UESPI realiza reunião para definir avanços com as tratativas da Tallinn University of Technology (TalTech) – Uespi

UESPI realiza reunião para definir avanços com as tratativas da Tallinn University of Technology (TalTech)

Na manhã desta terça-feira, 31 de maio, a Universidade Estadual do Piauí (UESPI) realizou, através do reitor, Prof. Dr. Evandro Alberto, uma reunião a com professores e Pró-reitores da Administração Superior e representantes da JUCEPI, Investe Piauí, Cajuína Tech e demais órgãos do Estado ligas ao desenvolvimento tecnológico, que tinha como finalidade abordar as tratativas de parcerias com a Tallinn University of Technology (TallTech) e definir os próximos passos.

Os representantes falaram sobre oportunidades e tecnologias de inovação

 

 

 

 

 

 

 

 

No momento, foram pautadas oportunidades de parcerias, investimentos em pesquisa, cursos de extensão e internacionalização do ensino. Segundo o reitor, Prof. Dr. Evandro Alberto, é necessário que haja uma aproximação ainda maior, estreitando a parceria e viabilizando os próximos avanços.

“Estamos integrados com um grupo capacitado e empenhado nesse projeto, onde nosso objetivo é formar cidadãos preparados para atender as necessidades do mercado. Iremos lançar um curso tecnólogo em energias renováveis, dentre outras capacitações. Buscamos também a transformação digital atrelada a promoção de conhecimento”, pontua.

O governo do Estado também apoia o momento. A Regina Sousa, Governadora do Estado do Piauí, reafirma a importância do desenvolvimento tecnológico no Estado e a relação da UESPI com esse avanço. “Vamos proporcionar formação tecnológica a nossos jovens. A área está aberta e com muitas oportunidades de emprego, não apenas na Estônia, mas em vários lugares do mundo. O mercado está necessitando de profissionais na área, então vamos focar nos projetos e continuar avançando”.

Todos tiveram um tempo de fala para pautar e promover uma troca de ideias. Alzenir Porto, presidente da Junta Comercial do Estado, destaca que quem pode fazer a transformação está dentro da universidade. “No momento em que foi criada uma comissão de importantes representantes do Estado do Piaui para essa viagem para a Estônia. Hoje estamos aqui falando sobre integração, trocando ideias e principalmente falando sobre inovação tecnológica para o Piauí. A oportunidade de preparar a nova geração para o mercado de trabalho está aqui”, diz a presidente.

Ricardo Dantas, representante da Cajuína Tec, enfatiza que a transformação digital do nosso estado cuja essas tratativas propõem não será possível se a UESPI não estiver incluída no processo.

“Aqui nós buscamos a oferta e a qualificação do ensino de alunos da universidade pública que estarão cada vez mais prontos para o mercado de trabalho. Hoje, o mercado é muito rápido e se transforma. Então nossa proposta é a realização de cursos tecnólogos com a duração de dois anos que sejam completos, concisos e consigam preparar completamente um profissional completo para o nosso estado”.

“A fala do reitor é muito carregada de propósito e essa fala dele repercute em nós também. Nós, da Investe Piauí, temos aqui um propósito e uma visão. O Estado do Piauí será o Estado mais digital do Brasil. Será referência na América do Sul, ao oferecer de forma mais ágil, e com experiência, os seus serviços em ambiente digital. Estamos partindo desta visão”, assim fala Vitor Hugo, Presidente da Investe Piauí.

De acordo com ele equipe possui propósito e se alinha aos objetivos de promover conhecimentos e desenvolvimento tecnológico, em relação as tratativas com a TallTech e as demais parcerias suscitadas.

Professores da nossa UESPI destacam sobre o impacto das parcerias 

Também estiveram presentes na ocasião representantes docentes da universidade. O Prof. Dr. Orlando Berti, Coordenador de Relações Internacionais (CRI) da UESPI, relata as vantagens acadêmicas que a parceria pode propiciar para a nossa instituição. “Temos a oportunidade de proporcionar troca de conhecimentos, enviando e recebendo pesquisadores para capacitação, pesquisa e desenvolvimento de tecnologia”.

As tratativas permitem que os professores e alunos comecem a ter oportunidade de internacionalização e aprimoramento do conhecimento. Juan de Aguiar, Coordenador do Núcleo de Formação em Energias Renováveis e Telecomunicações do Piauí (NUFPERPI) e também Coordenador do curso de Engenharia Elétrica, ressalta as altas expectativas em relação aos benefícios que a parceria trará a comunidade acadêmica e ao desenvolvimento do Estado.

“Hoje,  o Piauí já é uma referencia na área de produção de energias renováveis e para o NUFPERPI  essa reunião está aderente as atividades e atribuições do núcleo, tanto do ponto de vista de formação como do ponto de vista tecnológico. Esperamos que o estreitamento dessa possível cooperação com a TallTech possibilite ainda mais o desenvolvimento e o destaque da nossa UESPI e do nosso Estado”.

As expectativas são de bons frutos para a universidade e o estado do Piauí