESSORES E DIRETORES ESCOLARES – PRIL – EDITAL MEC N° 66/2021. O PROCESSO SELECIONOU ALUNOS PARA VAGAS OU CADASTRO DE RESERVA PARA OS CAMPUS DE PARNAÍBA E PICOS E PARA OS POLOS DE SANTA CRUZ DO PIAUÍ E BARRAS.

AS MATRÍCULOS SERÃO ON-LINE E INICIARÃO NO DIA 20/07/2022

Resultado_Final_Aprovados (2)

Resultado_Final_classificados (2)

 

Curso de Computação: professores ofertam curso de matemática básica

Por Arnaldo Alves

Professores do curso de Ciência da Computação da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), campus Dra. Josefina Demes – Floriano, realizam um curso de Matemática Básica, de forma online com 60 vagas. O curso de extensão será realizado aos sábados, de 9h às 10h30, com início previsto para o dia 14 de maio até o dia 16 de Julho, destinado a todos os ingressantes ou que em breve entrarão em um curso de graduação em qualquer área, principalmente associadas a exatas e licenciaturas. As inscrições acontecem entre os dias 5 e 7 de maio, online. 

Ao todo serão 10 encontros. A programação conta com aulas e atividades sobre números reais, expressões matemáticas, inequações, sistemas de coordenadas, funções lineares, funções quadráticas, trigonometria, funções trigonométricas, funções exponenciais, funções logarítmicas, entre outros.

De acordo com um dos coordenadores do curso de extensão, professor Danilo Borges, o objetivo é fortalecer a base necessária para desenvolver bem um curso superior e demais atividades.

“Temos observado uma certa dificuldade em boa parte do alunado nas primeiras disciplinas de exatas em vários cursos, principalmente da área de exatas e licenciatura. Isso se deve, na maioria das vezes, a uma base matemática deficiente que provoca como efeito colateral a falta de entendimento ao que é ensinado no ensino superior. Como tentativa de contornar o problema e oferecer um melhor curso de graduação o professor Diego Cardoso teve a ideia de promover o curso Matemática Básica para Ingressantes”, explica.

As inscrições começam nesta quinta-feira (05) e seguem o dia 07 de maio, no site do evento.

PRIL: prorroga prazo para o período de inscrição no Curso de Licenciatura em Matemática

A Universidade Estadual do Piauí – UESPI, por intermédio da Pró-reitoria de Ensino de Graduação – PREG e tendo em vista a legislação em vigor, torna público o ADITIVO I AO EDITAL PREG No 009/2022, referente à alteração no CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO (ANEXO I) do Edital para conhecimento dos(as) interessados(as), as condições de habilitação às vagas para o Curso de Licenciatura Plena em Matemática, no Campus de Parnaíba e nos Polos de Picos, Barras e Santa Cruz do Piauí na modalidade presencial, através do Programa Institucional de Fomento e Indução da Inovação da Formação Inicial Continuada de Professores e Diretores Escolares ‒ PRIL – Edital MEC no 66/2021, oferecidos pela Universidade Estadual do Piauí – UESPI, para o primeiro semestre letivo do ano de 2022.

ADITIVO_AO_EDITAL__009_2022_PRIL_MATEMATICA__novo_cronograma_

Café com Química: encontro traz discussão sobre o Novo Ensino Médio

Por Priscila Fernandes 

O projeto Café com Química realiza, no dia 18 de fevereiro, a palestra “Novo Ensino Médio: o que muda e o que permanece?”. Nessa edição o tema escolhido foi relacionado ao Novo Ensino Médio pelo impacto que as mudanças, na forma de ensino, trarão para o nosso país. O encontro acontece através do Google Meet e será transmitido pelo Youtube.

Realizado pelo PET Química-UESPI, neste encontro do Café com Química, a ideia é trazer informações sobre as mudanças no Ensino Médio e alertar sobre muitas informações falsas que rodeiam o tema. A convidada para discutir sobre a temática é a psicóloga e especialista em Educação Inclusiva, Vivianne Fernandes.

