Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h-1

Projeto “Libras: saúde da mulher surda nas UBS” realiza a I Oficina de Libras Para Acadêmicos da Saúde

Por Anny Santos

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI) realiza, através do projeto de extensão “Libras: saúde da mulher surda nas UBS”, a I Oficina de Libras Para Acadêmicos da Saúde (OFILS) no dia 16 de dezembro, às 14h, na Faculdade de Ciências Médicas (FACIME) da UESPI, em Teresina.

 

Coordenada pelas professoras Francisca Neuza e Bruna Rodrigues, a iniciativa é uma das ações previstas no cronograma do Projeto que surgiu pela necessidade de capacitar futuros profissionais da saúde para atenderem pacientes surdos. As inscrições da oficina, ministrada por Keity Farias Abi-Ackel, Fonoaudióloga e Intérprete de Libras, ocorrem até o dia 15 de dezembro.

Atuando de forma presencial com a participação de acadêmicos da área da saúde de qualquer IES, a proposta da oficina, além de proporcionar um momento de capacitação aos acadêmicos, é também incentivar a continuarem procurando estudar mais sobre a língua e suas formas de comunicação. Como benefício a comunidade externa, esta poderá contar com a presença de mais profissionais de saúde capacitados a atendê-los.

Segundo Brenda Melo, aluna do 9° bloco do curso de enfermagem e coordenadora discente, o projeto de extensão vem desenvolvendo ações de conscientização sobre o estudo de Libras, através de atividades remotas e presenciais com profissionais das UBS, tornando este um momento para a comunidade acadêmica.

“A oficina não vai garantir fluência na Libras, mas irá de fato estimular nossos acadêmicos o desejo de aprenderem Libras e futuramente estarem capacitados para atender pacientes da comunidade surda. Como clientes do serviço de saúde eles (surdos) possuem o direito de serem compreendidos em sua língua e nós como profissionais temos o dever de exercer essa comunicação”, destaca.

Realize sua inscrição

Acompanhe o Instagram: @libras.ubs