Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

Floriano em Movimento: cerca de 300 pessoas são atendidas por ação social da UESPI e CTA

Por Arnaldo Alves

Alunos e professora do curso de Enfermagem da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), campus Dra. Josefina Demes e o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) realizaram ação social “Floriano em Movimento”, em pontos estratégicos da cidade e na rede privada de saúde.

O evento contou com o atendimento de 300 pessoas durante três atividades, nos meses de julho e agosto, que visaram a testagem de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s), bem como o aconselhamento e a vacinação contra Hepatite B e Influenza.

De acordo com a coordenadora do curso de Enfermagem, Maria Luzinete Rodrigues, o mês de julho é conhecido por ser o mês de combate as hepatites. “Sempre realizamos essa parceria a partir do Julho Amarelo. Os objetivos foram alcançados, desenvolvemos ações com profissionais de saúde de um hospital privado, empresas e a população em geral foi atendida com imunização, testes rápidos e distribuição de preservativos”, apontou.

Participantes do Floriano em Movimento

Participantes do Floriano em Movimento

Joana Beatriz de Lima foi uma das estudantes que participou das atividades. Segundo ela, ações como estas são importantes para a formação acadêmica e para a população em geral. “Foi maravilhoso participar do Floriano em Movimento. Além de fazer parte da promoção da saúde, algo essencial para a qualidade de vida das pessoas, adquiri mais conhecimento em relação a imunização e a prevenção de doenças”, destacou.

Acadêmica do 6° período do curso de Enfermagem, Maria Eduarda Constâncio, também participou do Floriano em Movimento. Para ela, o evento trouxe grandes contribuições para seu crescimento pessoal e profissional. “Tivemos o apoio da professora Maria Luzineide, que esteve conosco o tempo todo, auxiliando e ensinando com dicas valiosas que só aprendemos na prática. Sua experiência como enfermeira e coordenadora do curso foi primordial para nos manter calmos e cientes que somos capazes de atender nossos pacientes de forma humanizada e competente, para que possamos fazer aquilo que tanto amamos que é cuidar do próximo”, ressaltou.

Aluna da UESPI durante atendimento à população

Maria Eduarda Constâncio durante atendimento à população