Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

Campus Picos promove Bate-Papo para falar sobre Reportagem para TV

Por Leonardo Dias

 Acontece hoje (5)  às 19 horas no Auditório da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), campus professor Barros Araújo,em Picos um Bate-Papo com o tema “Reportagem para TV”.

O evento se trata de uma atividade da disciplina Produção e Edição em Telejornalismo, ministrada pelo professor Flavio Santana e terá participantes de todo o curso de Jornalismo da UESPI bem como os alunos do 8º período que já  estão em praticas nesta disciplina.

O objetivo é fortalecer o conhecimento por meio da troca de experiências e vivências na prática telejornalística com três repórteres de TV da cidade de Picos, Antônio Rocha da TV Clube, Ingrid Moura da TV Picos e Júlia Borges da TV Cidade Verde.

O professor da disciplina e organizador do Bate-Papo conta que o tema irá especificamente, abordar a produção de reportagens para TV para cumprir um dos objetivos específicos da disciplina Produção e Edição em Telejornalismo onde o mesmo espera que os estudantes vivenciem a prática telejornalística e compreendam a importância e as particularidades do processo de produção do telejornalismo, da pauta à circulação da notícia.

“O esperado é que as/os estudantes consigam dialogar com os profissionais sobre os desafios da construção de reportagem telejornalística, desde a produção da pauta à edição final. Para isso, a disciplina foi estruturada justamente para inserir a turma nas redações das emissoras de TV locais, através de visitar técnicas, estabelecer o contato com os diferentes perfis de profissionais da área e, por fim, desenvolver um projeto laboratorial como alternativa para a prática da experimentação em sala de aula”, explica o professor.

Para Julia Borges, que já foi aluna do campus em Picos e recentemente está trabalhando como repórter na TV Cidade Verde é  saber que contribuir com a universidade mesmo depois de graduada é ter a certeza que tudo que percorreu durante a sua jornada acadêmica servirá de norte para outras pessoas.

“Desde a época de estudante, sempre valorizei esses momentos de troca de experiência. É muito bom ouvir quem está na luta diariamente e vive na pele os bônus e ônus da profissão. Tenho certeza que vai ser um momento incrível”, relata.

O encontro será aberto e gratuito.