Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

Aluno de Engenharia Elétrica desenvolve projeto de Impressora 3D

Por Vitor Gaspar

Alisson Mesquita, aluno do 8º período do curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), recebe certificado de trabalho de destaque apresentado no III Congresso Brasileiro de Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia.

O aparelho utiliza tecnologias de manufatura avançada, com algumas partes utilizando tecnologia eletrônica para o controle do processo de impressão.

O projeto intitulado, de “Desenvolvimento de Impressora 3D para Aplicações em Engenharia”, também será publicado na revista internacional “The Journal Engineering Exact Sciences”. Também participaram da construção do trabalho, Hizadora Silva Lima e o Prof. Juan de Aguiar Gonçalves.

O equipamento pode ser utilizado para a manufatura de peças de alta qualidade, mesmo tendo formas complexas, sendo essencial para aplicações em Engenharia. Segundo Alisson Mesquita, autor principal do projeto, essa impressora foi feita observando as características das já existentes no mercado, tentando colher características já estabelecidas para construir uma impressora única e que possua as qualidades fundamentais para suprir a demanda de um laboratório.

Para ele, a ideia de construir a impressora 3D surgiu quando se observou uma forte demanda dentro dos laboratórios do curso de Engenharia Elétrica para a confecção de peças voltadas para aplicações na área. Ele destaca que dessa forma, pesquisadores do curso buscavam fabricar peças sob medida e com características específicas, fator que inviabilizava as pesquisas, e logo depois que esse problema foi analisado, uma solução viável foi encontrada, assim dando a ideia do projeto.

“Me sinto grato pela oportunidade de apresentar o projeto no evento nacional III CoBICET, e mostrar a tecnologia desenvolvida dentro do curso de Engenharia Elétrica da nossa UESPI. E ser indicado para a publicação em uma revista internacional é uma oportunidade única de mostrar para a sociedade a importância do trabalho”, conclui.

Essa impressora é um modelo único, projetada e realizada pelos autores do projeto.

O Coordenador do Núcleo de Formação e Pesquisa em Energias Renováveis e Telecomunicações do Piauí (NUFPERPI), professor do Curso de Engenharia Elétrica, e membro do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa e Energias Renováveis de Tecnologias Sociais, Juan De Aguiar, enfatiza que a UESPI já trabalha de forma ampla, na área de Engenharia Elétrica, e também na parte de Mecatrônica e Robótica aplicada em Engenharia, e esse é um dos desdobramentos das segregações das próprias expertises, advindas do curso, destacando que esse trabalho abre as portas que possam ser feitas impressoras de maior dimensão.

“Impressoras aplicadas a outras áreas como a Construção Civil, a construção de próteses, e também impressoras que podemos projetar tudo aquilo que for necessário para a prototipagem de novas tecnologias. Esse tipo de expertise, quando consolidada, pode ser aplicada em diversos segmentos”, conclui.

O projeto também possui um viés social, visto que essa impressora pode ser a base para construção de peças na área da Engenharia em projetos do curso, além, da aplicação em outras áreas, tais como medicina, quando se trata da fabricação de EPIs para médicos, no combate ao COVID-19, ou na manufatura de próteses para pacientes. Além disso, a máquina tem papel fundamental para a proposição de outros projetos que utilizam a impressora 3D, tais como a fabricação de casas com o uso dessa tecnologia.

PREX torna público processo seletivo de estágio para lotação no NPJ, em Picos

A Universidade Estadual do Piauí, por meio da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários – PREX e do Departamento de Assuntos Estudantis e Comunitários – DAEC, torna pública a abertura de Processo Seletivo para Estágio Não Obrigatório do Curso de Bacharelado em Direito para lotação no Núcleo de Práticas Jurídicas – NPJ no Campus Prof. Barros Araújo, em Picos (PI).

Confira:

SEI_GOV-PI – 5493346 – Edital

Abertas as inscrições para a 1° Turma do Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física em Piripiri-PI

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI), por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROP), comunica a abertura de Processo Seletivo do MNPEF/2023 para o preenchimento de 09 (nove) vagas para ingresso na 1a Turma do Curso de MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA – MNPEF, Polo 66 em Piripiri-PI, com inscrições no período de 05/09/2022 a 30/09/2022.

O MNPEF é um programa nacional de pós-graduação de caráter profissional, voltado para professores de Ensino Médio e Fundamental com ênfase principal na Área de Física. É uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Física (SBF) com o objetivo de coordenar diferentes capacidades apresentadas por diversas Instituições de Ensino Superior (IES) distribuídas em todas as regiões do País. Tem o objetivo de capacitar em nível de mestrado professores da Educação Básica quanto ao domínio de conteúdos de Física e de técnicas atuais de Ensino para aplicação em sala de aula como, por exemplo, estratégias que utilizam recursos de mídia eletrônica, tecnológicos e/ou computacionais para motivação, informação, experimentação e demonstrações de diferentes fenômenos relativos à Física.

A UESPI em 2022 submeteu proposta à Quarta Chamada de Credenciamento de novos Polos do Programa Nacional de Mestrado Profissional em Ensino de Física (MNPEF). Para esta chamada houve o credenciamento de quatro novos Polos, a saber: Polo 64: UFAM_Itacoatiara (ICET)/Coari (ISB) – Universidade Federal do Amazonas; Polo 65: IFPI – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí – Picos; Polo 66: UESPI – Universidade Estadual do Piauí – Piripiri; Polo 67: UNIFAP- Universidade Federal do Amapá. O Estado do Piauí agora dispõe de três Polos do MNPEF: UFPI (Teresina), UESPI (Piripiri) e IFPI(Picos).

O Polo 66 MNPEF-UESPI (Piripiri-PI), localizado no Campus Prof. Antonio Geovanne de Sousa, em Piripiri-PI, foi uma construção histórica da Física da UESPI. Inicialmente o corpo docente do programa é composto por 19 professores das áreas de Física, Filosofia, Pedagogia, Química, Computação, Letras Português e Letras Inglês, dos campi de Teresina, Piripiri e Parnaíba; e ainda colaboradores externos da UEMA-Caxias-MA e UFC-Sobral-CE.

O coordenador do Polo 66 MNPEF-UESPI, Prof. Dr. Agmael Mendonça Silva, pontua que “Este Mestrado virá a abrir um leque de colaboração regional com as Escolas do Ensino Básico, com as I.E.S, órgãos da administração pública, professores e especialistas, e a comunidade em geral, contribuindo com a qualificação profissional no Ensino de Física e integração com outras áreas do conhecimento. A médio e/ou longo prazo teremos produções científicas que naturalmente irão impulsionar o surgimento de novos programas de Mestrado e/ou Doutorado para a região”, conclui.

