Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

Pista de atletismo da UESPI beneficia projetos de atletas piauienses

Por Arnaldo Alves

Com a inauguração da pista de atletismo da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), nesta segunda-feira (12), vários projetos da instituição e da comunidade local poderão ser beneficiados com a pista de certificação internacional. Para isso, segundo o coordenador da pista e professor do curso de Educação Física, Moises Mendes, será feita uma reunião com treinadores e demais representantes do atletismo do Piauí para definir horários, trâmites, normativas e o que é necessário para utilizar o espaço.

Por enquanto, o projeto Cidadão Olímpico – correndo na frente é o único devidamente regularizado para realização de treinamentos na pista de atletismo da UESPI.

Conheça o projeto

Criado pelo medalhista de prata no revezamento 4x100m da Olimpíada de Sidney, em 2000, Cláudio Roberto, o projeto Cidadão Olímpico – correndo na frente nasceu em 2013, na cidade de Jaú – São Paulo. Cinco anos depois a iniciativa foi transferida para o lugar onde Cláudio correu pela primeira vez em uma pista de tamanho oficial, na UESPI.

Atualmente, o projeto auxilia crianças e adolescentes da Fundação Nossa Senhora da Paz, localizada na zona Sudeste de Teresina. Marcos Vinicius, de 15 anos, é um dos estudantes agraciados. Ele participa do projeto Cidadão Olímpico – correndo na frente há cerca de quatro anos. Para Marcos, cada treinamento com o professor Cláudio é uma aprendizado novo. “Eu estou feliz demais com a entrega da pista, essa conquista representa muito para mim e para os outros atletas também”, agradece o jovem.

Integrantes do projeto Cidadão Olímpico - correndo na frente

Integrantes do projeto Cidadão Olímpico – correndo na frente |foto: Arnaldo Alves

Com o sonho de disputar competições na pista de atletismo da UESPI, o aluno João Michael faz parte da iniciativa do campeão olímpico desde 2017. “É muito bom participar do projeto do professor Cláudio. Ele sempre auxilia na minha corrida e no meu condicionamento físico. Estou feliz com a pista sendo inaugurada, vai ajudar muito”, ressalta.

A relação de gratidão de Cláudio com a UESPI

Era o ano de 1989, um jovem de 15 anos que estudava no bairro Dirceu Arcoverde, localizado na Zona Sudeste de Teresina, tinha contato pela primeira vez com uma pista de tamanho oficial. Assim começou a trajetória de Cláudio Roberto na pista de Atletismo da UESPI. Após vários treinamentos no terrão e na brita, o atleta conseguiu disputar competições internacionais. Sendo medalhista de prata na Olimpíada de Sidney e no Mundial de Atletismo de Paris em 2013, além do ouro em vários outros torneios.

O antes e depois de Cláudio na pista de atletismo da UESPI |2°foto: Arnaldo Alves

O antes e depois de Cláudio na pista de atletismo da UESPI |2°foto: Arnaldo Alves

Escute o áudio de Cláudio Roberto sobre sua relação com a UESPI:

Com a conclusão da obra, a intenção do professor Cláudio é abrir novas vagas para jovens em situação de vulnerabilidade social. A trajetória do medalhista olímpico pode ser ouvida na íntegra através do episódio sete do podcast Diretório Esportivo, formado por alunos do curso de Jornalismo da UESPI.

A cerimônia de inauguração da pista contou com a participação de vários atletas. Veja algumas fotos:

Projeto Cidadão Olímpico - correndo na frente |foto: Arnaldo Alves

Projeto Cidadão Olímpico – correndo na frente |foto: Arnaldo Alves

Claudio Roberto com atletas do projeto 4 F  (Força, Foco, Fé e Família)

Cláudio Roberto com atletas do projeto 4 F  (Força, Foco, Fé e Família) |foto: Arnaldo Alves

Alunos do projeto 4 F  |foto: Arnaldo Alves

Alunos do projeto 4 F  |foto: Arnaldo Alves