Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h-1

PIBID e RP realizam evento “Reflexões Sobre a Construção da Identidade Docente”

Por Anny Santos

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI) realizou, na manhã desta terça-feira (6), o evento “Reflexões Sobre a Construção da Identidade Docente”, idealizado pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) e o Programa Institucional de Residência Pedagógica (RP) da UESPI, no auditório do NEAD localizado no Campus de Teresina.

A ação, que se estende até o dia 09, sexta-feira, começou com uma atração cultural realizada pelo grupo UEDS formado por alunos da escola CETI Didácio Silva, um dos polos que recebem discentes dos programas de RP e PIBID da nossa instituição. Também, como intervenção cultural, no decorrer das atividades, a professora Rosangela Pereira declamou uma poesia relacionada à Educação.

Através de vídeo conferência, o evento obteve o pronunciamento da Coordenadora de Valorização à Formação Docente da Capes, a Professora Inaê Murrieta Costa, sendo seguindo pela apresentação dos Programas e a palestra sob o tema “O Professor da Educação Básica no Novo Currículo: Perspectivas e Desafios”, ministrada pela  professora Ma. Elenice Maria Nery.

Estiveram presentes o Reitor, Prof. Dr. Evandro Alberto, a Pró-reitora Adjunta de Ensino e Graduação, Professora Dra. Mônica Gentil, a Diretora do Departamento de Programas e Projetos Educacionais Especiais, Professora Dra. Josiane Silva Araújo, a Diretora da Unidade Técnica do Chão da Escola, Professora Ma. Elenice Maria Nery, a Coordenadora do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência, Professora Dra. Kelly Polyana dos Santos, a Coordenadora do Programa Institucional Residência Pedagógica, a Professora Dra. Kátia Magaly Pires e a Gestora Escolar da Prefeitura Municipal de Teresina, Janaína Érika Moura, representando o atual Secretário Municipal de Educação.

O Reitor da UESPI, Prof. Dr. Evandro Alberto, destacou a importância dos projetos e da iniciativa. “Vocês, estudantes, estão construindo um perfil de docente. Estas experiências de socialização, aprendizagem e troca de conhecimentos proporcionam isso e nos faz acreditar em profissionais e futuros docentes mais capacitados e críticos. Temos que evoluir e aprender a como desempenhar melhor nossa função, além de alinhar esse novo meio tecnológico ao desenvolvimento profissional de cada um. Tenho certeza que nesse momento há um aprimoramento acadêmico e profissional entre nossos futuros docentes cada vez mais interessados pela educação”.

Transmitido ao vivo através dos canais da UESPI e da Seduc no Youtube, o evento objetivou recepcionar os novos integrantes do PIBID e do RP, propondo discussões acerca das mudanças efetivas que os programas trazem para a educação do Piauí, proporcionando aos participantes a ampliação do conhecimento acadêmico, estimulando a docência de forma mais participativa.

Para a Pró-reitora Adjunta de Ensino e Graduação, professora Dra. Mônica Gentil, os dois Programas, que atuam como políticas nacionais para formação de professores, configuram o bom desenvolvimento da prática docente. Segundo ela, nas duas últimas décadas, é possível afirmar que foram inúmeros os investimentos no desenvolvimento de aperfeiçoamento e formação docente.

“Objetivando estimular a formação inicial e continuada, a ideia central do RP e do PIBID é preparar os nossos estudantes para desenvolver as habilidades e competências previstas na Base Nacional Comum Curricular, a BNCC. Desejo a todos que aproveitem esse momento tão importante para o desenvolvimento profissional de cada um”.

Com a presença dos chefes de departamento, diretores de centro, coordenadores de curso, docentes, discentes e servidores técnicos da UESPI e demais instituições de ensino que estiveram presentes, o momento também contou com o pré-lançamento dos livros “PIBID 10 anos”, organizado pela professora Márcia Edilene, e “Residência Pedagógica na UESPI: a formação de professores em contexto digital”, organizado pela professora Shirley Marly Alves.

As professoras Coordenadoras do PIBID, Dra. Kelly Polyana dos Santos, e do RP, Dra. Kátia Magaly Pires, destacaram os principais objetivos e metas, evidenciando a importância dos mesmos para a instituição e para a educação no Estado do Piauí. Segundo a Coordenadora Institucional do PIBID, para este ano, a UESPI aprovou 504 cotas que permitiu implementar 36 núcleos distribuídos em 12 áreas.

“O evento acontece até sexta-feira e é imprescindível a participação dos alunos, até porque todo esse evento foi planejado para eles, visando essa troca de conhecimentos. É uma obrigatoriedade da CAPES que o aluno envolvido faça os cursos de formação, então é importante que todos participem”.