Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

Zootecnia UESPI: alunos promovem manhã de práticas zootécnicas

Por Anny Santos

Na última quarta-feira (10) alunos do 5° e 6° bloco do curso de Bacharelado em Zootecnia da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), campus Poeta Torquato Neto, sob supervisão da Profa. Débora Carvalho, promoveram uma manhã de práticas zootécnicas direcionadas a Análise Morfométrica de aves.

Alunos de Zooetecnia do 5° e do 6° bloco

Segundo a Profa. Débora Carvalho, as ações fazem parte das disciplinas Ezoogónosia, Melhoramento Animal e Nutrição de Monogástrico. De acordo com ela, as práticas desenvolvidas são importantes para determinação e  diferenciação entre raças, conhecimento que o aluno precisará para atuar na área de avicultura caipira.

Professora Iniciando a demonstração da avalição de aves

O conhecimento da avaliação do exterior das aves traz uma experiência a mais para os alunos em formação, vale ressaltar que essa prática ainda é pouco aplicada no ensino, o que revela a importância dessa ação na formação dos alunados. Uma vez detentores desses conhecimentos, os alunos podem aplicar as técnicas ensinadas. Ter profissionais no mercado com esses conhecimentos práticos irá somar as ações voltadas ao fortalecimento da agricultura familiar, na qual se preconiza, na área de avicultura, trabalhar com raças adaptadas as nossas condições de clima e solo”, afirma a professora.

Análise Morfométrica de aves

Italo Silva, aluno do 6° período, afirma que por meio de descritores fenotípicos, como contribuição para o início do processo de valorização e reconhecimento deste recurso genético, a Ezoognósia é de suma importância para reconhecer a raça e seus padrões, utilizando então da mensuração de 32 características morfológicas, sendo 21 quantitativas e 11 qualitativas. No qual, nas características qualitativas, a técnica empregada foi a obtenção dos dados por observação visual das galinhas.

“A prática agrega bastante conhecimento aos alunos sobre a importância e o potencial produtivo das raças nativas, em especial, as galinhas caipiras Canela-Preta, que é encontrada no estado do Piauí e, predominantemente, no bioma Caatinga. São aves que tem um papel fundamental por serem caracterizadas, principalmente, por serem detentoras de alta variabilidade genética e possuir grande rusticidade”, ressalta Italo.

Análise Morfométrica de aves

A aluna do 5° período, Gabriela Lima, destaca a importância de realizar práticas ligadas a Ezoognósia em aves, além de conhecer também sobre a raça Canela-Preta. “A professora Débora é especialista na área de galinha caipira, então trouxe muitas informações sobre melhoramento genético e nutrição de aves”.

Na oportunidade, estiveram presentes também alunos do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) para aprender sobre as técnicas de mensurações das aves.

Alunos de Zooetecnia do 5° e do 6° bloco e alunos do IFMA