Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

UESPI terá um Núcleo com dois complexos sobre Energias Renováveis e Telecomunicações

Por Liane Cardoso

O Núcleo de Formação e Pesquisa em Energias Renováveis do Piauí (NUFPERPI), da Universidade Estadual do Piauí, tem como objetivo capacitar alunos para atuar em áreas que demandam mão-de-obra especializada. As obras no NUFPERPI, localizado no Centro de formação Antonino Freire, já estão em andamento e a previsão é que sejam concluídas até o final do ano.

O acordo inclui a criação de dois grandes complexos, o CER (Complexo de Energias Renováveis) e o CTEL (Complexo de Telecomunicações), além da estruturação de uma sala multiuso. “No complexo de energias renováveis teremos três laboratórios (distribuídos em duas salas): Laboratório de Práticas em Energias Renováveis e o Laboratório de Tecnologias específicas; além de um Centro de Monitoramento de estudos remotos. No complexo de Telecomunicações estão sendo realizadas obras associadas ao Laboratório de Práticas em Rede e o Laboratório de Prática em Redes ópticas passivas”, detalhou o professor Juan sobre a estrutura que está sendo implantada no local. Cada laboratório terá capacidade de comportar aproximadamente 20 pessoas.

A construção do CER é resultado de um retorno social das Concessionárias do Projeto de Energia Limpa do Estado do Piauí que são as Concessionárias BRENGE, GM ENERGIA e SPE ENERGIA SUSTENTÁVEL,  através da Superintendência de Parcerias e Concessões – Suparc. O complexo é composto por três laboratórios: LAPER (Laboratório de Práticas em Energias Renováveis), LATER (LATER – Laboratório de Tecnologias Integradas a Energias Renováveis) e CMER (Centro de Monitoramento e Estudos Remotos).

CER (Complexo de Energias Renováveis)

CER (Complexo de Energias Renováveis)

Já a construção do CTEL é oriundo do retorno social da empresa Piauí Conectado. O espaço é composto por dois laboratórios: LAPRE (Laboratório de Arquitetura e Pesquisa em Redes) e LAPON (Laboratório de Redes Ópticas Passivas).

CTEL (Complexo de Telecomunicações)

CTEL (Complexo de Telecomunicações)

O docente ainda ressalta que a intenção da nova proposta no núcleo é capacitar os alunos ainda na graduação, visto que muitas vezes os egressos necessitam fazer uma especialização após a conclusão do curso para conseguir colocação no mercado de trabalho.

Acompanhe a seguir como está o andamento das obras no local e quais são as expectativas dos alunos:

 

Extensão

O Núcleo já tem uma atuação ativa na universidade. Realizou no mês de outubro curso Princípios da Comunicação  realizado em parceria com a Piauí Conectado. Tal oferta visa suprir a demanda de profissionais na área, bem como capacitar os acadêmicos em formação. Neste mês de novembro realizou uma palestra sobre energia solar fotovoltaica, com o professor Ubirajara Zoccoli, docente na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Iniciativas como essa, segundo o professor Juan, continuarão acontecendo de forma mais frequente após a reestruturação do Núcleo de Formação e Pesquisa em Energias Renováveis.