 

O professor Reginaldo, que faz parte da organização do evento e do projeto, afirma que a maior parte dos estudantes da UESPI fazem cursos de licenciaturas e se tornarão professores, depois de formados. Dessa forma, acredita-se que a discussão sobre as mudanças propostas para o Novo Ensino Médio deve ser melhor entendida ou apresentada para comunidade.

“O formato do Novo Ensino Médio é de interesse de todos, sobretudo de nossos futuros professores, sejam eles licenciandos dos cursos de química, física, matemática ou outros cursos. Hoje, discutindo com nossos alunos, percebemos que existem muitas dúvidas relacionadas às mudanças trazidas pelo novo formato do Ensino Médio. Acreditamos que será uma oportunidade de tentar sanar um pouco dessas dúvidas”, pontua.

O evento é aberto e gratuito, direcionado para alunos dos cursos de graduação em licenciatura, professores do ensino médio de escolas públicas ou privadas, estudantes do ensino médio e interessados pela temática.

Confira o link de inscrição. 

Projeto Café com Química

O “Café com Química” é uma atividade vinculada ao Programa de Educação Tutorial do curso de Química da UESPI (PET/QUÍMICA). Essa atividade vem ocorrendo desde 2018 e já trouxe vários palestrantes, de diferentes instituições, para discutir temas que acreditamos ser relevantes para nossos estudantes.

Conheça o perfil do programa no Instagram. 

Pesquisadores desenvolvem trabalho que ajuda identificar anomalias sanguíneas através de cálculos matemáticos

Por Liane Cardoso

O professor Pitágoras Pinheiro, docente do curso de matemática da Universidade Estadual do Piauí, juntamente com dois alunos do curso de Ciências da computação estão desenvolvendo uma pesquisa com o objetivo de transformar imagens de ressonância Magnética em domínios matemáticos tridimensionais. Assim, é possível estudar e simular fenômenos sanguíneos, a partir do ponto de vista matemático, médico e computacional, sem a necessidade de processos invasivos nos pacientes.

O orientador da pesquisa utiliza um exemplo prático para explicar como funciona o trabalho. “Imagine que uma artéria está gerando ateroma, um entupimento por placas de gordura. E suponhamos que seja necessário (do ponto de vista médico) uma interferência, seja cirúrgica ou farmacológica. Quando nós trazemos uma imagem de ressonância para um ambiente matemático/computacional, podemos simular alguma interferência e daí buscar a melhor forma de tratar alguma anormalidade vascular. Então, quando falamos em processos não invasivos, estamos buscando possibilidades “pelo lado de fora” do paciente”, explicou o docente.

Vinicius Marques é aluno do 8º período do curso de Ciências da Computação e também participa dessa iniciativa. O discente detalha que a partir de imagens médicas obtidas por meio de softwares de código aberto, eles constroem malhas matemáticas que permitem visualizar a simulação de fluidos.

Imagem da ressonância

Imagem da ressonância

Malha (que representa a aorta) feita a partir de uma imagem médica

“Com isso também conseguimos simular diversas situações presentes no meio médico, além de possibilitar diversos cálculos para prever, por meio da malha gerada, alguns tipos de problemas de saúde”, relatou o estudante.

Marcos Vinicius de Oliveira, discente pesquisador, destaca que esse trabalho possibilita a obtenção de informações sobre o fluxo sanguíneo, como por exemplo pressão e velocidade. “Utilizando algumas ferramentas podemos criar modelos 3d de partes do sistema vascular e com esses modelos podemos simular situações parecidas com o fluxo de sangue real”, complementou.

Ilustração referente a parte superior da artéria

Ilustração referente a parte superior da artéria carótida (vasos sanquíneos que transportam sangue e oxigênio para o cérebro)

Os estudos do grupo sobre a temática iniciaram ainda no ano passado de forma independente. Em maio desse ano, os alunos tiveram seus trabalhos contemplados no edital 002/2021 da FAPEPI (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí). Além disso, outros dois voluntários externos auxiliam nas pesquisas.