Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

SRN: aluno conclui curso com TCC sobre Ariston Dias Lima

Graduado no início de 2022 no curso de História da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), campus Ariston Dias Lima, localizado no município de São Raimundo Nonato, Igo dos Santos Reis concluiu o curso com pesquisa, sob orientação da Profa. Dra. Cristiane Maria Marcelo, sobre a personalidade que originou o nome do campus.

Segundo o egresso, a iniciativa da pesquisa surgiu devido a proximidade, durante a graduação, com a documentação histórica de São Raimundo Nonato, quando estagiava no laboratório de História da instituição. “Durante o trabalho que realizávamos diariamente no laboratório, me deparei com um acervo riquíssimo sobre Ariston Dias Lima, indivíduo que dá nome a instituição da UESPI de São Raimundo e figura importante do século XX na cidade. Vi um potencial imenso naquele acervo, resolvi então fazer meu projeto de TCC”.

Igo dos Santos Reis

Igo dos Santos Reis

Na pesquisa, Igo Reis, sob a perspectiva da biografia histórica, busca problematizar a trajetória de Ariston Dias Lima, dando foco principal em alguns dos múltiplos ofícios que ele exerceu durante sua vida e na sua prática dos discursos públicos, buscando assim, mostrar um indivíduo particularmente único. Além de fazer uma relação entre indivíduo e sociedade, dando margem para maior problematização, ao mesmo tempo que mostra diversos aspectos da sociedade sanraimundense do século XX.

Na perspectiva acadêmica, o egresso acredita que o trabalho possa suscitar novas reflexões sobre a atuação pública de Ariston Dias Lima no século XX, bem como dar visibilidade ao acervo documental existente sobre o mesmo no laboratório de História, que pode ser pesquisado e gerar novos trabalhos futuros. “Além da perspectiva acadêmica, acredito que a importância para a comunidade local está no fato de trazer para o debate publico uma figura particularmente importante para a sociedade sanraimundense do século XX, além disso, é possível, através do trabalho perceber diversos aspectos da sociedade que lhe foi contemporânea”, destaca.

Para Igo Reis, como parte da formação acadêmica, a pesquisa científica é indispensável, sendo um processo que vai sendo construindo ao longo do curso, e o estágio, além de sua extrema importância no desenvolvimento profissional, o possibilitou ter uma proximidade maior com as fontes primárias de seu trabalho. “Trabalhar com fontes primárias, com acervo e documentos do século dezenove e vinte, me ajudou muito, no caráter de ser pesquisador. Então, foi extremamente importante para mim, assim como foi para muitas outras pessoas, ter a oportunidade de trabalhar com a documentação ou conhecer a documentação existente”, finaliza.

Cristiane Maria Marcelo, orientadora da pesquisa, afirma que o Trabalho de Conclusão de Curso de Igo Reis articulou muito bem concepções teórico-metodológicas mais contemporâneas acerca dos cuidados com a escrita biográfica. “A proposta de debater os ofícios e discursos de Ariston Dias Lima, a partir do diálogo com a realidade política, econômica, social e cultural do Brasil e de São Raimundo Nonato, resultou em um trabalho que valorizou a humanidade e o caráter multifacetado da trajetória deste indivíduo. Nesse sentido, a pesquisa buscou evidenciar as redes de solidariedade e os esforços deste sertanejo que, dentre outras profissões, atuou como alfaiate, professor, advogado, juiz de direito e que elaborou discursos instigantes sobre as mudanças vividas pela sociedade de sua época”.

A professora destaca que o trabalho é leitura obrigatória para aqueles que desejam conhecer um pouco da trajetória pública e dos escritos de Ariston Dias Lima que hoje dá nome ao campus da UESPI em São Raimundo Nonato, local escolhido para depositar o seu acervo pessoal.