ENADE 2022: Administração Superior, Coordenadores e Diretores de Centro se reúnem para discutir a importância do programa

A Administração Superior da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), juntamente aos coordenadores de 06 cursos ofertados pela Instituição, e dos diretores de Centro se reuniram no Auditório Pirajá, no campus Poeta Torquato Neto em Teresina, para o lançamento do Programa Conecta Enade 2022 e para a palestra sobre o Sistema Nacional de Avaliação de Educação Superior (SINAES), realizada pelo professor Paulo Henrique, Pró-Reitor de Ensino e Graduação (PREG).

Convidados presentes no auditório Pirajá

O Programa é de iniciativa da Reitoria e da Vice-Reitoria, representados pelo Prof. Dr. Evandro Alberto e o Prof. Dr. Jesus Abreu respectivamente, com o objetivo geral de auxiliar os concluintes de cursos de bacharelado e de licenciatura na realização das provas do Enade, propiciando-lhes suporte para as duas fases do exame (questionário do estudante e prova de conhecimentos), com orientações dirigidas e aprofundamento dos conteúdos trabalhados durante o curso, previstos nas diretrizes curriculares dos cursos de graduação, no que diz respeito à sua formação geral e profissional.

O Vice-Reitor, Prof. Jesus Abreu (á esquerda da imagem) esteve presente e foi o primeiro a discursar no evento

O Reitor da UESPI, Prof. Dr. Evandro Alberto parabenizou todos os presentes e que fazem parte de toda a construção, pelo empenho e trabalho realizado, afirmando que esse Programa irá se expandir ainda mais, destacando que são vários professores que estão se somando a essa luta. “Nós tivemos experiências através de projetos, para discutir e qualificar sobre o ENADE, como uma revisão. A partir disso, sentimos a necessidade de poder trabalhar com a Procuradoria Institucional para montarmos um programa permanente, pois esse é um Programa da Universidade que vai alinhar os índices, as determinações do MEC, do INEP, sobretudo buscando esse padrão de qualidade que a Instituição precisa ter”.

Prof. Dr. Evandro Alberto discursando para os presentes no encontro

Além disso, durante o encontro houve a palestra do Prof. Paulo Henrique sobre o Sistema Nacional de Avaliação de Educação Superior (SINAES), programa nacional vinculado ao Ministério da Educação (MEC), que analisa as instituições, os cursos e o desempenho dos estudantes. Para falar sobre isso, o Prof. Paulo Henrique, Pró-Reitor da PREG explica que a legislação existe desde 2010 para que haja bons indicadores nos cursos dentro das Universidades. “No momento vamos discutir a legislação e aplica-la no âmbito da Instituição”, afirma.

Prof. Paulo Henrique explicando os principais pontos a serem discutidos durante a palestra

Maria Rosário de Fátima Ferreira Batista, esteve presente, representando a Comissão Própria de Avaliação (CPA)

O Coordenador do Curso de Ciências Contabéis Domingos Sávio, esteve presente no encontro e comenta que o Programa é importante para os ingressantes para que eles adquiram o diploma, pois se trata de uma exigência do MEC. “Como esse exame é feito periodicamente e contempla todos os alunos, ajuda a capacita-los ainda mais e que possa medir o grau da Universidade e o seu conceito”, conclui.

Durante o encontro, foi apresentando o Portal do ENADE, que está em desenvolvimento pela Comissão Técnica do Programa Conecta ENADE e deve estar disponível em breve para toda a comunidade acadêmica, funcionando como uma ferramenta de comunicação da Universidade com o aluno, onde serão disponibilizadas informações relacionadas ao programa, como o cronograma, além do acesso as avaliações anteriores, dentre outros. Para a Prof. Márcia Edilene, assessora especial da Vice-Reitoria, essa proposta veio para ficar de forma contínua para a Universidade Estadual do Piauí.

“O Programa conecta o concluinte dos cursos da UESPI ao ENADE, de forma que o graduando compreenda se tornou obrigatório e que a sua não realização implica no impedimento da colação de grau. Desse modo objetiva que o estudante abrace o programa”.

Prof. Márcia Edilene falando para os convidados

SAIBA MAIS SOBRE O CONECTA ENADE

O Conecta ENADE terá ações que se realizarão no formato de oficinas, workshops, seminários, palestras, debates, rodas de conversa e outras modalidades, nas quais serão enfocados temas como: UESPI e Enade, estrutura da prova do Enade, questões do Enade de cunho geral e específico, conteúdos específicos de cada curso, Plataforma UESPI, metodologias ativas, formação docente e currículo, além da ênfase nos Indicadores da Educação Superior (SINAES) na UESPI.

O Programa é constituído de três componentes: equipe técnica (responsável pelas informações sobre o Enade e o SINAES); equipe de Língua Portuguesa (responsável pelas informações sobre a estrutura da prova do Enade – características do item, tipos de itens, gabaritos e distratores – e desenvolvimento de estratégias de leitura, interpretação e produção textual) e equipe pedagógica (responsável pelas informações dos conteúdos específicos de cada curso).

EQUIPES:

TÉCNICA:

Paulo Henrique da Costa Pinheiro

Maria Rosario de Fatima Ferreira Batista

Tales Antão de Alencar Carvalho

Mônica Maria Feitosa Braga Gentil

Márcia Edlene Mauriz Lima

LÍNGUA PORTUGUESA:

Márcia Edlene Mauriz Lima

Shirlei Marly Alves

Tarcilane Fernandes da Silva

Francisco Renato Lima

Thiago de Sousa Amorim

EQUIPE PEDAGÓGICA:

Docentes dos cursos avaliados

O Enade 2022 será realizado no dia 27 de novembro, e os estudantes avaliados serão dos cursos de bacharelado, a saber: Direito, Administração, Ciências Contábeis, Jornalismo, Turismo e Psicologia.

O processo de avaliação leva em consideração aspectos como ensino, pesquisa, extensão, responsabilidade social, gestão da instituição e corpo docente. Entre os principais critérios que compõe o programa está o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE), que corresponde a 70% da nota da Universidade, e nesse sentido a UESPI promove o lançamento do Programa Conecta Enade, de caráter permanente e que tem como principal objetivo fomentar a cultura do exame dentro da Instituição.

