Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h-1

Curso de História: Aluno desenvolve projeto de pesquisa sobre OPERAÇÃO NORDESTE

Por Clara Monte 

O estudante Luis Matheus Sena do quinto período do curso de história da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), desenvolve a pesquisa “A PARTICIPAÇÃO DO PIAUÍ, NA OPERAÇÃO NORDESTE”, proveniente de sua participação no PIBIC, sob orientação da professora Valtéria Alvarenga.

A pesquisa propõe discutir os aspectos econômicos do estado piauiense, levando em consideração a criação da “Operação Nordeste”, durante o governo de Juscelino Kubitschek, e os seus desdobramentos na região nordestina.

O aluno, conta que o principal objetivo da sua pesquisa é entender qual foi a participação piauiense nesse contexto de integração do nordeste no circuito de medidas adotadas pelo governo nacional da época, cujo finalidade era equilibrar a balança econômica dos estados, entendendo a disparidade e concentração de renda entre eles, especialmente no século passado.

“Através desses entendimentos a gente pode identificar os efeitos desse conjunto de medidas, sintetizado na tal ‘Operação Nordeste’, para verificar os seus erros e acertos.  No final das contas, essa pesquisa é de suma importância para nós, piauienses, tanto do ponto de vista econômico, porque vai trazer um panorama quantitativo dessa disparidade e concentração de renda sudeste-nordeste, além do atraso industrial nordestino da primeira em relação à segunda; e do ponto de vista histórico, porque investigando os antecendentes e contextos históricos, para nós entendermos a situação atual da nossa economia, para assim, planejar o futuro”, explica o discente.

O estudo foi desenvolvido sob orientação da professora Valtéria Alvarenga. Ela enfatiza que no caso do curso de História, é crucial para a formação do aluno conhecer a trajetória das instituições do nosso país, do estado e até como se comportam.

“Esse tipo de projeto permite saber o que constitui nosso povo: seus valores, interesses, e costumes. Também ajuda nossos alunos a ter contato com os desenvolvimentos de pesquisa, exercitar habilidades de leituras mais criteriosas de documentos e gerar prática de uma escrita mais madura”, destaca.

O projeto está sendo desenvolvido desde novembro do ano de 2022, e quando estiver finalizado, o aluno pretende continuar com suas pesquisas científicas. “Quero aprimorar meus conhecimentos com outras pesquisas relacionadas a economia piauiense do ponto de vista histórico”, finaliza Luis.