Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

Profbio e Profhistória são avaliados com nota 5 pela CAPES

Por Anny Santos

O Mestrado Profissional em Ensino de Biologia (Profbio) e o Mestrado Profissional em Ensino de História (Profhistória), da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), foram aprovados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), obtendo nota 5 atribuída a programas de mestrado.

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROP), é responsável por tratar dos cursos de pós-graduação da UESPI, como os de especialização e mestrado. Além disso, também cuida dos assuntos referentes à pesquisa na instituição, coordenando grupos e projetos, e gerenciando editais como o do PIBIC.

Segundo o Coordenador da PROP, Prof. Dr. Rauirys Alencar, além do PPGL houve esse avanço na melhora da avaliação dos programas de mestrado profissional em Biologia e em História (ambos obtendo nota 5). “Destaco que é um avanço para a Pós-graduação da UESPI, bem como para a pesquisa, inovação e transferência de tecnologia, uma vez que esses programas têm dentro de seus objetivos o desenvolvimento de produtos. É o reconhecimento da qualidade do empenho e dedicação de todos que fazem esses programas de mestrado”.

De acordo com a professora Franciele Martins, Coordenadora do Profbio UESPI, essa foi a primeira avaliação quadrienal e logo de início conseguimos atingir o conceito máximo atribuído pela CAPES para os cursos de Pós-graduação que oferecem Mestrado e isso mostra que o curso avança no caminho certo.

É importante ressaltar que o resultado só foi possível graças ao envolvimento de todos que fazem parte da rede: coordenadores, secretários, mestres, mestrandos e docentes do PROFBIO e o empenho contínuo no desenvolvimento da qualificação profissional, produção intelectual e consequente revitalização do ensino de Biologia na escola pública”, finaliza.

Já para o Coordenador do Profhistória, o professor Danilo Bezerra, o fato denota a envergadura do núcleo bem como uma demanda reprimida, ao observar a relação candidato/vaga, das maiores do Brasil, do exame de seleção, de docentes que não tinham possibilidade de se deslocar até as capitais para dar continuidade em sua formação.

“Nós recebemos com grande contentamento a notícia de que nosso programa atingiu a nota 5. Essa nota revela um ótimo desempenho de docentes e discentes cujas pesquisas, no Ensino de História, têm ganhado volume e qualidade nos últimos anos. O programa tem se revelado um ativo substantivo para a pesquisa no Brasil. Professores e professoras que atuam na rede básica de ensino, e que desejam ampliar seus horizontes de conhecimento; fortalecer sua formação crítica; atualizar suas práticas de ensino em sala de aula; têm encontrado no PROFHISTÓRIA um caminho frutífero”.

O Mestrado Profissional em Matemática também desempenha um importante papel em nossa instituição. De acordo com o Coordenador do Profmat, o professor Arnaldo Silva, a UESPI oferta nove (9) cursos de mestrado, estando o Profmat compondo esse quadro desde 2016, fortalecendo a formação de mestres em nossa universidade. Segundo ele, o curso já titulou 41 alunos que atualmente atuam na Educação Básica, em Institutos Federais ou estão como doutores e doutorandos.

“A contribuição que a UESPI traz com o curso é fundamental para melhorar a qualidade educacional do nosso Estado. E esse é o principal objetivo do curso, qualificar o docente da Educação Básica, em especial da Rede Pública, para que ele possa retribuir para a sociedade esse conhecimento adquirindo, fortalecendo o ensino no Piauí”, destaca.

Sobre os programas

Profbio: O Mestrado Profissional em Ensino de Biologia em Rede Nacional é um curso de pós-graduação stricto sensu que tem como objetivo a qualificação profissional de professores das redes públicas de ensino em efetivo exercício da docência de Biologia.

Profhistória: O Mestrado Profissional em Ensino de História em Rede Nacional é um programa de pós-graduação stricto sensu reconhecido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e tem como objetivo proporcionar formação continuada aos docentes de História da Educação Básica, com o objetivo de dar qualificação certificada para o exercício da profissão.

Profmat: O Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional é um programa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), que oferece bolsas de estudo para mestrado a professores de matemática das redes públicas.

Seleção de bolsista de Pós-Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Letras da UESPI

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Letras – PPGL da Universidade Estadual do Piauí (PPGL)– UESPI, no uso de suas atribuições, tornam pública a abertura de inscrições para o processo seletivo de 1 (um) bolsista de pós-doutorado para o PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO (PDPG) PÓS-DOUTORADO ESTRATÉGICO, para o exercício de atividades de ensino, pesquisa e extensão no âmbito deste Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu, em conformidade com o Edital CAPES nº 16/2022, o qual se encontra registrado nos autos do Processo SEI nº 23112.008669/2022-00.

O(a) candidato(a) deve encaminhar à Secretaria do PPGL até o dia 23 de Setembro de 2022, via email da coordenação do curso a documentação exigida no ato da inscrição. Veja mais detalhes no EDITAL.
Para sanar quaisquer dúvidas, enviar para o email: mestradoemletras@prop.uespi.br

SEI_GOV-PI – 5423726 – Edital

5 Estrelas! O Programa de Pós-Graduação em Letras tem nota 5 na CAPES

Por Vitor Gaspar

O Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual do Piauí (PPGL/UESPI) alcança a nota máxima em resultado divulgado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), referente a Avaliação Quadrienal de 2021.

