Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

Faculdade de Odontologia da UESPI realiza atendimentos gratuitos em Parnaíba

Por Vitor Manoel

A Faculdade de Odontologia (FACOE) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), em Parnaíba, realiza atendimentos gratuitos na cidade beneficiando a comunidade e, ao mesmo tempo, capacitando os alunos do curso. Os atendimentos acontecem de segunda a sexta durante a manhã e a tarde, sendo destinados para adultos e crianças, com demanda espontânea atendendo qualquer necessidade odontológica da cidade de Parnaíba e microrregiões.

Procedimento odontológico em sala de atendimento na FACOE

Os alunos do curso realizam atendimento a partir do quarto período e são supervisionados por professores, que fazem todo o acompanhamento necessário com um plano de tratamento e todos os procedimentos a serem executados. A FACOE oferece aos discentes da UESPI estrutura para a promoção de aulas teóricas e práticas ( auditórios, laboratórios de anatomia, de radiologia) para que todos possam ter uma apredizagem de qualidade.

Por ano,  em média, o serviço de Odontologia da Facoe/Uespi faz mais de 3 mil pacientes por ano, sendo que cada aluno chega a atender mais de 50 pacientes por semestre. São realizados procedimentos relativamente simples, como exames clínicos, diagnósticos e radiografias, aos mais complexos, como endodontias (tratamento de canal), biópsias, próteses e cirurgias orais abertas. Segundo a Professora de Odontologia e Endotia, Ângela Ferraz, existe uma triagem das clínicas de semiologia ou clínica integrada e a partir disso o paciente é encaminhado para começar o atendimento

Atendimento gratuito à comunidade mais carente

“A Clínica Escola de Odontologia da UESPI oferece serviços odontológicos gratuitos para a população de Parnaíba e região. Sob supervisão de professores, os alunos fazem tratamentos como restaurações, tratamento de canais, limpezas, exodontias, urgências, além da orientação de higiene oral. De crianças à idosos, todos tem acesso de livre demanda que após os exames clínicos são encaminhados para o início do tratamento. Desta forma, a população conta com serviço odontológico exercido com alta qualidade pelos acadêmicos do curso”, finaliza.

A acadêmica do 10º período de Odontologia, Nicole Miranda, comenta que os procedimentos realizados são de grande importância tanto para os alunos, por estarem supervisionados e guiados por excelentes professores e doutores nas suas respectivas áreas de atuação, como também para a população da microrregião Norte do Piauí, por receberem atendimentos odontológicos de ótima qualidade e de forma gratuita. “Para mim não há nada mais gratificante que o sorriso de satisfação do paciente após receber seu tratamento, principalmente após conseguirmos tirar a sua dor. É, de fato, um trabalho extremamente gratificante e não poderia estar mais feliz com a minha escolha em me formar na UESPI”, afirma a discente.

O público alvo do serviço são as comunidades mais carentes dos bairros da cidade mais próximos da clínica. Os pacientes somente são liberados com alta médica após receberem todo tratamento necessário e estar com o TC (Tratamento Concluído) na sua ficha.

MAIS IMAGENS