Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

NUFPERPI: aulas do Curso de Redes Ópticas Passivas iniciaram nesta semana

Por Vitor Manoel

O Núcleo de Formação de Pesquisa em Energias Renováveis e Telecomunicações do Piauí (NUFPERPI) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) em parceria com o curso de Engenharia Elétrica e da Piauí Conectado deu início ao curso de Redes Ópticas Passivas. Foram ofertadas 100 vagas e 97 foram preenchidas, o curso possui 5 módulos, totalizando uma carga horária de 60h.

Durante o curso serão abordados temas associados a infraestrutura, hardware e arquitetura interligados a redes ocupativas com as tecnologias de fibra ópticas, de instrumentos com seus respectivos equipamentos que são utilizados nesses empreendimentos. Esse é o primeiro curso a ser realizado no Complexo de Telecomunicações da UESPI, alternando entre aulas teóricas remotas e aulas práticas no laboratório de forma presencial.

Segundo o coordenador do Núcleo, Prof. Juan Aguiar, os alunos vão ter acesso a essas tecnologias, principalmente na parte de infraestrutura real daquilo existe no mercado. Ele comenta que o principal objetivo ao fim desse curso é auxiliar diversos profissionais que possam ter uma formação diferenciada, atendendo as principais demandas do mercado de trabalho.

“Mais uma vez a UESPI e a Piauí Conectado estão a frente de uma empreitada tão necessária para o mercado de trabalho e contribuindo para o desenvolvimento tecnológico. O curso sem dúvidas será excelente e contamos com a presença da comunidade uespiana, junto com as instituições de ensino do nosso e de outros estados que também estão matriculados”.

Segundo Alisson da Silva, discente do curso de Engenharia Elétrica da UESPI esse curso é de extrema importância para a região piauiense, justamente por fomentar a formação de profissionais em uma área em que, segundo ele está em ascensão dentro do mercado de trabalho do estado na área de Telecomunicações.

“Eu como engenheiro ou estudante de engenharia elétrica, vejo uma nova possibilidade de inserção no mercado de trabalho. Aqui, vamos aprender a manusear equipamentos que o profissional da área das telecomunicações deve saber com as aulas práticas. É um curso engrandecedor no quesito formação, então eu acredito que é extremamente importante não só para a minha formação como engenheiro eletricista, mas para todos que ali estão nesse curso”, finaliza.