Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h-1

Café Com Química: evento reúne alunos do curso com profissionais da área

Por Vitor Gaspar

Promovido pelo Programa de Educação Tutorial em Química da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), o encontro “Café Com Química”, iniciou sua programação nesta manhã (01), no auditório do Núcleo de Ensino à Distância (NEAD), campus Poeta Torquato Neto, em Teresina.

Alunos reunidos no auditório

O PET Química promove essa ação anualmente com o objetivo de proporcionar aos estudantes do curso uma visão mais abrangente e atualizada do mercado de trabalho, junto as possibilidades nos quais a Química permite dentro do campo profissional, levando em consideração que esses discentes, em breve, vão encerrar a sua trajetória na Universidade e irão precisar encarar os desafios provenientes da área.

Pensando nisso, o encontro trouxe profissionais que já atuam no meio para apresentarem as suas experiências, entre eles, o Prof. Mishell Ibiapina,  que é professor de uma escola privada em Teresina e foi convidado para falar sobre o Ensino de Química nas Escolas do Ensino Médio. Segundo o docente, o foco de sua palestra foi trazer um pouco da sua experiência, além de uma explicação sobre o que ele desenvolve no trabalho tanto no público, como no privado, para que seja feita uma comparação.

“Eu me sinto muito satisfeito em estar aqui. Sei que é difícil, principalmente, no começo, até porque para mim não foi fácil, mas acredito que alguns deles já começaram na profissão. Quero repassar um pouco da minha experiência para  motivá-los, para que eles possam criar seu espaço”, comenta.

Ao fundo da imagem, o Prof. Mishell discursando frente aos alunos

A Tutora do PET Química, Prof.Dra. Valdileia Teixeira, comenta que essa é uma grande oportunidade dos estudantes para visualizarem o futuro, entre as opções permitidas, como a gestão, educação, meio ambiente e pesquisa. Ela também ressalta outras ações que o Programa promove dentro dessa perspectiva. “O Programa prove ações junto à comunidade acadêmica, como nos colégios. Sempre levamos palestras, como aqui no Café com Química, temos ainda minicursos de calculadoras, metodologias ativas, além de várias outras atividades ao longo do ano”.

O Prof. Nouga Cardoso, ex-reitor e atual Secretário de Educação de Teresina, também participa do evento e ele vai falar sobre como um bom gestor torna possível a realização de bons projetos. A Profa. Samara Pereira vai tratar sobre a perspectiva da visão química quanto ao meio ambiente e ainda tem o Prof. Laecio Cavalcante, que irá comentar sobre a evolução nas pesquisas e experiências como docente/pesquisador.

Mais um registro do encontro (De azul, a tutora do Programa, Profa. Valdileia Teixeira)

Dentro dessa perspectiva de abertura de um leque de opções futuras na área, Vicente Pereira, aluno do 8º Bloco de Licenciatura, comentou sobre a importância de participar desse tipo de ação do ponto de vista dos alunos. Ele afirma que já se decidiu sobre a sua atuação profissional assim que concluir o curso. “Eu quero traçar o caminho da Educação, quero ser professor, pois acredito que já nasci para isso, para trabalhar com as técnicas da educação, que muito me interessa”, finaliza.

O evento também contou com um momento de descontração com a participação do Elemento 119, um grupo composto por estudantes que produzem e apresentam paródias, com letras compostas por assuntos de Química. O grupo foi formado em 2019, atualmente, sendo coordenado pela Professora Marly Lopes. Um dos integrantes desse grupo, Isaac Paz, faz um relato sobre como é feito esse trabalho por eles.

“Nós trabalhamos com isso, desenvolvendo paródias de Química para alunos de Ensino Básico, de Ensino Superior. Nós achamos que isso ajuda no incentivo ao estudo de uma maneira mais didática, mais descontraída utilizando a música”, encerra.

Participação do Elemento 119

PET Química – UESPI

O Programa de Educação Tutorial (PET) é composto por grupos tutoriais de aprendizagem e busca propiciar aos alunos, sob a orientação de um professor tutor, condições para a realização de atividades extracurriculares, que complementem a sua formação acadêmica, procurando atender mais plenamente às necessidades do próprio curso de graduação e/ou ampliar e aprofundar os objetivos e os conteúdos programáticos que integram sua grade curricular. Espera-se, assim, proporcionar a melhoria da qualidade acadêmica dos cursos de graduação apoiados pelo PET.