assistência – Uespi

Um a cada três discentes são contemplados em programas de assistência estudantil na UESPI

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI), por meio de um conjunto de programas, busca promover a justiça social, pois sabe que o acesso à Educação é um direito de todos. Com a recente divulgação de 2.006 alunos contemplados no Programa de Auxílio Alimentação, as Pró-Reitorias reiteram a importância desses programas através da divulgação dos dados referentes aos beneficiados.

 

 

PREX – Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários

Ao todo 2.681 alunos são assistidos pelos programas do Departamento de Assuntos Estudantis e Comunitários (DAEC) da Pró-Reitoria de Extensão Assuntos Estudantis e Comunitários (PREX). Soma-se ainda mais 140 bolsas disponibilizadas pelo Departamento de Programas e Projetos de Extensão (DPPE) e da Divisão de Programas Socioculturais (DPSC) também da PREX.

Ivoneide Alencar, Profa. Dra. e Pró-Reitora da PREX, reforça que os programas atuam de forma articulada com ensino, pesquisa e extensão, possibilitando que a Politica de Assistência Estudantil e Comunitária seja estruturada por diversos programas institucionais. “Os programas contribuem com a promoção da saúde, com a qualidade de vida e desenvolvimento profissional no contexto universitário e para além dele. A PREX abrange os programas com ênfase na inclusão social”.

Segundo a Diretora do DAEC, Profa. Hilziane Brito, os programas são ferramentas que contribuem para a permanência, dentro do ambiente acadêmico, dos alunos em vulnerabilidade social. “Todos esses programas visam a permanência desses alunos na universidade. Os contemplados, que possuem a característica específica da vulnerabilidade socioeconômica, podem seguir suas trajetórias acadêmicas com a ajuda desses auxílios e bolsas”.

O Departamento de Assuntos Estudantis e Comunitários (DAEC) é responsável pelos programas de Estágio Não Obrigatório, Auxílio Alimentação Estudantil, Auxílio Moradia, Bolsa Trabalho, Apoio Pedagógico, Atendimento Psicológico e Núcleo de Acessibilidade da UESPI.

O Auxílio Alimentação corresponde a uma bolsa no valor de R$ 200,00 (duzentos reais) mensal para ajudar na refeição diária dos discentes regularmente matriculados em cursos de graduação nos campi da UESPI na modalidade presencial e que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Os recursos são provenientes do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop).

A aluna Teresa Cristina de Carvalho, do 7° período de Psicologia, descreve a importância do Auxílio Moradia em sua formação e destaca como os programas de assistência e permanência estudantil são importantes direitos conquistados pelos estudantes para que se reduza cada vez mais o número de pessoas que desistem de seus cursos e sonhos por questões de vulnerabilidade socioeconômica.

“O Auxílio Moradia contempla quem precisa sair da sua cidade natal para estudar e que nem sempre conta com o apoio de familiares na cidade da sua universidade. É  uma política social que auxilia o estudante a se tranquilizar quanto a ter um lugar para se estabelecer e estudar fora do ambiente acadêmico, possibilita ter o seu cantinho de estudos  e ficar mais tranquilo quanto ao custo de todas as despesas que envolvem uma moradia, pois sabemos que são muitas e cada vez mais de alto custo”.

 

PROP – Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação

Além da PREX, a Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação também oferta bolsas para a iniciação científica. De acordo com as informações prestadas pelo Pró-Reitor, Prof. Dr. Rauirys Alencar, a bolsa é um incentivo para todos, mas os editais de fomento à pesquisa têm como valor principal o incentivo e uma maior qualificação acadêmica. “A FAPEPI entrou também como parceira, contribuindo com mais 25 bolsas a serem distribuídas. Com isso a gente espera incentivar mais a comunidade acadêmica, os docentes e também os discentes, a apresentarem mais projetos de Iniciação Científica e Inovação Tecnológica, aumentando a prospecção da UESPI no desenvolvimento de produtos que tenham essa característica de inovação e que tenham esse potencial de se transformar em tecnologia a ser disponibilizada a indústria”.

 

PREG – Pró-Reitoria de Ensino de Graduação

A Pró-reitoria de Ensino também oferta um tipo de bolsa. Essa é relativa ao programa de Monitorias Remuneradas. O programa tem como objetivo possibilitar ao corpo discente o desenvolvimento de habilidade relativas à carreira docente, além de permitir o aprofundamento aos conteúdos teóricos e práticos na disciplina que o(a) candidato(a) concorre.

Em Abril, a PREG lançou um Edital para o semestre de 2021.2. com um total de 400 vagas.

Diferença entre Auxílio e Bolsa

Os auxílios possuem a característica de viabilizar o acesso e a permanência, dentro do ambiente acadêmico, dos alunos em vulnerabilidade social. As bolsas possuem um importante papel, o de contribuir para a formação profissional dos discentes contemplados.

Equipe do DAEC realiza visitas aos Centros e Campus para tratar sobre os serviços a comunidade uespiana

Por Vitor Manoel

O Departamento de Assuntos Estudantis e Comunitários (DAEC) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) realizou visitas às salas de aula da Universidade durante essa semana, nos campi de Teresina.

A ação tem como objetivo divulgar o Edital para a Seleção de Bolsistas para o Programa Auxílio Alimentação Estudantil em aberto e sobre serviços disponibilizados pelo Departamento à comunidade acadêmica.

Equipe de assistentes sociais do DAEC visitando salas de aula

A equipe de assistentes sociais fizeram o trabalho da comunicação dos serviços disponíveis com distribuição de panfletos nos campi Poeta Torquato Neto e Clóvis Moura, além do CCA – Centro de Ciência da Saúde, a FACIME. Elas  falaram sobre as funções do departamento, os programas existentes, as bolsas e serviços que, neste momento, estão sendo oferecidos, especialmente, os de assistência que estejam sobre administração do DAEC.

Nesse momento a maior divulgação está voltada ao edital mais recente para a Seleção de Bolsistas para o Programa Auxílio Alimentação Estudantil, que está com o prazo encerrando do dia 16 de maio.

O trabalho ajuda os alunos a tirarem dúvidas sobre estágios curriculares, bolsa trabalho, pagamentos de auxílio, dentre outros temas. A Diretora do DAEC, Profa. Hilziane Brito, afirma que existe um intenso trabalho para fazer com que as informações cheguem ao maior número de pessoas possíveis e não apenas de forma presencial, mas também de forma virtual utilizando as redes sociais, em especial, o Instagram.

“Nesse momento, as visitas acontecem em Teresina de forma presencial e, nos campi do interior, o serviço será disponibilizado de forma remota com encontros virtuais para facilitar o acesso a todas as cidades onde a Universidade está presente. Nós temos programas de auxílio que existem há anos e muitas vezes os membros da comunidade, tanto discentes como docentes, desconhecem, então para que os mesmos tenham eficácia precisamos que as pessoas entendam como eles funcionam e até mesmo para elas demandarem isso, buscarem esses auxílios que são oferecidos pela UESPI”, encerra.

As equipes distribuíram panfletos com as orientações fornecidas pelo DAEC

O Departamento deve seguir promovendo ações como essa na capital e no interior de forma presencial e remota utilizando as redes sociais para o incremento dessa divulgação que possuem como meta, a médio prazo, reduzir significativamente as dúvidas de todo o corpo de funcionários e alunos ligados a Instituição.