Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h-1

Discentes de medicina da Uespi criam Podcast “RAPADOC – MEDICINA COM GOSTINHO DE NORDESTE”

Por Giovana Andrade

Discentes do terceiro e quarto bloco de Medicina da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) criaram o Podcast “RAPADOC – MEDICINA COM GOSTINHO DE NORDESTE”. O projeto foi idealizado por Ícaro Emanoel, Helena Albuquerque e Jones Roger com a finalidade de trazer mais conhecimento do cotidiano dos estudantes de medicina e do meio médico para a população geral, além de estabelecer contato e trocar informações com o público.

O Podcast teve inicio no dia 8 de outubro, fazendo referencia ao dia do nordestino. O nome escolhido também faz referencia ao estado, advindo da junção de dois radicais: rapa (advém de rapadura – produto culinário típico do nordeste, trazendo assim a força da região na área médica) e o doc (doctor – termo referente à medicina). Dessa forma, buscam trazer a força nordestina e da medicina para a comunidade através dos programas.

Ícaro Emanoel, um dos co-fundadores do RAPADOC, explica que a primeira temporada está sendo gravada e postada diretamente no YouTube e que devido à correria da universidade, eles ainda não possuem um dia fixo para as gravações, algo que será acertado em breve. “Nós gravamos episódios sobre os diversos assuntos que rodeiam o mundo da medicina, os quais são publicados nas plataformas digitais YouTube e Spotify. Além disso, postamos alguns cortes dos episódios no Instagram @rapa.doc para destacar alguns momentos marcantes, e fazemos também algumas publicações sobre assuntos relacionados ao nosso curso de cunho informativo e educativo, interagindo com nossos seguidores através dos stories”.

RAPADOC como ferramenta de aprendizado 

Entre os episódios postados temas importantes foram abordados como: estágio, networking, estudo, atlética, internato .

O episódio “Internato: Como estudar?”,  se destaca com o maior número de visualização. Segundo o discente Jones Roger,  é devido as inúmeras dúvidas acerca da temática, pois para ele essa é a parte mais esperada do curso quando os alunos irão treinar tudo o que aprenderam na sala de aula e se tornarem médico de fato.

” O curso é dividido em 3 blocos, o primeiro de base e teoria chamado de ciclo básico. O segundo de teoria com práticas de áreas específicas da clínica e da cirurgia o qual chamamos de ciclo Clínico. O último ciclo é o Internato. É aqui a maior dúvida das pessoas porque na prática é quando vamos pro hospital, para postos de saúde e não mais como apenas alunos. Teremos que começar a praticar a medicina de fato. Muitas dessas vezes estaremos na linha de frente enfrentando situações não mais no livro ou em artigos, mas na prática. E neste episódios tratamos sobre essas dúvidas”.