Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

Reitoras da UERN visitam o Hospital Getúlio Vargas e destacam que ele é uma referência na modalidade de hospital escola

Colaboração: Yasmim Cunha / Orientação: Profa  Sammara Jericó

O Hospital Getúlio Vargas (HGV), que também é o Hospital Escola da Universidade Estadual do Piauí, recebeu nesta sexta-feira (9) a visita técnica das reitoras em exercício e a eleita da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte – UERN, Fátima Raquel e Cicília Maia, respectivamente. Elas estavam acompanhadas de outros profissionais da UERN e da Secretária de Saúde do Rio Grande do Norte, Maura Vanessa.

Reitores e gestores fizeram suas explanações e tiraram suas dúvidas quanto ao modelo de parceria entre a Sesapi e a UESPI

‘’Estamos aqui em comitiva com a equipe da Sesap e UERN em visita ao Estado do Piauí, em especial ao Hospital Getúlio Vargas, com o intuito conhecer o modelo de gestão para que possamos avançar juntamente com a UERN em um modelo de gestão para o Hospital da Mulher’’, explicou  a Secretária de Saúde do Rio Grande do Norte, Maura Vanessa.

A reitora da UERN, Professora Fátima Raquel, após a visita se mostrou satisfeita com o que viu e deseja levar a experiência da parceria entre o Estado do Piauí, Sec. Est. de Saúde, e a UESPI para o Rio Grande do Norte.  ‘’A visita foi extremamente proveitosa. É muito importante conhecermos experiências exitosas para que possamos, no nosso Estado, com nossos parceiros nos organizar para desenvolvermos essa parceria com a mesma excelência que o Piauí faz. O Hospital da Mulher no Rio Grande do Norte vai ser entregue em Junho de 2022 e queremos já começar com um modelo de gestão que tenha para além da eficiência, uma experiência de qualidade no atendimento que irá beneficiar a população de Mossoró e região’’, afirmou.

A Professora Cicília Maia, que é a reitora eleita da UERN, disse estar entusiasmada com a visita porque confirmou, de forma positiva, o modelo de gestãi e parceria entre a Sec. Estadual de Saúde do Piauí com a UESPI e que este modelo pode ser praticado na UERN. “Nós fomos muito bem acolhidos e estamos vendo a experiência do HGV, que é um Hospital Escola que tem mais de 80 anos. Para nós é muito importante que analisemos toda a trajetória, pois no momento em que estamos decidindo um modelo de gestão, ver referências como essa vai nos ajudar muito na nossa decisão. Estamos muito satisfeitos e tenho certeza que nós levaremos grandes fundamentações para o nosso modelo de gestão do Hospital da Mulher’’, finalizou.

As autoridades representantes da UERN agradeceram o empenho do reitor da UESPI para o encontro e reforçaram que a parceria entre a Secretaria Estadual de Saúde com a reitoria faz toda a diferença. O reitor, Professor Evandro Alberto, reafirmou a importância dessas parcerias para o desenvolvimento da UESPI e também para o Estado, porque é a população que ganha com excelentes profissionais formados no futuro.

Na parte da tarde, as reitoras tiveram uma reunião na reitoria da UESPI com os pró-reitores

“É uma visita honrosa para nós da UESPI e do HGV recebê-las aqui, exatamente nesse momento na qual o aperfeiçoamento dos serviços de saúde está acontecendo.  Essa discussão acarretará uma troca enorme de conhecimento e expertises entre as universidades e entre os gestores políticos.  Nós da UESPI  já temos uma parceria na área do Turismo com a UERN, então será mais uma experiência que nos renderá bons frutos além de estreitar os laços entre as universidades. Precisamos estar sempre unidos e visitas assim nos fazem acreditar que vamos vencer as dificuldades da educação nesses tempos de pandemia e, depois, ao final dela’’, afirmou o Reitor.

O Diretor-geral do HGV, Osvaldo Mendes, também falou da importância da parceria e ja colocou o HGV como espaço para os discentes da UERN: “É uma honra estabelecer essa relação e nós, do Hospital Getúlio Vargas, estamos de portas abertas para que parcerias como essas continuem acontecendo. Temos os nossos programas de residência na qual podemos até aprofundar essa relação no sentido de que se houver interesse por parte dos residentes, no caso, dos alunos do Rio Grande do Norte, a gente estabelecer uma parceria que para que eles possam fazer algum tipo de estágio externo no nosso Estado e vice-versa. Tenho certeza de que com esse empenho e dedicação de nossas equipes será uma experiência exitosa’’.