Para o Prof. Tales Antão, membro da Comissão Técnica do ENADE e diretor do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), o programa impacta a oferta de cursos, o número de vagas e a avaliação da instituição. “Através dessa promoção, podemos desenvolver oficinas, com professores, coordenadores e alunos que estão participando dos ciclos de avaliação”, afirmou.

Prof. Tales Antão explicando os principais pontos do Portal do ENADE

Outro encontro, está previsto para acontecer nos próximos dias de forma on-line direcionados aos coordenadores de campi do interior, além da promoção de oficinas de forma presencial em todos os campi.

Membros do NEA Cajuí participam de um trabalho de cultivo de horta comunitária no Labino

Por Vitor Gaspar

Membros do Núcleo de Estudo, Pesquisa e Extensão em Agroecologia (NEA CAJUÍ), da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), realizam um trabalho voltado ao cultivo de uma horta comunitária realizado por famílias de pescadores no Labino, na zona rural de Ilha Grande do Piauí.

Momento de cultivo na horta no Labino/Divulgação: TV Costa Norte

Há cerca de oito meses essas famílias começaram o cultivo dessa horta, no terreno de uma moradora da região, localizada no norte do Estado, onde são plantados diversos tipos de hortaliças como: alface, cheiro verde, berinjela, pimenta, tomate, dentre outros. O projeto acontece em parceria com a Cáritas Diocesana de Parnaíba, organização que apoia atividades em comunidades tradicionais na linha de dimensão social.

De acordo com Valdinar Bezerra, coordenador do NEA CAJUÍ, o núcleo foi convidado a participar do projeto, e contou com a participação de um aluno do Programa Institucional de Bolsas de Extensão Universitária (PIBEU) e de um egresso do curso de Engenharia Agronômica. 

“Estamos participando desse projeto, em parceria com a Cáritas que está à frente dessa organização, e aproveitamos esse projeto para encaminharmos para o PIBEU esse subprojeto, para termos um bolsista que acompanhe essas atividades, não somente essa no Labino, mas como também em outras regiões”, finaliza.

O trabalho é realizado de forma coletiva, mantendo os cuidados e atenção necessária para que o cultivo possa experimentar variadas formas de plantio, produzir alimentos de boa qualidade com a finalidade de levar essa produção para a comunidade.

Rhuan Silva, Diretor Executivo da Cáricas Diocesana de Parnaíba destaca que após o processo de análise e de conhecimento do terreno, foi realizado um cadastro das famílias no local que gostariam de participar do plantio e elaborando um perfil a partir disso. Ele comenta que logo após solicitou a ajuda de Adolfo Costa, egresso do curso de Engenharia Agronômica da UESPI e do professor Valdinar Bezerra para a participação de membros do NEA Cajuí na ação.

”Fechamos uma parceria disponibilizando para que alunos dessem um suporte durante os dias de sexta-feira, tanto na forma de cultivação, como na forma de plantar e conduzir a própria horta, para que ela possa crescer ainda mais e se multiplicar para a comunidade. Essa não é a primeira parceria com o Núcleo, já temos trabalhos feitos em outras hortas também”.

Segundo Adolfo Costa, egresso do curso de Engenharia Agronômica da UESPI e membro do NEA Cajuí, o projeto foi iniciado por uma iniciativa da Associação dos moradores da região, juntamente com o movimento dos pescadores. “Após essa participação com os parceiros da Cáritas, articulei uma maior presença do núcleo junto ao professor Valdinar e com a participação dos discentes”.

Adolfo Costa durante entrevista a TV Costa Norte/ Divulgação: TV Costa Norte

NEA CAJUÍ

O Nea/Cajuí leva atividades de extensão de cunho agroecológico em comunidades rurais de pequenos agricultores. A metodologia empregada busca levar conhecimentos técnicos a pequenos produtores rurais. São promovidas atividades teóricas e práticas.

Os trabalhos de extensão tiveram início no ano de 2010 através da iniciativa de discentes do curso de Agronomia da UESPI, bem como dos professores da instituição e pesquisadores da Embrapa Meio Norte, visando atender comunidades assentadas na região Norte do Piauí.

Medicina UESPI: alunos são premiados no IV Congresso Brasileiro Médico Acadêmico

Por Anny Santos

No último Domingo (18), alunos do curso de Medicina da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) participaram do IV Congresso Brasileiro Médico Acadêmico. O evento, que teve início na quinta-feira (15), premiou alunos da nossa instituição em diversas categorias por trabalhos de pesquisas apresentados e bem avaliados. Na mesma ocasião, foram realizados o XII Congresso Nordestino Médico Acadêmico (COMANE) e o XXVIII Congresso Médico Acadêmico do Piauí (COMAPI).

Foram apresentados em torno de 150 trabalhos acadêmicos no evento com premiação de certificados e troféus. O IV Congresso Brasileiro Médico acadêmico é um evento destinado a acadêmicos e profissionais da área da saúde com intuito de explanar temas de relevância com enriquecimento cultural e científico que também permite compartilhar experiências e conhecimentos.

Dentre os premiados, o trabalho “Ação Protetora Gástrica do Óleo Essencial das Folhas de Croton Heliotropiilolius Kunth”, orientado pela professora Dra. Rosemarie Brandim Marques, que desenvolve pesquisas com plantas medicinais no Núcleo de Pesquisas em Biotecnologia e Biodiversidade da UESPI, conquistou o 1° Lugar na categoria Apresentação Oral Livre.

De acordo com a pesquisadora e professora, os trabalhos apresentados no COMAPI são produtos de PIBIC e PIBITI, com bolsas CNPq e desenvolvidos por alunos do curso de Medicina. A equipe do trabalho é composta pelos alunos Angélica Lima soares, Esdras Morais, Heloisa Cronemberger, Luanna Carvalho, Luiz Fernando Reis, Nailton Passos e o professor colaborador Dr. Antônio Luiz Martins Maia Filho.

Luanna Carvalho, uma das alunas pesquisadoras, destaca que a importância maior da pesquisa, em termos acadêmicos, não se trata somente de currículo ou de benefícios na graduação, mas sobre o papel desse trabalho na sociedade, que busca validar e introduzir os primeiros passos em busca da medicina natural/alternativa.

