Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h-1

Campus de Oeiras realiza inauguração do Memorial Possidônio Queiroz na próxima semana

Por Clara Monte

A Universidade Estadual do Piauí, campus de Oeiras, realiza a inauguração do Memorial Possidônio Queiroz no próprio campus no dia 11 de janeiro, às 18h30.

A instauração será no saguão na entrada da biblioteca da instituição. O local contará com uma galeria de fotografias e ambientação que representa o antigo escritório do advogado, professor, orador, jornalista, historiador, filósofo, crítico literário, músico, cronista e poeta, Possidônio Queiroz.

O diretor do Campus de Oeiras, Harlon Lacerda, conta que após a reforma no Campus de Oeiras em 2022, a Uespi se ofereceu para ser a guardiã dos itens que representam a memória do músico e que isso representa muita para a comunidade. “Ser responsável por guardar manuscritos, cartas, fotografias e  parte da biblioteca que pertenciam ao Possidônio é muito significativo, e um momento de muita alegria para nossa instituição que carrega seu nome a mais de 20 anos.”

Eterno Possidônio Queiroz

O memorial foi retirado do Sobrado Major Selemérico e, desde os anos 90, a família procurava um espaço na cidade que acolhesse e preservasse da melhor forma o acervo do intelectual, cuja obras são comparadas a grandes mestres da valsa europeia. O bisneto, Rodrigo Queiroz, conta que após a Uespi oferecer uma nova infraestrutura, pôde receber essa bagagem histórica.

“Há muitos anos, as pessoas da nossa família que tem maior preocupação com o acervo de tantos documentos e livros deixados pelo Possidônio. Descobrimos que precisávamos entender do que se tratava. Algumas iniciativas foram “startadas”, até uma lei municipal, da cidade de Oeiras, foi criada para legitimar a criação, com apoio da prefeitura, de um Memorial Possidônio Queiroz. Nada saiu do papel. Agora, foi feita uma seleção para colocar os livros para serem acomodados nesta primeira instalação, e que esses, estarão disponíveis para o acesso ao público”, diz Rodrigo Queiroz