O PPGL/UESPI aumentou de nota 4 para 5, valor equivalente a pontuação máxima referente a mais de 90% dos indicadores analisados. Na instituição, o programa é vinculado a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Gradução (PROP) e para falar sobre isso, o Prof. Rauirys Alencar, titular da pasta, destaca que essa conquista é o fruto da dedicação de todos que fazem parte do programa.

“É uma conquista coletiva do Programa. Todos e todas sabem, reconhecem o valor e trabalham para melhorar a cada dia. É importante esse empenho, esse engajamento dos docentes, discentes e técnicos e, claro da Administração Superior, porque juntos temos mais força para conquistar a excelência no ensino, pesquisa e extensão. O programa está de parabéns, a UESPI está orgulhosa e vamos juntos e juntas buscar mais conquistas, porque isso se reflete em uma educação mais sólida e com mais qualidade”.

A Capes avalia, a cada quatro anos, o desempenho dos programas de pós-graduação das instituições de ensino superior públicas e privadas. O órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC) analisa indicadores relativos à qualidade dos programas, da formação e ao nível de impacto social da produção intelectual. Para o atual Coordenador do Programa, Prof.Dr. Franklin OIiveira, esse desempenho é um reflexo de um árduo trabalho de Autoavaliação do Programa e do esforço coletivo de professores, alunos e técnicos com a liderança dos Coordenadores que executaram um plano estratégico desde a última avaliação para que esse resultado tivesse êxito.

“A trajetória do PPGL é marcada pelas parcerias nacionais e internacionais e pela dedicação dos nossos docentes, discentes e técnicos.  O nosso Mestrado conquistou projeção nacional em pouco mais de 10 anos de sua criação. A excelência do programa está relacionada ao investimento em corpo docente formado por pesquisadores de alto nível, à proposta pedagógica e por nossa Autoavaliação. Nossa meta agora é conseguir o Doutorado. Estamos confiantes e motivados para ter um resultado positivo nesta submissão”.

Prof. Franklin Oliveira, atual coordenador do Programa

O desempenho do programa se mostrou satisfatório nos três quesitos da avaliação. Em relação à qualidade do programa, o curso se destaca por seu planejamento estratégico, pela produção intelectual, pelo nível de aprendizado do discente, pelas parcerias institucionais e pela atuação efetiva dos docentes e discentes no ensino, na pesquisa e na extensão.

Para a Prof. Dra. Algemira Mendes, ex-coordenadora do PPGL (2017-2020), o excelente resultado é fruto do esforço coletivo de todos que fazem parte do processo. ”Entendo que devemos agradecer à rede de cooperação que formamos entre os discentes, docentes, técnicos e o apoio da administração superior, que nos tem dado ao longo desses 12 anos de existência do programa e prestando o suporte  necessário para chegarmos ao resultado que obtivemos nessa avaliação quadrienal/2017/2021”.

Profa. Algemira de Macedo Mendes, ex-coordenadora do PPGL-UESPI 2017-2020)

O curso obteve conceito máximo no quesito de qualidade da formação, pela produção científica gerada pelos discentes, egressos e professores, pelo elevado envolvimento do corpo docente, pela adequação das dissertações às linhas e projetos de pesquisa e pelo alto número de artigos publicados em periódicos classificados pelo Qualis Capes.

A professora Dra. Bárbara Olímpia, ex-coordenadora do PPGL (2020-2022), também destacou o compromisso do corpo docente, discente e técnico, bem como da Administração Superior. “Agora nossa responsabilidade com a formação de recursos humanos altamente qualificados aumenta ainda mais. A UESPI merece nosso compromisso”.

Profa. Barbara Olímpia Melo, foi coordenadora entre 2020 e 2022

O PPGL-UESPI também obteve destaque por seu impacto econômico, social e cultural. De acordo com a Capes, a atuação em ações de extensão e produção de conhecimento, bem como de apoio a políticas públicas, além do desenvolvimento de atividades para solução de problemas regionais proporcionou a promoção de impactos econômico, social e cultural.

Os programas de Pós-Graduação em Letras e Química da Universidade Estadual do Piauí são contemplados com edital da CAPES

Por Giovana Andrade

Os Programas de Pós-Graduação em Letras e Química da Universidade Estadual do Piauí ( UESPI) foram contemplados no Edital da CAPES nº 16/2022 intitulado Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação (PDPG) – Pós -doutorado -Estratégico. Esta ação apoia os PPGS stricto sensu acadêmicos “em consolidação” que tenham permanecido com nota igual ou inferior a 4, consecutivamente, nos últimos 2 (dois) ciclos de avaliação.

O professor e coordenador do programa de Pós-Graduação em Letras Franklin Oliveira, destaca que este edital é muito importante para o Programa e para a UESPI pois com ele, além da captação de recursos para o Programa, há a captação de recém-doutores que irão colaborar, por meio de estágio pós-doutoral, com as atividades desenvolvidas no curso de Mestrado em Letras.