“A minha experiência foi excelente. De início, fiquei um pouco receosa nas pesquisas com testes em animais, por ser algo muito delicado e estranho de primeira impressão, mas logo me acostumei e fiquei muito feliz em fazer parte. Só tenho a agradecer o aprendizado e o conhecimento que ganhei sobre a iniciação cientifica e algumas coisas técnicas que me ajudarão na graduação e sobre dedicação e comprometimento, que pude observar tanto na professora Rosemarie quanto nos meus colegas que também participavam. A premiação foi uma grande surpresa e me deu grande emoção. Claro, que o prêmio é de toda a equipe, mas ter apresentado um trabalho relevante a ponto de ser premiado, foi motivo de muita satisfação e gratidão para mim”, ressalta a aluna.

Mais premiações de Uespianos

Outro trabalho premiado foi o “Análise epidemiológica das internações por transtornos mentais e comportamentais no Estado do Piauí entre os anos de 2012 e 2021”, orientado pelo professor Dr. Felippe Fenelon, conquistando o 2° lugar na categoria E-pôsteres.

De acordo com o orientador trata-se de uma análise epidemiológica das internações por transtornos mentais e comportamentais no Piauí de 2012 a 2021. Na análise, foi verificado as variáveis sexo, idade, raça/cor, número de internações e de óbitos e tipo de transtorno. O aluno orientando, João Victor Coimbra, afirma que foi possível verificar que as internações e óbitos nessa época envolvem principalmente homens pardos entre 30 e 39 anos, geralmente por esquizofrenia e transtornos delirantes.

“Para a comunidade acadêmica esse trabalho é importante, pois teve um achado peculiar: enquanto no resto do Brasil houve uma tendência na redução das internações psiquiátricas no período de 2010 a 2020, no Piauí, principalmente de 2015 a 2019, por motivos que precisamos de mais estudos para esclarecer, houve um aumento nas internações. Ao realizar o trabalho, o primeiro que fiz neste modelo, eu não estava esperando uma premiação. Fiquei muito feliz quando soube que fiquei em 2° lugar, afinal não só há centenas de trabalhos concorrendo pela premiação, mas todos no meio sabem como é muito difícil conseguir ser premiado em congressos, seu trabalho e sua apresentação precisam ser extremamente consistentes e bem feitos. Esse trabalho também é importante pois servirá de alicerce para outros artigos que necessitem dos dados que coletamos. Para a comunidade externa, esse trabalho é essencial pois traz atenção a um tema muito negligenciado, as doenças psiquiátricas, que, em pleno 2022, ainda possuem um enorme estigma atrelado a elas”, pontua o aluno.

Ocupando o 2° lugar na categoria Relato de caso, o trabalho “Sarcoma Fibroximóide de Baixo Grau Primário de Parede Torácica: relato de um caso raro com diagnóstico desafiador”, orientado pelo Dr. Eduardo Sá, a pesquisa surgiu a partir de uma feliz surpresa durante a condução da coleta de dados do Trabalho de Conclusão de curso (TCC) do aluno Rafael Everton Assunção, um projeto sobre câncer de mama; encontramos dentre os prontuários analisados este caso raro de sarcoma fibromixóide de baixo grau.

De acordo com o aluno este tumor também pode ser chamado de “tumor de Evans”, uma vez que foi descrito pela primeira vez por Evans, em 1987, apesar da nomenclatura oficial, atualmente, ser a referida no caso. Esta situação é bem interessante tanto pela raridade como curiosidade. A localização dele na parede torácica é bastante rara, o que já o torna também uma possibilidade pouco pensada nestes casos. Além disso, a análise anatomopatológica destes tumores é, muitas vezes, pouco específica, dificultando o diagnóstico.

Contudo, o trabalho mostra que é importante realizar o diagnóstico correto nestes casos, uma vez que estes tumores são agressivos e poucos responsivos a estratégias de quimioterapia e radioterapia adjuvantes disponíveis atualmente, sendo preciso um seguimento de longo prazo e atento nestes casos.

“Todos os envolvidos no trabalho se sentem bastante honrados com a premiação, uma vez que o COMAPI é reconhecidamente um evento muito importante para a comunidade médica e acadêmica piauiense. Esperamos que o trabalho, de alguma forma, desperte a atenção para esta neoplasia que, além de rara, é pouco conhecida e suspeitada”, finaliza.

Na categorial Tema Oral Livre o trabalho intitulado “Coinfecção Bacteriana e Fúngica em Pacientes com Covid-19 na Unidade de Terapia Intensiva de um Hospital Público de Teresina- Piauí em 2021” ocupa o 3° lugar. Orientado pela professora Liline Maria Soares Martins, a pesquisa analisou 300 pacientes internados na UTI do Hospital Getúlio Vargas (HGV), com o intuito de entender o que agravava o caso dos indivíduo com Covid-19.

A aluna e pesquisadora, Joana Clara Macedo, pontua a importância do trabalho realizado durante a pesquisa e os dados obtidos através dela. “Minha grande motivação para essa pesquisa foi estudar mais sobre a COVID-19 que foi e ainda é uma doença que afetou populações do mundo inteiro e causou tantas mortes. Pesquisar esses pacientes foi uma forma de entender mais o que acontecia quando a doença se agravava e o porquê havia tantos óbitos”.

Jornalismo UESPI: aluna conquista 1° lugar no Prêmio Sebrae de Jornalismo

Por Anny Santos

Aluna do curso de Bacharelado em Jornalismo da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) conquista 1° e 3° lugar no Prêmio Sebrae de Jornalismo. O prêmio é uma iniciativa do Sebrae para valorizar os profissionais de imprensa que contribuem para fortalecer o empreendedorismo brasileiro com seu trabalho.

Vitoria Pilar, aluna do 7° bloco de Jornalismo do campus Poeta Torquato Neto, se destaca ao conquistar 1° e 3° lugar no Prêmio Sebrae de Jornalismo, que tinha como tema dessa edição “Pequenos Empreendedores que Inovam”, pessoas que estão no mercado, sendo microempreendedores, e inovando em alguma parte de suas produções. A premiação contou com as categorias de Texto, Áudio, Vídeo e Foto.

Para a vencedora do prêmio, é muito importante ter o seu trabalho reconhecido e essa é uma das principais funções desse concurso. Segundo ela, pensar em novas e boas histórias e poder contá-las foi fundamental, fazer algo em que se acredita e fazer com que as pessoas tenham um novo olhar sobre o Piauí é um papel ímpar que Vitória atribui ao jornalismo.

