Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

Campus Clovis Moura promove Arraiá Cientifico Cultural

Por Leonardo Dias

Acontece no dia 01 de julho de às 17 horas o Arraiá Científico-Cultura da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), no campus Clovis Moura no bairro Dirceu I em Teresina.  A ação faz parte do projeto de Pesquisa e Extensão intitulado “Cultura(s) e Educação(ões) no Povoamento das Américas (CEPA).

Arraiá Científico-Cultura

O arraiá esta sendo coordenado pelo professor Jânio Jorge Vieira de Abreu e conta com os colaboradores: Norma Suely Vieira de Abreu, Maria Almerinda; Carmem Célia; Francisca Araújo membras da Secretaria Municipal de Educação da cidade de Monsenhor Gil, Vitória Régia, Letícia, alunas do curso de Historia do campus, Késsya, Camilla, Paulo, Júlia, Felipe e Thays Alunas do Curso de Pedagogia.

Confira a Programação:

CEPA

O programa do CEPA, constitui e direciona-se à socialização e desenvolvimento de práticas formativas voltadas para o conhecimento da/s cultura/s dos Povos Americanos, desde a origem do continente, o povoamento, às práticas e manifestações culturais diversas.

O objetivo do projeto é favorecer a inserção de professores/as, alunos/as e demais pessoas interessadas no processo sistemático e ininterrupto da prática de pesquisa científica e extensão, com ênfase nos estudos sobre a origem do homem e da mulher americana, no povoamento das américas, nas diversidades culturais dessas populações, na migração e imigração dos povos, na educação intergeracional, na alteridade, nas tradições, no folclore, entre outras, para um exercício acadêmico produtivo e inovador em ideias, conceitos e experiências na mediação social, cultural e educativa na escola, universidade e comunidades locais.

O projeto está sendo desenvolvido com estudos e pesquisas sobre a origem do nosso continente americano onde está localizado o Piauí, o Brasil, especialmente estudos e pesquisas sobre: o povoamento das américas; a origem do nosso povo desde a pré-história; as suas culturas; as pinturas e escrituras rupestres dos artistas da pré-história; as tradições, o folclore do povo americano desde as obras dos antepassados às práticas culturais dos povos nos nossos dias.

O grupo teve a sua primeira atividade no Município de Monsenhor Gil onde os mesmo puderam acompanhar palestras formativas e desenvolvimento de práticas culturais.

O coordenador do Projeto o Professor Jânio Jorge Vieira de Abreu fala da missão que a equipe do projeto tem com os projetos que já foram e serão futuramente desenvolvidos, afim de enaltecer não só a pesquisa como também formações em diferentes áreas.

“Ao mesmo tempo que vamos realizando os estudos, através de missões ou pesquisas bibliográficas e documentais, vamos tendo encontros formativos através de cursos, minicursos, oficinas e seminários e desenvolvendo eventos para demonstrações de práticas de vida, práticas educativas e culturais como resultados desses estudos”, explica.

Próximos eventos

A missão de estudos que será para o Parque Nacional Serra da Capivara em São Raimundo Nonato – PI, nos dias 15, 16 e 17 de julho de 2022, com o intuito de alavancar pesquisas sobre a origem e povoamento do continente americano, sobre as práticas culturais dos povos antepassados, suas tradições, o seu folclore, enfim, as obras dos artistas da pré-história; e outros eventos formativos, eventos culturais e missões de estudos que serão realizados nos anos de 2022 e 2023.

O grupo realiza um encontro de 4h por semana ou dois encontros de 2h por semana, para o planejamento das atividades que estão sendo desenvolvidas e também as que constituem também em práticas formativas e/ou de preparação dos participantes do projeto.

Ainda serão trabalhados no projeto as temáticas: Educação e diversidade cultural; Alteridade; práticas culturais em geral: Tradições culturais; Folclore; O povoamento, cultura e educação dos povos americanos; A relação Educação, Religião e Cultura; Educação Escolar Indígena; Migração e Imigração; Educação Intergeracional (educação entre pessoas de diferentes gerações, sobretudo entre crianças, adolescentes e pessoas da terceira idade), dentre outros eixos.

Participação

Para fazer sua inscrição basta acessar o endereço eletrônico disponibilizado pela organização do evento.