“Pretendemos planejar e executar atividades em que cada supervisor das Linhas de pesquisa específicas irá supervisionar os jovens doutores em atividades acadêmicas de ensino, pesquisa e extensão, em parceria com outros Programas de Pós-graduação, como também cada supervisor se encarregará de inserir os pós-doutorandos nas suas ações desenvolvidas. Uma dessas ações envolve a atuação em grupos de pesquisa nacionais com participação de integrantes estrangeiros, bem como com grupos internacionais”. afirma o prof. Franklin Oliveira, coordenador do PPGL.

Afirma, ainda, que com a aprovação desta proposta acontece um fortalecimento do programa de Pós-graduação, que hoje está em crescente processo de consolidação. O resultado esperado é a ampliação da cooperação acadêmica e, com isso, aumentar a visibilidade do programa.

“Além desses resultados, pretendemos fomentar atividades de extensão tais como: promoção de cursos, seminários, palestras, eventos; convênio ativo e/ou acordo de cooperação e/ou prestação de serviço e/ou desenvolvimento de pesquisa entre o programa e o setor público. Promover ações e propostas científicas e educacionais inovadoras e nucleações voltadas à melhoria dos níveis de ensino básico e superior, como também a programação de atividades destinadas ao fortalecimento dos grupos de pesquisa existentes na UESPI, especialmente aqueles ligados ao Programa de Pós-graduação em Letras”, enfatiza.

O professor e coordenador do programa de Pós-Graduação de Química Geraldo Luz, explica que é importante o recebimento desses novos estagiários. “Ressaltamos a importância desses estagiários por dois fatores: uma mão de obra já qualificada por serem doutores e faz com que aumente a produção cientifica e tecnológica do programa, além disso, um dos quesitos de recomendação dos programa pela CAPES é ter orientações ou coordenações de estagiário de pós-doutorandos”, conclui.

Confira o edital:

https://www.gov.br/capes/pt-br/centrais-de-conteudo/resultados-dos-editais/25082022_Edital_1783510_SEI_CAPES___1781563___Edital_16_22.pdf

Atenção! As inscrições para o Programa de Pós-Graduação em Letras da UESPI acontecem entre os dias 01/09 e 28/09

Por Vitor Manoel

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI), através da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROP) e a Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL) divulgam a abertura de inscrições para a 12º turma do Curso de Mestrado em Letras.

As inscrições acontecem a partir de 9h do dia 01/09 até 23h59 do dia 28/09, disponibilizadas de forma on-line através do site: https://nucepe.uespi.br/

Para realizar o processo, o candidato deve acessar o formulário de inscrição, preenchendo todos os dados solicitados e anexando os documentos do formato prescrito pelo edital.

A seleção oferece ao total 43 vagas, distribuídas em três Linhas de Pesquisas: Literatura e Outros Sistemas Semióticos, Literatura, Historiografia e Memória Cultural, além de Estudos da Linguagem, com 21 vagas para os candidatos a Ampla Concorrência e 22 vagas destinadas aos candidatos cotistas como negros, indígenas e quilombolas, pessoas com deficiência e servidores da UESPI.

Nas duas últimas seleções, a prova específica foi retirada do edital devido aos cuidados com o Corona Vírus, e as aulas eram remotas até que um novo protocolo de segurança aprovasse o retorno presencial. Nesta edição, a prova específica de conhecimentos retorna como mais uma etapa de seleção e as aulas serão presenciais.

“Fizemos adaptações no edital para retomar as atividades presenciais na seleção. Além disso, temos uma quantidade de vagas bastante expressiva para que todos os candidatos tenham oportunidade de concorrer e conseguir a aprovação. Mas reforçamos a importância de ler todo o edital para cumprir todos os requisitos e não ter a inscrição indeferida ou o projeto desclassificado por não estar alinhado às pesquisas desenvolvidas pelo corpo docente”, aconselha o prof. Franklin Oliveira, coordenador do PPGL.

O Programa de Pós-Graduação em Letras conta com um corpo docente muito bem qualificado, a maioria dos docentes possui pós-doutorado, e realizam pesquisas em parceira com outras instituições nacionais e internacionais.

“Leia o edital, prepare seu projeto e prepare-se para fazer parte da nossa 13ª turma do PPGL”, convida o prof. Franklin Oliveira.

CONFIRA O EDITAL COMPLETO:

EDITAL_SELECAO_PPGL_edital_10_2022

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS – PPGL/UESPI

O Programa de Pós-Graduação em Letras – PPGL foi criado em 2010, depois de submissão e aprovação de projeto junto à Capes. Portanto, um programa de mestrado novo e com disposição para desenvolver-se e firmar-se dentro do universo da pesquisa acadêmica em literatura e em linguística no Brasil. O programa é vinculado ao Centro de Ciências Humanas e Letras da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), regulamentado pela Resolução n.º 024/2010, do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão CEPEX – pautado por regimento próprio e pelos dispositivos do Estatuto e do Regimento Geral da Universidade Estadual do Piauí.