Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h

Curso de Extensão de Pedagogia promove hoje atividade voltada ao estudo do cérebro da criança

Por Vitor Gaspar

O curso de Extensão “O Cérebro da Criança Por Inteiro”, promove nesta sexta-feira (28) a partir das 18h, o 3° Módulo do Projeto. A atividade será transmitida on-line no canal da Professora Kelly-Anne no Youtube.

Essa é uma ação extensionista coordenada pelas docentes Kely-Anne e Francisca Cunha, ambas professoras adjuntas do curso de Pedagogia da Universidade Estadual do Piauí (UESPI). Ao todo, o curso conta com seis módulos totalizando uma carga horária de 60 horas. Os temas estão relacionados a neuroplasticidade cerebral, desenvolvimento infantil, o cérebro da criança por inteiro, aprendizagem e memória, emoções e estratégias de conexão com a criança.

Segundo a Prof. Kely-Anne a proposta surgiu, pois há um tempo já vinha sido aberta com a comunidade uma discussão acerca do desenvolvimento infantil e a importância da compreensão do processo de aprendizagem para formação das crianças de forma integral, considerando a maturação, o desenvolvimento cognitivo, motor e socioemocional.

“Nós ficamos muito contentes e satisfeitas, porque o objetivo do nosso curso é justamente promover essa educação positiva, considerando o desenvolvimento da criança, principalmente o desenvolvimento emocional, porque as emoções são as nossas primeiras formas de comunicação como ser humano, então é extremamente importante que os pais e os futuros professores e os atuais que já estão tendo essa convivência entendam como funciona o cérebro da criança”.

No próximo mês em novembro, serão abertas novas inscrições para outro curso da área de Pedagogia com as aulas previstas para iniciar em Janeiro de 2023.

Curso de Licenciatura em Pedagogia da UESPI

O Pedagogo trabalha como professor em creches e em instituições de ensino que oferecem cursos de Educação Infantil e Fundamental; podendo atuar ainda como gestor de processos educativos de sistemas e de instituições de ensino; em editoras e 38 em órgãos públicos e privados que produzem e avaliam programas e materiais didáticos para o ensino presencial e a distância. Além disso, atua em espaços de educação não formal, como organizações não-governamentais, hospitais, asilos, movimentos sociais, associações e clubes; em empresas que demandem sua formação específica e em instituições que desenvolvem pesquisas educacionais.