Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

Uespi Parnaíba: projeto de extensão auxilia produtores rurais no Litoral do Piauí

Por Anny Santos

Alunos do curso de Bacharelado em Engenharia Agronômica da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), campus Prof. Alexandre Alves de Oliveira localizado em Parnaíba, desenvolvem projeto de extensão que visa análise do solo e melhoria da produtividade no Litoral do Piauí.

Alunos do 4° bloco de Agronomia em prática das atividades do projeto de extensão.

Alunos do 4° bloco de Agronomia em prática das atividades do projeto de extensão.

Originando-se através da disciplina Química e Fertilizada do Solo, ministrada pelo Prof. Dr. Valdinar Bezerra, o projeto conta com a participação dos alunos do 4° bloco de Agronomia e do Engenheiro Agrônomo, Roberto Santos, egresso da UESPI.

Para o Prof. Dr. Valdinar Bezerra, as atividades desenvolvidas propiciam aos alunos um maior desenvolvimento dos ensinos e competências adquiridos em sala de aula. Além disso, os produtores se beneficiam com as análises realizadas pelos discentes, auxiliando no desenvolvimento da produção local.

Alunos do 4° bloco de Agronomia em coleta de amostras de solo.

Alunos do 4° bloco de Agronomia em coleta de amostras de solo.

“Para os produtores rurais da planície, todas as atividades relações são extremamente importante e benéficas. É comum que eles façam adubação sem qualquer análise química ou correção do solo, o que pode dificultar o desempenho e a produção realizada no solo. Esse fato não foge da realidade brasileira, pois segundo o último Censo do IBGE, 58% dos produtores rurais não fazem qualquer coleta de amostra de solo para saber a real situação, do ponto de vista químico e biológico”, destaca o professor.

A turma da disciplina foi dividida em grupos, onde cada um ficou responsável pela coleta de amostras de solo e execuções das análises em laboratório. Além dos benefícios para a produção agrícola local, as atividades contribuem para as notas da disciplina, através da organização e apresentação dos resultados.

Alunos do 4° bloco de Agronomia em prática das atividades do projeto de extensão.

Alunos do 4° bloco de Agronomia em prática das atividades do projeto de extensão.

Os alunos poderão ainda, dependendo dos resultados das amostras, realizar a prática de calagem. A prática serve para diminuir a acidez do solo, aumentando seu pH, além de fornecer cálcio e magnésio para as plantas, etapa indispensável da preparação do solo.

Thiago de Sousa Araújo, líder de turma do 4° bloco, afirma que o contato com o campo após período de aulas online foi uma experiência incrível, pois segundo ele com as pesquisas de campo o aluno se sente motivado a estudar e ter mais curiosidade sobre o conteúdo das matérias. “O professor Valdinar nos incentiva muito. Equilíbrio é extremamente necessário e o estudo do solo é um dos princípios fundamentais para qualquer agrônomo, ou seja, acrescentou e muito na minha formação, hoje entendo e compreendo muito melhor o porquê de uma cultura ser próspera ou não. Uma frase que o professor falou marcou muito a formação de todos da turma, ele disse que nem todo solo fértil é produtivo, mas todo solo produtivo e fértil”, finaliza o aluno.