“Quando eu vi que o SEBRAE estava dando um prêmio e abriu o concurso, então, logo me prontifiquei para poder participar, porque uma premiação desse cunho é muito importante para termos um reconhecimento do nosso trabalho. Todas as instituições que fazem algum tipo de concurso para reportagens, elas possuem o objetivo de estar pautando a imprensa, mas, ao mesmo tempo, reconhecer os profissionais de comunicação. Então, assim que que eu vi o prêmio também vi uma oportunidade de reconhecimento do meu trabalho e incentivar essas pautas mais inovadoras”.

A reportagem que conquistou o 1° lugar foi feita exclusivamente para o concurso. Ela narra a história pessoal da família de Vitoria Pilar, considerada uma das famílias fundadoras da Feira do Livro do Piauí, que começou a ser trilhada em meados década de 90 quando ela ainda era realizada na Praça do Liceu e os livros eram vendidos no chão. A reportagem conta a história e a reinvenção desses empreendedores com a pandemia, onde tiveram que transformar um mercado de papel em um mercado digital, modificando seus serviços.

 “Atribuo muito dessa conquista aos meus colegas de trabalho. O site que estou hoje, O Estado do Piauí, é um site muito novo, ele tem menos de um ano e é um projeto em que a gente acredita num jornalismo que é possível, um jornalismo que conta histórias, um jornalismo progressista que pode se reinventar para além do Hard News. Além disso, foi na UESPI que eu fiz os meus primeiros contatos de mercado, foi o lugar em que eu aprendi o que é um texto e que é um texto jornalístico. A universidade me deu professores que são meus amigos e amigos que são como irmãos, então a UESPI tem esse papel como ser humano”.

Vitoria Pilar enxerga o prêmio como um impulso para jovens jornalistas que querem fazer uma boa pauta e conseguir reconhecimento por meio de seus trabalhos. “Pesa muito a experiência e ser novo no mercado. Ser jovem e ter conquistado esse prêmio em meio a tantos repórteres tão experientes e muito bons é também uma forma de mostrar que o novo jornalismo e o jovem jornalista têm espaço nesse mercado”.

Em 3° lugar ficou a reportagem feita em 2021, no aniversário do Piauí. Trata-se de uma reportagem sobre pessoas que, dentro dos seus pequenos negócios, tinham o Piauí como inspiração. É uma história sobre pessoas que vendem copos, blusas e outros objetos customizados, o negócio delas é o Piauí. O texto feito em homenagem ao aniversário do Estado.

Homologação das inscrições do Processo Seletivo para estágio em Letras/Inglês

A Universidade Estadual do Piauí, por meio da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários – PREX e do Departamento de Assuntos Estudantis e Comunitários – DAEC,
torna pública a homologação das inscrições do Processo Seletivo para Estágio Não Obrigatório do
Departamento de Línguas-DL do Curso de Licenciatura Plena em Letras Inglês em Teresina-PI, conforme Edital PREX/DAEC nº 030/2022.

Confira:

SEI_GOV-PI – 5475264 – Memorando

Confira o Aditivo I do Edital DAEC/PREX/SEE Nº 030/2022

A Universidade Estadual do Piauí, por meio da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários (PREX) e do Departamento de Assuntos Estudantis e Comunitários – DAEC,
torna público o Aditivo I do Edital DAEC/PREX/SEE Nº 030/2022 referente ao processo seletivo de
Estágio Extracurricular do Curso de Licenciatura Plena em Letras Inglês com lotação no Departamento
de Línguas desta Pró- Reitoria no campus Torquato Neto em Teresina-PI.

Confira:

SEI_GOV-PI – 5475533 – Termo Aditivo

PREX e DAEC tornam público edital para estágio no curso de Letras/Espanhol

A Universidade Estadual do Piauí, por meio da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários – PREX e do Departamento de Assuntos Estudantis e Comunitários – DAEC, torna público a abertura de Processo Seletivo para Estágio Não Obrigatório do Curso de Licenciatura Plena em LetrasEspanhol, para lotação no Departamento de Línguas -PREX/DL, em Teresina (PI).

Confira:

SEI_GOV-PI – 5476563 – Edital

Inscrições para Consultor do Pibeu

A Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários – PREX da Universidade Estadual do Piauí – UESPI, públicou a chamada pública no dia 19 de setembro 2022 link: https://uespi.br/chamada-publica-edital-pibeu/ com abertura de inscrições para docentes do quadro efetivo e provisório de todas as áreas do conhecimento para a formação do banco de Consultores Ad Hoc a fim de avaliar os programas e projetos do EDITAL PIBEU/PREX Nº 031/2022.
As inscrições iniciam hoje (20) e vão até o dia 03 de outubro de 2022. Os docentes interessados em prestar assessoria e emitir parecer acerca de programas/projetos e trabalhos desenvolvidos junto a PREX podem se inscrever através do link: https://forms.gle/gt9SmyBvjk1srzYY8 até o dia 03 de outubro de 2022.

PREX e DAEC lançam edital de estágio para lotação no departamento de línguas

A Universidade Estadual do Piauí, por meio da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários – PREX e do Departamento de Assuntos Estudantis e Comunitários – DAEC, torna público a abertura de Processo Seletivo de Edital Externo para Estágio Não Obrigatório do Curso de Licenciatura Plena em Letras Francês, para lotação no Departamento de Línguas -PREX/DL, em Teresina (PI).

Confira:

SEI_GOV-PI – 5463968 – Edital37

PREG: Edital de Monitoria para o semestre 2022

A PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ torna público o Edital PREG No 35/2022, referente à seleção de monitores doPrograma de Monitorias Remuneradas e Não – Remuneradas para o primeiro semestre letivo de 2022, conforme Resolução CEPEX No 005/2020 de 07/02/2020.

1 – Edital do Programa de Monitoria 2022.1
2. Disciplinas ofertadas para Edital de monitoria 2022.1

Chamada Pública Edital Pibeu

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI), por meio da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários (PREX) torna pública a CHAMADA PÚBLICA no âmbito do Programa Institucional de Bolsas em Extensão Universitária (PIBEU), em conformidade à Resolução CEPEX No 029/2011 e Edital PREX/PIBEU no 031/2022 para formação do Comitê Local do PIBEU do supracitado edital.

SEI_GOV-PI – 5467624 – Despacho

PREX torna público edital de estágio para Jornalismo, em Teresina

A Universidade Estadual do Piauí, por meio da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários – PREX e do Departamento de Assuntos Estudantis e Comunitários – DAEC, torna pública a abertura de Processo Seletivo para Estágio Não Obrigatório do Curso de Bacharelado em Jornalismo da UESPI  para lotação na Assessoria de Comunicação- ASCOM  no campus Poeta Torquato Neto (TERESINA).

