Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

NUFPERPI desenvolve Sistema de Controle e Monitoramento de Bombeamento Solar

Por Anny Santos

Com o intuito de levar água de nascentes ou poços para reservatórios das localidades interioranas, onde existe o déficit desse recurso, o Núcleo de Formação e Pesquisa em Energias Renováveis e Telecomunicações do Piauí (NUFPERPI) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), realiza pesquisa “Desenvolvimento de Sistema de Controle e Monitoramento de Bombeamento Solar”.

Central de monitoramento e acionamento da bomba, considerado o cérebro do sistema.

Central de monitoramento e acionamento da bomba, considerado o cérebro do sistema.

O sistema em desenvolvimento opera por meio da tecnologia SMS (telefonia móvel) para promover a comunicação entre o equipamento de bombeamento de água e usuário através do celular. Por meio dos sistemas de sensores de monitoramento integrados ao projeto desenvolvido é possível realizar o controle do equipamento.

Segundo o Prof. Juan de Aguiar, Orientador da pesquisa e Coordenador do Núcleo, o sistema de telesupervisão e telecomando de bombeamento solar, utilizando rede móvel, é oriundo da iniciativa de suprir a necessidade das comunidades em monitorar o sistema de bombeamento. “Uma das grandes vantagens desse sistema é a capacidade de fazer o monitoramento sem estar presente no local onde o bombeamento será implementado. Com o sistema você poder ter o sinal, o comando e as informações sem precisar realizar esse deslocamento”.

Simulação de como seria o funcionamento do projeto, sendo um recipiente simulador de um reservatório de água.

Simulação de como seria o funcionamento do projeto, sendo um recipiente simulador de um reservatório de água.

Por intermédio de um sistema de geração energético solar é possível realizar a captação de água poupando gastos com energia e o deslocamento dos moradores até as regiões de captação que, muitas vezes, é distante e desgastante, assim é realizado o monitoramento dos reservatórios locais mensurando o nível de água com base nessas informações.

Glenerson Vieira, pesquisador e aluno do 7° bloco de Engenharia Elétrica, bolsista PIBIC-UESPI 2022-2023, destaca que o desenvolvimento de um projeto é um processo árduo e exige muita dedicação, principalmente quando se pretende inovar trazendo algum tipo de melhoria ou solucionando problemas da proposta envolvida no projeto.

“A minha experiência com esse projeto tem se resumido em um desafio onde é necessário solucionar uma problemática social e tornar o mais acessível possível e para alcançar esses objetivos é necessário muito empenho e, fundamentalmente, pesquisas nas diversas áreas onde esse projeto engloba seja no sistema de bombeamento, telecomunicações até mesmo a comunidade que irá se beneficiar. Dessa forma, é que se evidencia a importância de um projeto de pesquisa pois é pensado de que forma eu posso solucionar algum tipo de problemática e os meios necessários para resolução disso”, ressalta o discente.

Através do sistema é possível realizar o acionamento ou desacionamento da bomba de agua, além disso o usuário pode realizar o comando para o equipamento por meio de um simples SMS. Outra vantagem do projeto é promover a produção de culturas nessas localidades interioranas, uma vez que é suprido a necessidade de água e também pode ser realizado a automação de irrigação.