Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

Veja como foi I Olimpíada Jurídica de Direito de Correntes

Por João Fernandes

 A primeira edição da “Olimpíada Jurídica do Extremo Sul Piauiense” promovida pelo curso de Direito, campus Dep. Jesualdo Cavalcante em Corrente, foi um sucesso. Uma competição saudável que teve como base o conhecimento e proporcionou entrosamento entre os discentes do curso e até mesmo com outras faculdades da cidade. 

As atividades aconteceram de 07 a 11 de novembro presencialmente no campus da cidade. A olimpíada foi dividida em quatro provas e um desafio bônus, em cada etapa os alunos foram desafiados em testes de capacidade de raciocínio logico, conhecimento gerais e articulação de ideias.

Lucas Vinicius, aluno do 6° Bloco e um dos finalistas da competição, elogia a organização da olimpíada e ressalta a importância de eventos que permitem o entrosamento entre alunos e docentes.

“A mensagem que fica é que o importante não é vencer todas as provas, mas sim, lutar por um curso com maior abrangência e que se preocupe com o valor social da educação, além disso reforça nossas ações em prol da cidadania”, declarou o aluno.

Em um dos desafios, os alunos alcançaram um feito surpreendente, arrecadando uma tonelada de alimentos não perecíveis que serão doados para instituições que promovem alguma ação social na cidade.

A aluna Maria Taislane, destaca que a olimpíada está sendo um evento inédito para o campus de Corrente, mas com grande potencial para se tornar tradição em todos os campi da UESPI.

“A olimpíada promoveu a integração entre discentes do Curso de Direito, nossa arrecadação de alimentos mostrou como a universidade pode impactar na sociedade local, além disso, a Olimpíada reforçou a importância do ensino e extensão da nossa instituição”, disse a aluna.

A última prova foi uma simulação de Júri, colocando os alunos a prova, sendo avaliados por personalidades de peso do judiciário da região. A Olimpíada encerrou com a vitória da equipe Rui Barbosa, seguida pela equipe Ellen Grace e equipe Luís Gama.

 

Direito Corrente: I Olimpíada Jurídica do Extremo Sul Piauiense

Por Anny Santos

O curso de Direito da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), campus Dep. Jesualdo Cavalcanti em Corrente, realiza a I Olimpíada Jurídica do Extremo Sul Piauiense. As atividades acontecem entre os dias 07 e 10 de novembro, de forma gratuita e presencial (com transmissão online das últimas etapas, através do canal do campus no Youtube).

As inscrições acontecem de forma online até o dia 02 de novembro, através do formulário de inscrição. Terá direito à participação qualquer discente de curso de Direito ou que tenha sua colação de grau fixada para uma data posterior à realização do evento. Cada discente deverá representar o semestre ao qual está matriculado, sendo vedada a participação de mais de 02 (dois) discentes do mesmo semestre.

De acordo com o professor Alcir Rocha, coordenador do curso de Direito e do evento, o principal propósito é fomentar o estudo e a pesquisa do Direito, a interação entre alunos, instituições e a ação social a ser desenvolvido pelos participantes e ouvintes. “O colegiado inova, propondo uma atividade dinâmica, interativa, solidária que pode se tornar um evento oficial a nível de todos os cursos de Direito da UESPI e até mesmo do Estado”.

Ao realizar a inscrição, o grupo criado deverá indicar um projeto social ou entidade filantrópica que receberá alimentos não perecíveis, os quais serão arrecadados pelas equipes no decorrer da Olimpíada. Para facilitar a comunicação entre a Comissão Organizadora do evento e os participantes, um membro deverá ser escolhido como representante e indicado no momento da inscrição. As equipes, totalizando 10, serão compostas de seis membros.

Para Naiara Ribeiro, discente do 9° período, eventos como esse ajudam na integração e fomentam o ensino, pesquisa e extensão. Segundo ela, existe uma mobilização em torno desse projeto, desde a organização até aqueles que vão formar suas equipes para competir. Para comunidade externa é uma forma de atrair olhares para o campus e também despertar o interesse de futuros alunos da instituição.

“A Olímpiada veio como uma forma divertida de testar conhecimentos. Para aqueles que estão quase saindo é como uma revisão geral do que já foi visto, já para os que estão chegando é ter uma prévia do que está vindo. É um tanto desafiador estar na organização desse projeto, mas é um desafio gostoso de encarar. Acompanhar a elaboração do regulamento e das provas é um incentivo para me dedicar ainda mais e dar sempre o meu melhor, não só por mim, mas pela a instituição que estudo e por aqueles que estão por vir. Espero que essa seja a primeira de muitas Olímpiadas e que os demais cursos também abracem essa ideia”, finaliza.