Confira:

SEI_GOV-PI – 5462803 – Edital

PREX torna público edital de seleção para estágio em Jornalismo, no campus de Picos

A Universidade Estadual do Piauí, por meio da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários – PREX e do Departamento de Assuntos Estudantis e Comunitários – DAEC, torna pública a abertura de Processo Seletivo para Estágio Não Obrigatório do Curso de Bacharelado em Jornalismo da UESPI para lotação na Assessoria de Comunicação- ASCOM no campus Barros Araújo, em Picos (PI).

Confira:

SEI_GOV-PI – 5450931 – Edital39

PREX torna público processo seletivo para estágio em Letras/Português

A Universidade Estadual do Piauí, por meio da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários – PREX e do Departamento de Assuntos Estudantis e Comunitários – DAEC, torna público a abertura de Processo Seletivo para Estágio Não Obrigatório do Curso de Licenciatura Plena em LetrasPortuguês, para lotação no Departamento de Línguas -PREX/DL, em Teresina (PI).

Confira:

SEI_GOV-PI – 5441236 – Edital36

Segunda convocação do Auxílio Moradia está disponível!

A Universidade Estadual do Piauí, por meio da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários – PREX, torna pública a convocação de discentes classificados/as no Cadastro Reserva do Edital DAEC/PREX/UESPI No 03/2022 referente ao Programa Auxílio Moradia.

Os candidatos convocados/as deverão responder o formulário eletrônico no link, anexando em formato PDF, o Termo de Compromisso preenchido e assinado, RG, CPF, Cartão Bancário e Extrato de conta (poupança ou corrente) de quaisquer bancos.

Os/as discentes também devem parcipar da reunião informava que será realizada on-line no dia 23/09/2022 às 10h. Segue link da vídeochamada: https://meet.google.com/cfp-tmru-cnm

Confira a convocação:

CONVOCAÇÃO AUXÍLIO MORADIA

PIBEU 2022: Tire suas dúvidas com relação ao lançamento do edital

Por Vitor Gaspar

Uma boa oportunidade para a comunidade acadêmica da Universidade Estadual do Piauí! Através da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários (PREX), a UESPI organiza uma live com a finalidade esclarecer dúvidas e destacar os principais pontos relacionados ao lançamento do edital do Programa Institucional de Bolsas em Extensão Universitária (PIBEU).

O edital lançado para a seleção de propostas de projeto de extensão, oferta 70 vagas com bolsas no valor de R$ 400,00 tendo duração de 12 meses.  A Extensão é uma das funções sociais da Universidade, realizada por meio de um conjunto de ações voltadas à sociedade, que devem estar vinculadas ao Ensino e à Pesquisa.

Para falar sobre isso, a Pró-Reitora da PREX, Prof. Dra. Ivoneide Alencar, destaca que a equipe se reuniu para ajudar professores e alunos que queiram esclarecer dúvidas estando de portas abertas para esclarecer esses questionamentos. “Nesse programa, professores e alunos estarão juntos, no sentido de dar a movimentação que a pesquisa é necessária”.

Prof. Dra. Ivoneide Alencar apresentando o programa e a sua importância para a comunidade acadêmica

De acordo com o diretor do Departamento de Programas e Projeto de Extensão, Lucídio Carvalho, esse edital conta com uma novidade que foi a retirada do relatório parcial. Segundo ele, essa mudança dará mais liberdade ao professor, na condução do PIBEU. “Com essa modificação, a gente espera que durante o relatório final podemos colher melhoras na construção desse relatório”, finaliza.

A live contou com a participação de membros do departamento ligados ao programa

A Universidade lança o edital para submissão de projetos de extensão todos os anos, sendo que o mesmo deve ser submetido por um professor orientador. Para este ano as 70 vagas são destinadas a 7 Áreas do Conhecimento, sendo:

04 vagas para o curso de Ciências Agrárias

10 vagas para Ciências da Saúde

07 vagas para Ciências Exatas e da Terra

16 vagas para Ciências Humanas

19 vagas para Ciências Sociais Aplicadas,

04 vagas para Engenharias e Tecnologias

10 vagas para Linguística, Letras e Artes

Segundo o chefe da Divisão de Programas Socioculturais, Sr. José Ramalho, o programa proporciona ao aluno o contato na prática do que ele vivenciou em sala de aula, e dessa forma faz com que a Universidade trabalhe diretamente com a comunidade. Além disso, ele destaca a importância do incentivo financeiro aplicado ao bolsista.

“O incentivo para os bolsistas é importante, pois são eles que estão diretamente ligados ao programa e que vão fazer os relatórios que serão enviados para avaliação e quem vão participar do seminário relatando tudo o que aconteceu durante a extensão”, encerra.

Os principais critérios para a participação no PIBEU sendo apresentados via slide e explicados pelo chefe da Divisão de Programas Socioculturais

Alguns dos critérios necessários para o programa são: de atendimento a área temática e linha de extensão, natureza extensionista da proposta, relação com a proposta pedagógica de curso, relação com a sociedade, contexto e justificativa das propostas, clareza de objetivos e metas, dentre outros pontos prescritos no edital.

Os interessados ainda podem enviar suas dúvidas para o endereço de e-mail dpsc@prex.uespi.br, ou entrando em contato com Ramalho Leite através do número (86) 99932-5072.

Confira o edital completo: SEI_GOV-PI-5337485-Edital

PRIL: Segunda convocação do Edital 009/2022

A Universidade Estadual do Piauí – UESPI, por intermédio da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação – PREG  torna público a SEGUNDA CONVOCATÓRIA – MATEMÁTICA LISTA DE ESPERA 2022.2 NO PROCESSO SELETIVO DO EDITAL 009/2022, DE 14 DE MARÇO DE 2022.

As datas das matrículas:

Matrícula institucional – 19, 20 e 21/09
Recurso – 22/09
Matrícula curricular – 23 e 24/09

Confira o documento abaixo:

Professores e alunos de enfermagem da UESPI participam de Congresso em Fortaleza-CE

Por Vitor Gaspar

Na manhã do dia 12 de setembro, professores, coordenadores e alunos de Enfermagem da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) estiveram na 24º edição do Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem (CBCEFN), realizado no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza.

Professores e alunos representando a UESPI

O CBCEFN é o maior evento científico anual da área de Enfermagem na América Latina e, em 2022, trouxe como como tema a “Valorização e Reconhecimento da Enfermagem: política, inovação e autonomia”. O encontro reuniu mais de 300 pessoas participantes do minicurso de Tecnologia em lesões de pele.

