Uespi

Brasão_da_UESPI.512x512-SEMFUNDO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Brasao_Pi_h-1

Curso de Agronomia: Alunos do 5º e 7º Bloco visitam fazenda e conhecem novas tecnologias de produção

Por Vitor Gaspar

Na manhã da última sexta-feira (20), alunos do 5º e 7º Bloco do curso de Engenharia Agronômica da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), realizaram uma visita técnica à Fazenda Crispim com o objetivo de conhecer mais sobre os sistemas tecnológicos de produção utilizados no local.

Turma do 5º Bloco de Agronomia reunida na Fazenda Crispim

A visita técnica realizada na Fazenda Crispim, localizada no Km-09 da Estrada da Cacimba Velha Socopo, em Teresina, proporcionou aos alunos do Curso de Agronomia, uma maior percepção da potencialidade do cultivo hidropônico e da realidade de aplicação das técnicas de produção de hortaliças nesse sistema.

O Cultivo hidropônico é um sistema de produção de plantas em ambientes protegidos, sem a utilização do solo, por meio de uma solução que contém todos os nutrientes essenciais para o crescimento das plantas). Segundo a Prof. Dra. Neuma Arruda, os alunos conseguiram ver de forma prática a aplicação dos conhecimentos teóricos discutidos em sala de aula, sendo um importante estímulo ao aprendizado e a formação profissional deles.

“É importante mencionar ainda, que essa iniciativa do Sr. Alexandre Machado, além de representar um avanço tecnológico para a produção de hortaliças aqui em Teresina, garante o cultivo de um produto local de excelente qualidade e livre de agrotóxicos durante o ano todo, mesmo no período das chuvas”, encerra a professora.

Durante a visita, o Produtor Alexandre Machado, pioneiro nessa atividade aqui no Estado recebeu a turma e apresentou toda a estrutura e as etapas relacionadas ao sistema de cultivo hidropônico das variedades de alface (Crespa, lisa, americana e roxa) produzidas na Fazenda, esclarecendo todas dúvidas e curiosidades dos participantes.

Cultivo hidropônico na Fazenda Crispim

Para o estudante Caio Victor Souza a tecnologia utilizada na fazenda é inédita no Estado do Piauí e pensada no futuro, pois ela ajuda a melhorar a qualidade dos produtos, assim como, o uso de menos terra para produção e também o número do uso de agrotóxicos nas plantações da fazenda.

“Também é uma boa oportunidade para a geração de empregos, principalmente para os alunos de Agronomia da região de Teresina, que recebe agora essa tecnologia e pode fazer com que essas empresas e outros produtores venham para cá para implantar essa tecnologia e até mesmo aplicá-las em hortas comunitárias da cidade”, finaliza o aluno.

Instruções sendo dadas aos alunos da turma

Curso de Engenharia Agronômica da UESPI

O Engenheiro Agrônomo atua na administração de propriedades rurais, podendo ainda atuar em postos de fiscalização, aeroportos e fronteiras como agente de defesa sanitária; órgãos públicos como agente de desenvolvimento rural ou na padronização e classificação dos produtos agrícolas; empresas de projetos agropecuários, rastreabilidade, certificação de alimentos, fibras e biocombustíveis; indústrias de alimentos e insumos agrícolas; empresas que atuam na gestão ambiental e do agronegócio; no setor público ou privado no controle de pragas e vetores em ambientes urbanos e rurais; empresas e laboratórios de pesquisa científica e tecnológica.

Também pode atuar, de forma autônoma, em empresa própria ou prestando consultoria.
Ofertado em: Teresina, Parnaíba, Picos, Uruçuí, Corrente.
Carga horária: 3.600