Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

PROFLETRAS promove o V Encontro dos alunos do Mestrado Profissional em Letras da UESPI

Por Vitor Manoel

O Programa de Mestrado Profissional em Letras (PROFLETRAS) na Universidade Estadual do Piauí (UESPI) promove o V Encontro dos Alunos do curso em conjunto com a aula inaugural da Turma 8 com o tema: “Protagonismo Discente e Empatia em tempos de mestrado”, nos dias 07 e 08 de abril de 8h às 11h30. A ação será remota e terá transmissão no canal do Youtube da UespiOficial. O público-alvo desta ação são os alunos do mestrado profissional em Letras da UESPI (turma em andamento e turma ingressante).

O objetivo da oficina é promover reflexão sobre protagonismo no ensino superior, levando os mestrandos do PROFLETRAS a desenvolverem a empatia e a própria autonomia no processo de aprendizagem. O evento será avaliado através de um questionário on-line a ser respondido pelos participantes, abordando-se a organização do evento, a aplicabilidade das temáticas e o desempenho dos envolvidos.

A oficina vai mostrar o papel do mestrando enquanto autor de sua história acadêmica, propiciando momentos de reflexão sobre a importância dele em assumir a liderança de sua formação, especialmente no contexto de aulas remotas, que requer uma maior disciplina e organização.

Segundo a coordenadora do programa na UESPI, Shirley Marli Alves, a expectativa com essa turma é de continuar ou até mesmo melhorar a qualidade do trabalho de formação de mestres, de forma que eles possam aprimorar suas formações. Ela explicou que a turma foi montada contendo 13 alunos nos quais precisaram passar por um processo de seleção.

“Uma das exigências do Mestrado Profissional é de que os candidatos as vagas sejam professores, ou seja, são pessoas que já estão atuando  na atividade docente da educação básica. Como o nosso processo seletivo desta vez foi um processo diferenciado, por conta das restrições da pandemia, ele constituiu em uma produção de um texto memorial pelos candidatos em que eles contam uma boa parte da sua história de vida como professores e também como acadêmicos. As nossas expectativas são as mais altas”, relata a docente.

Durante o bate-papo acadêmico, será abordada a questão sobre o protagonismo discente e empatia em tempos de mestrado e para falar sobre esse tema uma das palestrantes convidadas será a psicóloga Sâmara Macêdo, ela afirma que vai falar sobre a importância da regulação emocional para os mestrandos, sobretudo o que estão iniciando o processo acadêmico e que precisam aprender a lidar com as emoções para que possam ter um bom desempenho acadêmico.

“Identificar, saber regular as emoções é um processo que auxilia no desenvolvimento emocional no cenário acadêmico para que tenham um bom desempenho intelectual, sobretudo nos tempos de pandemia em que se precisou usar outros tipos de ferramentas e desenvolver habilidades diferentes para a aprendizagem remota, isto é, saber utilizar as ferramentas de maneira mais assertiva, além de saber lidar com a falta da interação com os colegas e com outras pessoas que precisaram ficar distantes devido a pandemia”, comenta a psicóloga.

A oficina irá contar com a troca de experiências vivenciadas pelos mestrandos durante o curso, relatos de alunos egressos do PROFLETRAS, bate-papo acadêmico e momentos culturais.