Mais de 30 representantes da UESPI estiveram no Congresso, entre eles a Prof. Dra. Sandra Marina, do Centro de Ciência da Saúde (CSS/Facime). Ela é também membro da Associação Brasileira de Estomaterapia (SOBEST) e ministrou um mini curso para mais de 300 pessoas sobre tecnologias em lesões de pele, que ocorreu na manhã do dia 12 de setembro. “Foi uma alegria ver o auditório repleto de estudantes, enfermeiros e estomaterapeutas no curso e ressalto que a principal tecnologia é avaliação e limpeza e está acessível a todos. Os produtos e coberturas dependem de conhecimento e indicação correta”.

Profa. Sandra Marina ministrou um mini curso durante o evento para mais de 300 pessoas

Também estavam presentes no evento juntamente com seus discentes a Coordenadora do curso de Enfermagem de Floriano, Profa. Maria Luzinete Rodrigues, o professor Augusto Cunha, o Coordenador do curso de Enfermagem em Parnaíba, Prof. Joelson Almeida e Prof. Allamy Danilo, do Curso de Bacharelado em Enfermagem, Campus Doutora Josefina Demes.

“O CBCENF se configura como um dos maiores eventos da enfermagem brasileira e traz pautas, debates e reflexões importantes para a categoria profissional. Neste sentido, observa-se a importância de estar presente neste evento, a fim de buscar melhorar as condições da nossa categoria profissional, bem como para a atualização do cuidado em enfermagem com o intuito de qualificar a assistência prestada à população”, afirmou o prof. Augusto Cézar, de Floriano.

 

Prof. Allamy Danilo, de Floriano esteve no Congresso coordenando trabalhos

 

Os estudantes de Enfermagem da UESPI, de variados blocos, apresentaram diversos trabalhos voltados a temas relacionados a temática da disciplina. E para falar sobre isso, Yara Oliveira, discente do 9º período do Centro de Ciências da Saúde (CCS), da FACIME de Teresina destaca que foi muito gratificante poder estar participando deste grande Congresso. “Sou relatora de um trabalho e coautora de um segundo e na Universidade sempre encontramos apoio para realizarmos atividades científicas. Participar de um evento tão importante para a Enfermagem como aluna da UESPI me enche de orgulho!”, finaliza.

Yara Oliveira, apresentou um trabalho sobre descarte de resíduos sólidos e outro sobre assistência de Enfermagem

 

Os alunos de Enfermagem do campus Prof. Alexandre Alves de Oliveira em Parnaíba também marcaram presença no evento.

O Coordenador do curso, em Parnaiba, Prof. Joelson Almeida, estava com os alunos do 5, 7 e 9 períodos do curso de Enfermagem de Parnaiba vieram apresentar seus resultados oriundos de pesquisas e extensão voltados ao campo da Enfermagem.

Entre eles, Letícia Silva, vice-presidente do Centro Acadêmico Solange Feitosa. Para ela, a participação na edição deste ano foi uma experiência enriquecedora para o seu crescimento profissional. “Me proporcionou aprendizados inovadores e surpreendentes. Senti enorme satisfação e alegria, que venha o 25° CBCEFN!”.

Letícia Silva, vice-presidente do Centro Acadêmico Solange Feitosa, em Parnaíba

 

De acordo com as discentes de Enfermagem de Parnaíba a presença no 24° CBCENF para apresentação de trabalhos na categoria de Comunicação Coordenada confere às acadêmicas  não somente a experiência de participação em um congresso nesse período pós pandêmico, mas também o enriquecimento de suas bagagens acadêmicas através do contato com profissionais e acadêmicos do Brasil e do mundo, assim como as palestras, minicursos, mesas redondas, simulações e cursos sediados pelo evento.

A ação contou com mesas redondas, palestras, lançamentos de livros, apresentação de trabalhos, contando com encontros de gestão de Conselhos de Enfermagem, dentre outras atrações. Além disso, foram premiados trabalhos em três temas: Inovação das Práticas de Cuidado, Dimensão Ético Política nas Práticas Profissionais e Tecnologias e Comunicação na Formação de Enfermagem.

 

Os projetos apresentados por discentes da UESPI:

Trabalho: Importância dos Conhecimentos de Enfermagem durante a pandemia de COVID- 19:

Período: 7º Bloco

Campus: Centro de Ciências da Saúde (CCS) – FACIME em Teresina

Autores:  Vyrna Rebeca; Ícaro Soares; Lísia Probo; Lívia Maria; Mayara Natália.

Trabalho apresentado por Vyrna Rebeca

 

Trabalho: A atuação do Profissional Enfermeiro na Atenção a pessoa Transexual:

Período: 7º Bloco

Campus: Centro de Ciências da Saúde (CCS) – FACIME em Teresina

Autor: Ícaro Soares

Ícaro Soares, durante apresentação da pesquisa

Trabalho: Avaliação da dor oncológica em pacientes durante a pandemia por Covid-19: estratégia de cuidados paliativos

Período: 4º Bloco

Campus: Centro de Ciências da Saúde (CCS) – FACIME em Teresina

Autora: Maria Inês Martins de Araújo

Maria Araújo, durante apresentação do projeto

Trabalho: MANEJO NO CONTROLE DE INFECÇÕES HOSPITALARES MULTIRESISTENRES ASSOCIADAS A PACIENTES PORTADORES DE COVID -19

Período: 4º Bloco

Campus: Centro de Ciências da Saúde (CCS) – FACIME em Teresina

Autora: Maria Inês Martins de Araújo

Mais uma pesquisa apresentada pela discente Maria Araújo

Trabalho: Intervenção Educativa em saúde sobre alimentação infantil equilibrada

Período: 5º Bloco

Campus: Centro de Ciências da Saúde (CCS) – FACIME em Teresina

Autores: Maria Victória Pereira Veloso/ Fabiana Batista; Michele Cabral; Maria Eduarda; Domicio Lima; Adriana Sousa

Maria Veloso apresentando seu projeto

Trabalho: O Manejo da tecnologias não-invasivas na desmedicalização do parto

Período:

Campus: Josefina Demes, em Floriano

Autora: Maria Eduarda Constâncio da Silva

Colaboradores: Alessandra Beltrami, Ana Oliveira, João de Sousa e Maria Rodrigues

Maria Eduarda da Silva apresentando o projeto

Trabalho: Educação em saúde para crianças: estratégia de combate à dengue

Período: 5º Bloco

Campus: Centro de Ciências da Saúde (CCS) – FACIME em Teresina

Autora: Fabiana Ribeiro, com participação de Maria Victoria, Michele Cabral, Maria Eduarda, Domicio Lima e Adriana Sousa

Fabiana Ribeiro com seu projeto apresentado

Trabalho: Relevância da extensão universitária em segurança do paciente para a formação Universitária: relato de experiência

Período: 5º Bloco

Campus: Centro de Ciências da Saúde (CCS) – FACIME em Teresina

Autoras: Maria Eduarda Frota, Fabiana Ribeiro e Adriana Carvalho

Maria Eduarda Frota apresentando sua pesquisa

Trabalho: Ações de uma Liga Acadêmica de Semiologia e Semiotécnica

Período: 10º Bloco

Campus: Josefina Demes em Floriano

Autora: Sandy Soares de Sousa

A autora da pesquisa Sandy Soares falando sobre seu projeto

 

Trabalho: A Enfermagem na Atenção à Saúde da Mulher Vítima de Violência Doméstica: Revisão Integrativa

Campus: Alexandre Alves de Oliveira, de Parnaíba

Autores: Joana Nágila Ribeiro Figueira / Antonia Vitória Elayne Carneiro Araujo /Aline Miranda de Abreu/
Isaac Gonçalves da Silva / Taynara Lais Silva / Thalis Kennedy Azevedo de Araujo /Thatiana Araújo Maranhão

 

Trabalho: Educação Sexual como Promoção de Saúde na Pré-Adolescência: Relato de Experiência

Campus: Alexandre Alves de Oliveira, de Parnaíba

Autora: Aline Miranda de Abreu / Antonia Vitória Elayne Carneiro Araujo / Joana Nágila Ribeiro Figueira
Poliana Veras de Brito / Maylana Rodrigues Linhares / Joelson dos Santos Almeida

 

Trabalho: Enfermagem na Promoção e Incentivo da Vacinação: Relato de Experiência

Campus: Alexandre Alves de Oliveira

Autora: Maylana Rodrigues linhares / Aline Miranda de Abreu / Ananda Moraes Manda / Antonia Vitória Elayne Carneiro Araujo / Joana Nágila Ribeiro Figueira / Poliana Veras de Brito / Joelson dos Santos Almeida

Título: Percepção do enfermeiro sobre o cuidado humanizado à pacientes

Campus: Centro de Ciências da Saúde (CCS) – FACIME em Teresina

Bloco: 7º período

Autores: Lísia Andrade, Maísa Almeida e Nathalia Maria

Lísia Andrade

Título: Caracterização de internações e óbitos por diabetes melitus no nordeste brasileiro entre 2010 e 2019

Bloco: 7º período

Campus: Josefina Demes, de Floriano

Autor: Luan Marques

Luan Marques

Título: Enfermagem na Prevenção e Enfrentamento do Bullying no Ambiente Escolar: Relato de Experiência

Campus: Alexandre Alves de Oliveira, de Parnaíba

Autores: Maylana Rodrigues Linhares / Aline Miranda de Abreu / Antonia Vitória Elayne Carneiro Araujo
Joana Nágila Ribeiro Figueira / Poliana Veras de Brito / Joelson dos Santos Almeida

 

Título: Saúde Sexual e Reprodutiva como Estratégia de Promoção de Saúde no Ambiente Escolar: Relato de Experiência

Campus: Alexandre Alves de Oliveira de Parnaíba

Autores: Aline Miranda de Abreu / Antonia Vitória Elayne Carneiro Araujo / Joana Nágila Ribeiro Figueira
Joelson dos Santos Almeida

 

Título: Higiene Pessoal como Educação em Saúde na Infância: Relato de Experiência

Campus: Alexandre Alves de Oliveira, de Parnaíba

Autores: Joana Nágila Ribeiro Figueira / Aline Miranda de Abreu / Antonia Vitória Elayne Araujo
Maylana Rodrigues Linhares / Poliana Veras de Brito / Joelson dos Santos Almeida

 

PREG torna público Edital de Seleção de Secretário do Curso de Matemática do PRIL, para o Campus de Campo Maior

A Universidade Estadual do Piauí – UESPI, por intermédio da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação – PREG, torna público o presente edital referente à seleção de Secretário Presencial + cadastro reserva, que atuará no Curso de Licenciatura Plena em Matemática, na modalidade PRESENCIAL, nos Campus Heróis do Jenipapo – Campo Maior (PI) como bolsistas do Programa Institucional de Fomento e Indução da Inovação da Formação Inicial Continuada de Professores e Diretores Escolares ‒ PRIL – Edital MEC nº 66/2021, conforme definido no projeto pedagógico, mediante as condições estabelecidas neste Edital.

Edital_secretarios_Campo_Maior_15_09

Convocação n° 7 de edital 002/2021 está disponível

A Universidade Estadual do Piauí –UESPI, por intermédio da Coordenação de Projetos e Documentação do Núcleo de Educação a Distância – NEAD/UESPI, no uso de suas atribuições legais e em conformidade com o Resultado Final do PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TÉCNICO DE APOIO A SISTEMAS E REDES, PROGRAMADOR E AUXILIAR ADMINISTRATIVO + CADASTRO RESERVA do Núcleo de Educação a Distância – NEAD, torna pública a convocação n° 7 do edital. Confira:

UAB_7__CONVOCACAO_EDITAL_002_2021

Seleção de bolsista de Pós-Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Letras da UESPI

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Letras – PPGL da Universidade Estadual do Piauí (PPGL)– UESPI, no uso de suas atribuições, tornam pública a abertura de inscrições para o processo seletivo de 1 (um) bolsista de pós-doutorado para o PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO (PDPG) PÓS-DOUTORADO ESTRATÉGICO, para o exercício de atividades de ensino, pesquisa e extensão no âmbito deste Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu, em conformidade com o Edital CAPES nº 16/2022, o qual se encontra registrado nos autos do Processo SEI nº 23112.008669/2022-00.

O(a) candidato(a) deve encaminhar à Secretaria do PPGL até o dia 23 de Setembro de 2022, via email da coordenação do curso a documentação exigida no ato da inscrição. Veja mais detalhes no EDITAL.
Para sanar quaisquer dúvidas, enviar para o email: mestradoemletras@prop.uespi.br

SEI_GOV-PI – 5423726 – Edital